Home / Uncategorized / Tecnologia ajuda a PM a reduzir crimes em Araçatuba

Tecnologia ajuda a PM a reduzir crimes em Araçatuba

A maioria dos índices criminais teve redução em Araçatuba no primeiro semestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2017, segundo dados divulgados pela SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Estado. Os roubos, por exemplo, tiveram queda de 13%.
Para o comando da Polícia Militar, os índices são resultados dos constantes investimentos feitos em inteligência, mais precisamente com uso da tecnologia. A principal e mais recente ferramenta para auxiliar na prevenção a crimes e identificação dos autores é a Sala Geocriminal.

Montada no segundo semestre do ano passado, a estrutura permite que policiais treinados façam o mapeamento dos locais onde ocorrem os delitos, direcionando o policiamento para essas áreas.

O comandante do 2º BPMI (Batalhão da Polícia Militar do Interior), tenente-coronel Manuel Alves Guimarães, que responde interinamente pelo CPI-10 (Comando de Policiamento do Interior), explica que o monitoramento permite que a polícia faça o acompanhamento diário dos índices criminais. “Com base nessas informações, a gente faz as intervenções. A diferença é que antes tinha que esperar um mês para analisar os índices e agora conseguimos ver todos os dias”, informa.

ABRANGÊNCIA
O serviço funciona 24 horas por dia, operado por dois policiais. Coordenador do projeto, o sargento Ricardo Bandeira Santos informa que o sistema permite mapear os locais, os períodos do dia e os horários onde ocorrem os crimes em todas as 33 cidades da área de abrangência do batalhão.

É feito o monitoramento dos principais delitos, como roubo e furto de veículos, por exemplo. Esse furto foi o que teve a menor redução percentual no período, com 111 casos registrados de janeiro a junho contra 118 no primeiro semestre do ano passado, variação de 5,9%. De acordo com a polícia, do total de veículos furtados 60% são motos.

Com o programa utilizado na Sala Geocriminal, os policiais conseguem mapear os locais dos furtos e onde os veículos normalmente são abandonados, quase sempre na periferia. Com isso, é possível traçar o trajeto feito pelos criminosos e informar aos policiais que fazem o patrulhamento.

CÂMERAS
Outra ferramenta utilizada pela Polícia Militar na prevenção de furtos de veículos são as imagens feitas por câmeras de monitoramento instaladas próximas aos locais das ocorrências. O sargento conta que foi com imagens gravadas por um shopping no bairro Guanabara que a polícia conseguiu prender em flagrante um dos autores desse tipo de crime, reduzindo a incidência dos delitos naquele local.

Ele informa que para aumentar ainda mais a eficiência na recuperação de veículos furtados e roubados, a PM mantém conversas com a Prefeitura de Araçatuba para instalação de câmeras de monitoramento em pontos estratégicos na cidade.

Por meio dessas câmeras poderia ser utilizado o Sistema Detecta, que já funciona nas rodovias e em cidades como São Paulo, para identificar em tempo real, pela placa, veículos produtos de crimes. “Quando o veículo passa pela câmera, o sistema o identifica pela placa e emite um aviso na tela, o que permite deslocar as viaturas para tentar a abordagem”, explica.

O coordenador da Sala Geocriminal conta que quando é verificado que há mais de um furto de veículos em uma mesma região, num único dia, é descolada equipe para o policiamento preventivo. De acordo com ele, graças a esse trabalho foi possível praticamente acabar com os furtos de veículos que eram frequentes nas imediações do AME (Ambulatório Médico de Especialidades), na vila Mendonça.

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*

*

code