Home / Ocorrências / Confusão em praça acaba com tiros de borracha e PM ferido

Confusão em praça acaba com tiros de borracha e PM ferido

Policiais foram atender uma ocorrência de perturbação de sossego em praça de Dumont; houve resistência

Policiais Militares entraram em confronto com um grupo de jovens após atenderem a uma denúncia anônima de perturbação do sossego, na noite desta sexta-feira (03), em uma praça de Dumont. Policiais usaram bala de borracha para conter a confusão e um deles acabou com um dedo da mão quebrado.Segundo o capitão Leonardo Tayar, da Polícia Militar de Dumont, dois policiais se dirigiram até a praça da cidade, por volta das 23h30, para atender uma ocorrência simples de perturbação do sossego por causa de som alto.

A abordagem teria sido tranquila e o dono do carro concordado em abaixar o som, quando chegou um terceiro jovem começou a ofender os PMs. “Os policiais já estavam encerrando a ocorrência. Chegou esse jovem que não tinha nada a ver com a ocorrência, aparentando estar alterado, sob efeito ou de drogas ou de bebida alcoólica, e começou a xingar os PMs”, disse o capitão.

Os policiais pediram para o jovem mostrar os documentos, mas ele se negou. Sendo assim, foi dada a voz de prisão, mas houve resistência. O rapaz partiu para cima do policial, que acabou quebrando o dedo da mão . O outro teve o coldre danificado pelo acusado.

Para tentar conter a confusão, um PM foi até o carro e pegou uma espingarda de borracha e fez dois disparos em direção ao jovem, que tentou agredi-lo novamente, foi quando o policial fez mais dois disparos. Um vídeo, que registrou fim da confusão, mostra um policial tentando conter o agressor e outro PM atirando com bala de borracha. “O vídeo só mostra o final da confusão. Não foi registrada toda a ação dos policiais”, concluí o capitão. O rapaz de 25 anos conseguiu fugir, mas já foi identificado pela polícia. “Foi constatado que o acusado já teve passagem pela polícia por desacato, embriaguez ao volante e perturbação do sossego”.

Outro lado

Um porteiro de 25 anos, amigo do rapaz que resistiu à abordagem policial e aparece no vídeo também sendo agredido pelos policiais, conta que ele e um grupo de amigos estavam na praça ,quando os policiais chegaram já xingando o grupo e pedindo os documentos.

“O policial começou a bater no meu amigo e mandou ele deitar no chão, mas ele não quis e disse pro policial que não estava fazendo nada de errado”, conta. O jovem ainda disse que o amigo levou uma gravata do PM antes de efetuarem os disparos. “Um tiro pegou em mim e o outro no meu amigo”, termina.

Investigação

Segundo o capitão, foi registrado um boletim de ocorrência de desacato, desobediência, perturbação de sossego e lesão corporal. A Polícia Militar vai instaurar inquérito para apurar os fatos e também vai procurar imagens de câmeras de segurança para ver a ação completa.

Fonte A Cidade ON

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*

*

code