Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2017

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 


Aluna do campus da UEPB de Guarabira é impedida de fazer prova por estar com farda da PM

Não foram reveladas as identidades da pessoas envolvidas na polêmica. Na tarde desta terça-feira (31), uma aluna do curso de Direito da Universidade Estadual da Paraíba, em Guarabira, foi impedida de fazer uma prova por estar usando uniforme da Polícia Militar, instituição que trabalha e concilia com curso universitário. Imagens que circulam nas redes sociais mostram um oficial da PM conversando com o coordenador com curso, professor Agassiz Almeida, argumentando que precisava ouvir a professora que teria impedido a aluna fazer a prova. Não foram reveladas as identidades da pessoas envolvidas na polêmica.
Fonte Portal 25 horas

Rio 80 graus: Ministro da Justiça diz que comandantes de batalhões da PM são sócios do crime organizado no RJ

Em meio à crise na segurança pública no Rio, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, pode acirrar os ânimos no governo do estado. Segundo o site UOL, Jardim disse que comandantes de batalhões da PM "são sócios do crime organizado no Rio". Ainda de acordo com o UOL, ele considera que o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, e o secretário de Segurança, Roberto Sá, "não controlam a Polícia Militar". O ministro afirmou ainda que a atuação das forças federais no estado só terá reflexo para melhoria da segurança no fim de 2018 e que, na gestão de Pezão, os resultados não serão percebidos pela sociedade: "Nós já tivemos conversas, ora eu sozinho, ora com o Raul Jungmann (ministro da Defesa) e o Sérgio Etchengoyen (ministro do Gabinete de Segurança Institucional ), conversas duríssimas com o secretário de Segurança do estado e com o governador. Não tem comando". Para o ministro, o assassinato do tenente-coronel Luiz Gustavo Teixeira, comandante do 3º Batalhão …

Criminosos atacam Batalhão da Maré após operação no conjunto de favelas

Criminosos armados atacaram a sede do 22º BPM (Maré) na tarde desta terça-feira, após operação no complexo de favelas. Bandidos da comunidade Nova Holanda cercaram os fundos do batalhão pelas laterais e dispararam contra os policiais. Não houve feridos na ação. Um disparo atingiu um poste de iluminação dentro da unidade.
O tiroteio começou após operação do Batalhão de Choque (BPChq) no complexo de favelas da região. Enquanto policiais apresentavam o material apreendido na operação no pátio da unidade, os criminosos dispararam. Policiais e profissionais da imprensa se abrigaram dentro da unidade, que não chegou a ser invadida. Procurada pelo EXTRA, a PM negou que tenha ocorrido ataque à unidade. Operação do Choque no Complexo da Maré Foto: Fabiano Rocha/Agência O GLOBO O batalhão fica às margens da Linha Vermelha, uma das principais vias da cidade. A Linha Vermelha chegou a ser interditada no sentido Centro por cerca de 5 minutos. A ação ocorreu nos fundos da unidade, que faz divisa com…

Polícia Militar do Rio esclarece que mototaxista não participou da morte de coronel

A Delegacia de Homicídios da Capital esclareceu que o homem levado pelos policiais militares do 3º Batalhão de Polícia nesta segunda-feira como suspeito de participar do assassinato do Coronel Luiz Gustavo Teixeira no último dia 26 não tem envolvimento com o crime.
Na realidade, trata-se de um mototaxista de 24 anos, que já havia sido ouvido pela Polícia porque no dia da morte do coronel, foi obrigado a transportar um dos criminosos na garupa de sua moto. Ele foi liberado em seguida.
Também na tarde desta segunda-feira, familiares e amigos do Coronel Teixeira fizeram um protesto pelo bairro do Méier, na zona norte do Rio, onde o militar morava.

A caminhada começou na Rua Dias da Cruz e foi até a Rua Hermengarda com Lins de Vasconcelos, onde ocorreu o crime. No ato, vários moradores e representantes de entidades de classe do bairro protestaram contra a onda de violência no Rio de Janeiro.
O oficial foi assassinado quando retornava de uma cerimônia de passagem de comando no batalhão do…

Mortes envolvendo intervenção policial aumentam 111% em 3 anos no Maranhão

Foram 60 casos em 2014, 89 em 2015 e 127 casos em 2016, o que representa um aumento de 111,6% nos casos de morte envolvendo policiais. O Maranhão teve um aumento de 42% nos casos de morte envolvendo policiais entre 2015 e 2016, segundo o 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulgado nesta segunda-feira (30). Foram 127 casos em 2016 e 89 em 2015. Um ano antes, 60 casos haviam sido registrados, o que significa crescimento de 111,6% nos casos de morte envolvendo policiais em apenas 3 anos. Recentemente, várias mortes envolvendo policiais chamaram a atenção. No dia 14 de outubro deste ano, o policial militar José Carlos da Silva Verde matou o funcionário do IBAMA Ademar Moreira Gonçalves com um tiro nas costas na Avenida Litorânea, em São Luís. O servidor federal estava em um saindo de uma vaga de estacionamento quando foi atingido. O policial informou na delegacia de homicídios que atirou porque achou que estava sendo roubado. Também em outubro, um homem identificado como Jamilso…

Vídeo de abordagem policial em 'cracolândia' ultrapassa 300 mil visualizações em cinco dias

Com mensagem religiosa, PMs conversaram com dependentes químicos, em Presidente Prudente, e compartilharam a ação em rede social. Publicação repercutiu e comoveu a internet. Oração e incentivo para que dependentes químicos mudem de vida feitos por policiais militares após abordagem na linha férrea inativa, em Presidente Prudente, comoveram a internet e em menos de uma semana o vídeo (veja abaixo) publicado em uma rede social pelo subtenente Paulo Sérgio das Neves Rodrigues já ultrapassou a marca de 300 mil visualizações. Além disso, a postagem recebeu até a tarde desta terça-feira (31) mais de oito mil reações e 3,6 mil compartilhamentos. O G1 conversou com o PM nesta segunda-feira (30) e ele contou como foi gratificante transmitir um pouco da religião cristã àquelas pessoas concentradas numa área da cidade que é uma espécie de "cracolândia". O contato dos policiais com o grupo de usuários de drogas ocorreu na manhã de sexta-feira (27). No mesmo dia, às 15h44, imagens foram…

Mãe de meninas queimadas nuas em RO é achada morta por asfixia

Corpo da vítima foi encontrado em um 'barraco' vizinho da casa dela, em Santa Luzia do Oeste. O amante da mãe das meninas é o principal suspeito. A mãe das irmãs de 5 e 7 anos encontradas nuas e com os corpos queimados no domingo (29)foi encontrada morta no fim da tarde desta segunda-feira (30) em uma casa vizinha à residência em que a família morava, em Santa Luzia do Oeste (RO). Conforme informações da Polícia Militar (PM), a suspeita é que a mulher tenha sido asfixiada com um lençol pelo próprio amante, o mesmo homem que incendiou as crianças. O homem segue foragido. Conforme as investigações, o funcionário público Idair dos Reis Maria, de 44 anos, praticou os crimes depois de ter sido denunciado pelas vítimas por abuso sexual, na última sexta-feira (29). As crianças foram encontradas na manhã de domingo na área rural de Rolim de Moura (RO), município a 402 km de Porto Velho, próximo de uma represa. Elas estão internadas em um hospital de Cacoal. “Ela estava em um barraco …

Policial civil é acusado de matar militar da Marinha em briga de bar no Mutondo

Acusado do crime está preso na DHNISGNo Mutondo o que era para ser uma noite de diversões entre amigos, acabou em tragédia. O militar da Marinha Altamir de Almeida Neto, 22 anos, foi assassinado na madrugada de sábado, após se desentender com um dos frequentadores de um dos bares da região, conhecida como baixo Mutondo.
Segundo testemunhas, os dois estavam dentro de um do bar quando iniciaram uma discussão. Em seguida, eles saíram do local para conversar do lado de fora e foi nesse momento que o jovem acabou assassinado com um tiro. 
O suspeito do crime fugiu do local a pé.  Policiais da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG), apuram a informação de que o autor dos disparos seria um policial civil. Um veiculo Ford Focus deixado no local também seria dele.
Nas redes sociais, os amigos de Altamir lamentaram a morte tão prematura do rapaz, que tinha como uma de suas paixões o Clube de Regatas Flamengo. “Mano tenho certeza que você está em lugar lindo... Sei que vo…

Imagens flagram traficantes armados no Morro do Juramento, na Zona Norte do Rio

Criminoso que carrega um fuzil responsável pela contenção do tráfico de drogas e o outro trabalha como 'olheiro', deixando os criminosos informados sobre a movimentação na favela. Traficantes fortemente armados foram flagrados no começo da manhã desta segunda-feira (30) em imagens feitas pelo Globocop. O flagrante foi feito no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, na Zona Norte do Rio, por volta das 7h15. Um deles é o que os criminosos chamam de olheiro, que se posiciona em um ponto estratégico da comunidade e utiliza um radiotransmissor para passar informações para os chefes do tráfico sobre a movimentação na comunidade e possível entrada da polícia na favela. O outro homem que aparece nas imagens carrega um fuzil. Esse homem faz o que no tráfico de drogas é chamado de contenção, ou seja, tenta evitar a aproximação dos policiais. O local é um dos principais acessos ao morro do Juramento.
Fonte: G1

Jovem acusada de comandar tráfico e liderar facção é condenada a 7 anos de prisão em MT

Jovem, de 25 anos, já foi presa mais de 10 vezes por tráfico e roubo. Para a juíza, acusada exercia a função de ‘comandante/chefe’ na organização criminosa. ariana Reis Moscatelli de Carvalho, de 25 anos, apontada como líder de uma facção criminosa e que comandava o tráfico de drogas na região Sorriso, a 420 km de Cuiabá, foi condenada a cumprir sete anos de prisão. Na decisão, a juíza Emanuelle Chiaradia Navarro Mano, da Primeira Vara Criminal, estabeleceu a pena de cinco anos pelos crimes de organização criminosa e falsidade ideológica. Mariana está presa desde dezembro de 2016, ao ser flagrada em investigações da Polícia Civil. Ela dava ordens aos membros da facção, recrutava novos integrantes e decidia quem poderia cometer crimes em Sorriso e nas cidades próximas. “Por outro aspecto, de suma importância destacar que a culpabilidade da ré desponta em grau elevado. É que, ao cotejar o acervo de informações encartadas no processo, infere-se que a ré mesmo proveniente de família de c…

Polícia do Amapá é a que mais mata no Brasil, diz ranking anual de segurança

Foram 7,5 mortes em ações policiais para cada 100 mil habitantes em 2016. Secretaria de A Segurança informou que apura casos para verificar se houve excesso por parte dos policiais.s forças policiais do Amapá são as que mais matam no Brasil, de acordo com dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que reuniu casos de 2015 para 2016. A taxa de mortes em ações policiais no estado foi de 7,5 em 2016. Ou seja, a cada 100 mil habitantes, 7,5 morreram por decorrência de ação policial. A média nacional é de dois casos para cada 100 mil habitantes. Em números absolutos, 19 pessoas foram mortas em ações da Polícia Militar em 2015. Em 2016, o número de mortes saltou para 58. Em ações da Polícia Civil, somente um caso foi registrado no mesmo período. Familiares de vítimas alegam que são homicídios de pessoas suspeitas de participarem de crimes, que já foram feridas ou alvejadas sem qualquer aviso prévio. Em muitos casos, policiais chegaram a simular tiroteios e os episódios são registrad…

Total de visualizações de página