Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo BR

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

Militares perseguidos pela ditadura

CNV ouve 16 militares perseguidos pela ditadura em audiência pública A Comissão Nacional da Verdade ouviu os relatos de 16 militares perseguidos pela ditadura em audiência pública realizada no último sábado (4) no auditório da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) com esta finalidade. Os militares ouvidos, em sua maioria, sofreram perseguições por terem sido fiéis ao governo de João Goulart e não terem aceito ordens dos golpistas. Muitos reclamaram que ainda não têm definição da situação de suas anistias e que ainda sofrem discriminações. A audiência foi aberta com uma homenagem ao brigadeiro Rui Moreira Lima, herói da Segunda Guerra Mundial, que foi preso logo após o golpe, em 1964, por ser legalista e fiel ao presidente João Goulart. Ele tem 93 anos e se recupera de um AVC e, por isso, não pôde comparecer. No telão foi exibido vídeo narrado pelo brigadeiro em que ele recita a carta recebida de seu pai, o juiz Bento Moreira Lima, assim que ingressou na academia militar em Realengo…

PEC300 Ônibus de SP para DF lotado – Mobilização 11JUN13

Caros leitores, guerreiros que acreditam na PEC300 e que sempre é possível fazer mais e melhor, o ônibus que partirá de São Paulo/Capital com destino à Brasília/DF já esta completamente lotado para a grande mobilização pela PEC300. 42 bravos guerreiros paulistas bandeirantes se deslocarão para Brasília para comporem as forças de outros estados e nacionais na grande mobilização pelos direitos dos militares federais e estaduais. Acreditamos que esta grande batalha de bravos guerreiros municiados em suas almas de grande espírito democrático, amor a causa pública, de forma ordeira e pacifica pelo bem da Pátria Amada irão dar um grande exemplo de cidadania. Viva a democracia…Viva o Brasil!

ANMB Convocação para a manifestação do dia...por policialbr
SE A DEMOCRACIA FOR AMEAÇADA NOVAMENTE ESTAREMOS DISPOSTOS A LUTAR POR ELA

PEC300 Ônibus de SP para DF lotado – Mobilização 11JUN13

Caros leitores, guerreiros que acreditam na PEC300 e que sempre é possível fazer mais e melhor, o ônibus que partirá de São Paulo/Capital com destino à Brasília/DF já esta completamente lotado para a grande mobilização pela PEC300. 42 bravos guerreiros paulistas bandeirantes se deslocarão para Brasília para comporem as forças de outros estados e nacionais na grande mobilização pelos direitos dos militares federais e estaduais. Acreditamos que esta grande batalha de bravos guerreiros municiados em suas almas de grande espírito democrático, amor a causa pública, de forma ordeira e pacifica pelo bem da Pátria Amada irão dar um grande exemplo de cidadania. Viva a democracia…Viva o Brasil!

ANMB Convocação para a manifestação do dia...por policialbr
SE A DEMOCRACIA FOR AMEAÇADA NOVAMENTE ESTAREMOS DISPOSTOS A LUTAR POR ELA

Brasileiro chega ao Congo para liderar 'tropa de elite'

O general brasileiro Carlos Alberto dos Santos Cruz chega à República Democrática do Congo nesta semana para comandar a primeira brigada militar com características de "força de ataque" a atuar em uma missão de paz da ONU. Santos Cruz foi escolhido para o posto devido à sua atuação à frente da missão de paz do Haiti entre 2007 e 2009 - período em que os capacetes azuis das Nações Unidas terminaram o processo de pacificação da capital Porto Príncipe. Sua missão dessa vez envolve um potencial confronto direto com grupos rebeldes que se estabeleceram no leste do Congo - entre eles o LRA (sigla do Exército de Resistência do Senhor, do líder guerrilheiro Joseph Kony), o M23 (Movimento 23 de Março) e o FDLR (sigla de Forças Democráticas para a Libertação de Ruanda). O brasileiro será o comandante geral de uma força de quase 20 mil capacetes azuis estabelecida em 2010. Seu principal desafio será lidar com a área leste do país, ainda não pacificada. Ele terá à sua disposição uma unidade…

Brasileiro chega ao Congo para liderar 'tropa de elite'

O general brasileiro Carlos Alberto dos Santos Cruz chega à República Democrática do Congo nesta semana para comandar a primeira brigada militar com características de "força de ataque" a atuar em uma missão de paz da ONU. Santos Cruz foi escolhido para o posto devido à sua atuação à frente da missão de paz do Haiti entre 2007 e 2009 - período em que os capacetes azuis das Nações Unidas terminaram o processo de pacificação da capital Porto Príncipe. Sua missão dessa vez envolve um potencial confronto direto com grupos rebeldes que se estabeleceram no leste do Congo - entre eles o LRA (sigla do Exército de Resistência do Senhor, do líder guerrilheiro Joseph Kony), o M23 (Movimento 23 de Março) e o FDLR (sigla de Forças Democráticas para a Libertação de Ruanda). O brasileiro será o comandante geral de uma força de quase 20 mil capacetes azuis estabelecida em 2010. Seu principal desafio será lidar com a área leste do país, ainda não pacificada. Ele terá à sua disposição uma un…

Insatisfeitos, militares convocam protesto por dois lados na Comissão da Verdade

Marcelo Machado, sargento reformado do Exército e um dos organizadores do ato marcado para o próximo dia 11, diz que onda de insatisfação pode gerar motins nos quartéis Presidente da Associação Nacional dos Militares do Brasil (ANMB), o sargento reformado do Exército, Marcelo Machado, um dos articuladores da reação da direita às investigações da Comissão Nacional da Verdade (CNV) afirma que uma onda de insatisfação no meio militar pode gerar motins nos quartéis em protesto contra o governo e em resposta a “passividade” com que, a seu ver, têm se comportado os comandantes das Forças Armadas. “O governo está usando a Comissão da Verdade para desmoralizar as Forças Armadas. Somos favoráveis à apuração da tortura e desaparecimentos de presos políticos, mas também queremos que se investiguem os sequestros, assaltos e explosões de bomba envolvendo a esquerda. Tem de mostrar os dois lados”, diz Machado. Segundo ele, mais de 95% dos efetivos militares são formados por jovens que tomaram conhecim…

Insatisfeitos, militares convocam protesto por dois lados na Comissão da Verdade

Marcelo Machado, sargento reformado do Exército e um dos organizadores do ato marcado para o próximo dia 11, diz que onda de insatisfação pode gerar motins nos quartéis Presidente da Associação Nacional dos Militares do Brasil (ANMB), o sargento reformado do Exército, Marcelo Machado, um dos articuladores da reação da direita às investigações da Comissão Nacional da Verdade (CNV) afirma que uma onda de insatisfação no meio militar pode gerar motins nos quartéis em protesto contra o governo e em resposta a “passividade” com que, a seu ver, têm se comportado os comandantes das Forças Armadas. “O governo está usando a Comissão da Verdade para desmoralizar as Forças Armadas. Somos favoráveis à apuração da tortura e desaparecimentos de presos políticos, mas também queremos que se investiguem os sequestros, assaltos e explosões de bomba envolvendo a esquerda. Tem de mostrar os dois lados”, diz Machado. Segundo ele, mais de 95% dos efetivos militares são formados por jovens que tomaram conhe…

Operação especial do Exército revela "peneiras" nas fronteiras do Brasil

As Forças Armadas iniciaram em 18 de maio a Operação Ágata 7, sua maior mobilização desde a Segunda Guerra Mundial --cerca de 25 mil militares e 10 mil civis de órgãos como a PF espalhados pela fronteira. A meta é desenvolver uma ação coordenada entre Forças Armadas, PF, Força Nacional e Polícia Rodoviária e inibir tráfico e outros crimes. O "TV Folha" percorreu centenas de quilômetros no Acre e em Rondônia, nas fronteiras com Bolívia e Peru, com membros das Forças Armadas. O quadro é desanimador. Drogas, cigarros e muambas de todos os tipos entram e saem do país sem qualquer fiscalização, 24 horas por dia. Folha de São Paulo

Operação especial do Exército revela "peneiras" nas fronteiras do Brasil

As Forças Armadas iniciaram em 18 de maio a Operação Ágata 7, sua maior mobilização desde a Segunda Guerra Mundial --cerca de 25 mil militares e 10 mil civis de órgãos como a PF espalhados pela fronteira. A meta é desenvolver uma ação coordenada entre Forças Armadas, PF, Força Nacional e Polícia Rodoviária e inibir tráfico e outros crimes. O "TV Folha" percorreu centenas de quilômetros no Acre e em Rondônia, nas fronteiras com Bolívia e Peru, com membros das Forças Armadas. O quadro é desanimador. Drogas, cigarros e muambas de todos os tipos entram e saem do país sem qualquer fiscalização, 24 horas por dia. Folha de São Paulo

Câmara eleva pena mínima para traficante de 5 para 8 anos de prisão

Medida, que segue para o Senado, evita que condenados comecem a cumprir a sentença em regime aberto A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 28, o aumento da pena mínima para traficantes que fizerem parte de organização criminosa de 5 para 8 anos de prisão. A punição máxima continua em 15 anos. Na prática, a medida fará com que não seja mais possível iniciar o cumprimento deste tipo de pena em regime aberto. Os parlamentares aprovaram também a permissão de que pessoas físicas e jurídicas recebam dedução do Imposto de Renda por doações ou patrocínios a projetos de tratamento de dependentes. A proposta segue agora para o Senado. As decisões foram tomadas na conclusão da votação do projeto que altera o sistema nacional antidrogas. Na semana passada, os parlamentares já tinham aprovado a criação de uma cota de reserva de empregos em licitações públicas com mais de 30 postos de trabalho para dependentes em recuperação. O projeto também regulamenta a internação involuntária, aquela q…

Câmara eleva pena mínima para traficante de 5 para 8 anos de prisão

Medida, que segue para o Senado, evita que condenados comecem a cumprir a sentença em regime aberto A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 28, o aumento da pena mínima para traficantes que fizerem parte de organização criminosa de 5 para 8 anos de prisão. A punição máxima continua em 15 anos. Na prática, a medida fará com que não seja mais possível iniciar o cumprimento deste tipo de pena em regime aberto. Os parlamentares aprovaram também a permissão de que pessoas físicas e jurídicas recebam dedução do Imposto de Renda por doações ou patrocínios a projetos de tratamento de dependentes. A proposta segue agora para o Senado. As decisões foram tomadas na conclusão da votação do projeto que altera o sistema nacional antidrogas. Na semana passada, os parlamentares já tinham aprovado a criação de uma cota de reserva de empregos em licitações públicas com mais de 30 postos de trabalho para dependentes em recuperação. O projeto também regulamenta a internação involuntária, aquel…

PF e MP pedem adiamento da discussão sobre PEC 37

A PEC 37 retira dos promotores a prerrogativa de realizarem investigações criminais e por improbidade contra utoridades envolvidas em fraudes e corrupção Há consenso dos dois lados de que tanto PF quanto MP devem realizar procedimentos de investigação. O impasse se deve em quais casos cada um deve intervir, segundo o deputado Fábio Trad Brasília, 27 - Após quase 30 dias de discussão, integrantes do grupo de trabalho composto por representantes da Polícia Federal e do Ministério Público não conseguiram chegar a um acordo sobre a PEC 37. Depois de reunião realizada nesta segunda-feira, ficou decidido que um novo prazo de mais 30 dias deve ser pedido hoje ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). O peemedebista é o idealizador do grupo criado no último dia 30 de abril com o objetivo de elaborar um texto alternativo à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 37, que retira dos promotores a prerrogativa de realizarem investigações criminais e por improbidade contra prefeitos, …

PF e MP pedem adiamento da discussão sobre PEC 37

A PEC 37 retira dos promotores a prerrogativa de realizarem investigações criminais e por improbidade contra utoridades envolvidas em fraudes e corrupção Há consenso dos dois lados de que tanto PF quanto MP devem realizar procedimentos de investigação. O impasse se deve em quais casos cada um deve intervir, segundo o deputado Fábio Trad Brasília, 27 - Após quase 30 dias de discussão, integrantes do grupo de trabalho composto por representantes da Polícia Federal e do Ministério Público não conseguiram chegar a um acordo sobre a PEC 37. Depois de reunião realizada nesta segunda-feira, ficou decidido que um novo prazo de mais 30 dias deve ser pedido hoje ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). O peemedebista é o idealizador do grupo criado no último dia 30 de abril com o objetivo de elaborar um texto alternativo à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 37, que retira dos promotores a prerrogativa de realizarem investigações criminais e por improbidade contra prefeito…

Gastos com Segurança Pública giram em torno de R$200 Milhões

Segundo o IPEA, estima-se que os gastos com segurança e com a violência no Brasil girem em torno de R$ 200 bilhões a cada ano para suprir os custos exigidos ao país pela escalada da criminalidade. Algo em torno de 5% de toda a riqueza gerada internamente. Segundo cálculo do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, somente o segmento segurança representou quase R$ 50 bilhões em despesas em 2010, enquanto em 2003, significava menos da metade deste valor, R$ 22,6 bilhões. O prejuízo econômico gerado pela violência vai muito além dos gastos com segurança pública. Atinge diretamente também a saúde, o judiciário, o sistema prisional, o orçamento das famílias das vítimas e, direta ou indiretamente, a economia como um todo. Só em 2011 e 2012 o investimento aplicado na Segurança Pública no Estado de São Paulo foi de R$ 23,5 bilhões. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, foram R$ 11,82 bilhões em 2011, ante R$ 10, 49 bilhões em 2010. De acordo com o Sistema de Gerenciamento Orçamentário do Estad…

Gastos com Segurança Pública giram em torno de R$200 Milhões

Segundo o IPEA, estima-se que os gastos com segurança e com a violência no Brasil girem em torno de R$ 200 bilhões a cada ano para suprir os custos exigidos ao país pela escalada da criminalidade. Algo em torno de 5% de toda a riqueza gerada internamente. Segundo cálculo do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, somente o segmento segurança representou quase R$ 50 bilhões em despesas em 2010, enquanto em 2003, significava menos da metade deste valor, R$ 22,6 bilhões. O prejuízo econômico gerado pela violência vai muito além dos gastos com segurança pública. Atinge diretamente também a saúde, o judiciário, o sistema prisional, o orçamento das famílias das vítimas e, direta ou indiretamente, a economia como um todo. Só em 2011 e 2012 o investimento aplicado na Segurança Pública no Estado de São Paulo foi de R$ 23,5 bilhões. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, foram R$ 11,82 bilhões em 2011, ante R$ 10, 49 bilhões em 2010. De acordo com o Sistema de Gerenciamento Orçamentário do …

Convocação Nacional de Militares para Manifestação no DF

Convocação Nacional de Militares para Manifestação no DF
ANMB – Convocação para a manifestação do dia 11.6.2013 em Brasília
Associação Nacional do Militares do Brasil.
Link do vídeo na fonte: http://youtu.be/A0aa4GKlc_g





Veja o vídeo
ANMB Convocação para a manifestação do dia...por policialbr

Convocação Nacional de Militares para Manifestação no DF

Convocação Nacional de Militares para Manifestação no DF
ANMB – Convocação para a manifestação do dia 11.6.2013 em Brasília
Associação Nacional do Militares do Brasil.
Link do vídeo na fonte: http://youtu.be/A0aa4GKlc_g





Veja o vídeo
ANMB Convocação para a manifestação do dia...por policialbr

Contestado 50 anos após o litígio entre mineiros e capixabas

As marcas do Contestado 50 anos após o litígio entre mineiros e capixabas Conflito que durou mais de meio século e ainda é lembrado por quem viveu as confusões na região de Mantena Quando setembro chegar, mineiros e capixabas terão motivos suficientes para fazer uma grande festa cívica e cultural, reverenciar a memória e celebrar um episódio de expressão nacional. Trata-se do fim da Guerra do Contestado, em 15 de setembro de 1963, quando, depois de décadas de litígio, Minas e Espírito Santo, pelas mãos, respectivamente, dos governadores Magalhães Pinto e Lacerda de Aguiar, assinaram um acordo de paz. A discórdia começou no início do século passado e seis décadas depois as relações entre os dois estados atingiram o auge do estremecimento, quase resultando em conflito armado. O motivo era a disputa por uma área rica em plantações de café, o Contestado, de cerca de 10 mil quilômetros quadrados, pouco maior do que a Região Metropolitana de Belo Horizonte, e localizada na divisa dos dois esta…