Home / Ocorrências / Grupo é detido após atirar pedras e garrafas contra policiais durante baile funk em Franca, SP

Grupo é detido após atirar pedras e garrafas contra policiais durante baile funk em Franca, SP

Segundo a PM, moradores reclamaram de som alto e consumo de drogas em praça com cerca de mil pessoas no Jardim São Luiz. Foi necessário uso de gás lacrimogênio para dispersar multidão.

Oito pessoas foram detidas, entre elas quatro adolescentes com idades de 14 a 17 anos, durante tumulto em um baile funk na noite deste domingo (5), no bairro Jardim São Luiz, em Franca (SP). Segundo a Polícia Militar, parte do grupo que estava na rua atirou pedras nos policiais chamados para atender a ocorrência de perturbação do sossego.

Uma pessoa ficou ferida e precisou ser levada ao pronto-socorro municipal para receber atendimento médico.

De acordo com a Polícia Militar, equipes foram acionadas, por volta das 18h, por moradores que reclamavam do som alto e do consumo de bebidas alcoólicas durante o baile funk em uma praça na Avenida Major Elias.

Parte do grupo, formado por pelo menos mil pessoas, começou a atirar pedras e garrafas ao perceber a presença dos policiais. Em resposta, a polícia usou gás lacrimogênio para dispersar a multidão.

“Tentamos conversar e fomos recebidos a pedradas. A tentativa de negociação foi frustrada desde o começo. Não havia autorização de conhecimento da polícia. Os policiais não conseguiram falar com os organizadores e foram recebidos a pedradas, de uma forma hostil”, diz o capitão da PM Fabiano Cunha Melo.
Segundo a PM, as equipes deixaram o local, mas foram acionadas novamente por moradores, que alegaram o retorno dos participantes à praça. Houve resistência por parte do grupo e os policiais voltaram a ser hostilizados. Foram utilizadas granadas, balas de borracha e a força física contra a multidão.

Ainda de acordo com a polícia, um dos envolvidos, de 28 anos, sofreu ferimentos na cabeça e foi encaminhado ao pronto-socorro Dr. Álvaro Azzuz, onde foi atendido e liberado.

Todos os detidos foram levados ao plantão policial, onde foi registrado um boletim de ocorrência por resistência, dano qualificado e por oferecerem perigo para a vida e à saúde dos outros. O caso será investigado pela Polícia Civil da cidade.

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*

*

code