Pular para o conteúdo principal

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

VERDADES E MENTIRAS SOBRE O CABO WILSON

Durante sua campanha o Cabo Wilson percebeu uma série de duvidas a respeito do período em que foi Deputado Estadual e a frente da Presidência da Associação de Cabos e Soldados, por isso, de forma democrática e transparente, vai esclarecer todas essas duvidas:
      1)      Porque você se aliou ao PSDB quando Deputado Estadual?
R: Fui o primeiro praça da Policia Militar eleito Deputado Estadual, sempre pautei minha vida pelo dialogo, já havia percebido que não adiantava lutar contra o PSDB, que na época era imbatível politicamente, isso não traria nenhum beneficio para os Policiais Militares, é sempre muito mais fácil coseguir alguma coisa “tomando um cafezinho” do que “chamando uma pessoa para briga”. Entrei na política para trazer resultados efetivos para categoria que representava, não adiantava ter um discurso agressivo, brigar o tempo todo contra o Governo, e após o mandato não ter nada para apresentar de ganhos aos policiais militares. Essa postura de agregar deu resultados, em apenas um mandato consegui ser o Deputado Estadual que mais aprovou projetos para os Policiais Militares, conforme gráfico abaixo publicado pelo site da maior comunidade militar  www.policialbr.com
Clique na imagem para ver ampliada


2)      O que você fez efetivamente como Deputado Estadual?
Antes do meu projeto, quem ingressava como Soldado passava 30 anos nessa graduação e aposentava como Cabo, aprovei o Plano de Carreira, que possibilitou aos praças ingressarem como Soldados e irem recebendo suas promoções ao longo de sua carreira, chegando a Sub Tenente e aposentando como 2º Tenente. Esse projeto beneficiou mais de 30 mil policiais militares. Ainda como Deputado Estadual consegui evitar que perdêssemos o Hospital Militar, que hoje beneficia e atende milhares de Policiais Militares, consegui aprovar aumentos salariais para categoria, entregamos milhares de casas para PMs através das Vilas Militares, e tantos outros projetos que beneficiaram os policiais militares.

3)      Porque não faz eleições para Presidente da ACSd ?
Somos uma das poucas Associações que fazem regulamente eleições para Presidente da Associação de Cabos e Soldados, notem que em várias outras sequer existe abertura para eleição. Em todas as vezes em que cheguei a Presidente foi por eleição democrática, aberta e transparente, como na ultima feita recentemente.  

4)      O que tem feito como Presidente da Associação de Cabos e Soldados?
Assumi a ACSd com pouco mais de 20 mil associados e hoje temos mais de 80 mil associados, tínhamos na época com uma divida de R$ 13 milhões e hoje temos um caixa que nos dá estabilidade e segurança. Compramos todos os prédios de nossas sedes das Regionais, adquirimos novas colônias de férias, reformamos quase todas as já existentes, ampliamos os serviços prestados sem aumentar a mensalidade, como o recém criado auxilio funeral, participamos ativamente das lutas pela reivindicação salarial junto ao Governo, e tantos outras ações que beneficiaram diretamente os Policiais Militares. Não foi ao acaso que nossa Associação cresceu tanto, sendo considerada a maior do Brasil e até do Mundo no gênero, isso se deve a credibilidade e beneficio que nós entregamos aos associados.

5)      Porque tivemos que pagar os advogados na ação do recalculo do quinquênio e sexta-parte?
Temos um quadro de advogados á disposição de todos nossos associados para prestar auxilio jurídico em caso de ocorrências, defender nos casos de Tribunal de Juri, defesa em Inquéritos Policiais Civis e Militares por ações decorrentes do serviço, nos casos de Conselho de Disciplina ou Procedimento Disciplinar Sumario, nas defesas de Procedimentos Disciplinares, e para qualquer outra orientação nos casos que decorrem de sua atividade profissional.

No caso das ações do recalculo da sexta-parte e quinquênios e também nas demais ações, contratamos um escritório especializado nesse tido de ação, com um especialização jurídica completamente diferente dos que fazem a defesa dos Policiais Militares nos casos citados. É uma ação que demanda um custo separado, assim como qualquer outra ação ganha por outras associações, nota-se que temos várias outras ações contra o Estado, mas esse escritório somente cobrará uma percentagem após a ação ganha, muito diferente de individualmente contratarmos um escritório, onde você pagará logo de imediato com 3 cheques normalmente e sem a garantia de ganhar a ação, ainda assim, caso ganhe essa ação, você ainda pagará uma porcentagem para esse escritório advocatício, normalmente ainda maior.

Comentários

  1. Caro Cabo Wilson gostaria de saber sobre a ação da sexta parte, pelo que o Sr, disse algum tempo atras, iriamos voltar a receber os calculos sobre os venvimentos e os atarsados, mas até agora nada, nenhuma noticia, espero que não seja só promessa de politico, gostaria de não perder a confiança que tenho a seu respeito, aguardamos uma resposta concreta.

    ResponderExcluir
  2. bem... se que estou lendo é a realidade de todos os Policiais Políticos nenhum aprovou nada que realmente trouxesse benesses a Família Policial Militar, Caixa eletrônico em batalhão, data base 1 de março, resumindo todos os que estão como pseudos representantes da Gloriosa não fizeram nada em prol do nosso contingente seja ativos, inativos ou pensionistas todos farinha do mesmo saco!

    ResponderExcluir
  3. Há tempos que ouço, inclusive da própria Associação dos Cabos e Soldados, que iríamos receber as ações da Sexta Parte e do Quinquênio até o mês de agosto de 2014, e também do ALE, entre outras que ganhamos. Até hoje nunca recebi nada. Fica aqui o meu compromisso: Se eu receber qualquer uma dessas ações até dois dias antes do dia da eleição eu votarei no Cb Wilson, caso contrário eu só não votarei como farei campanha contra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo e endosso, Arlindo. Farei o mesmo!

      Excluir
  4. se vc acha que tudo é verdade então vote.

    ResponderExcluir
  5. vou fazer somente uma pergunta, o porque que os oficiais da RESERVA foram promovidos com o posto imediato, pelo que me lembro eles trocaram o posto imediato por 100% nos vencimentos na época, e hoje além de ficarem com aquele aumento que é uma imensa disparidade com relação as PRAÇAS, passaram a receber de novo o posto imediato, agora porque o cb wilson, o major olimpio , o cap pm que criou o partido militar brasileiro, as outras ASSOCIAÇÕES não cobraram do GOVERNO DO ESTADO também a PROMOÇÃO DOS SUB TEM E 1 Sgt REFORMADO a promoção a 2 Ten PM, o que já é de muitos anos preiteado esse pedido, VAMOS VER QUAL SERA A RESPOSTA DELES AGORA NA ÉPOCA DE ELEIÇÕES, é por essas e outras que eu sendo PRAÇA não voto em candidato PM, pois só fazem alguma coisa quando é a favor de OFICIAIS.

    ResponderExcluir
  6. Entre outras coisas ele abriu o mar vermelho para o povo Hebreu passar, e ainda provocou as sete pragas do Egito. Ah, desculpe as pragas do Egito foram de Moisés, ele foi responsável pelas pragas do Desgoverno PSDB, contra a PMESP......

    ResponderExcluir
  7. pelo que os colegas estão comentando só alguns comentários estão sendo publicado dos anônimos, pois se todos eles focem publicados já estaria lotado de comentários a respeito que politico PM não fazem nada para praças, vejam o último aumento da PM DE SP 8% para ativo, inativo e pensionista, mas, olha só, mas para os OFICIAIS DA RESERVA simplesmente a volta do posto imediato, coisa que no passado eles OFICIAIS trocaram por um belo aumento, agora ficaram com aquele aumento e mais um posto imediato, hora, então os 8% foi para quem, PRAÇAS, PRAÇAS, depois querem nossos votos, sabe quando nunca, bem vamos ver se vai ser publicado esse e os outros comentários dos nossos colegas, NÃO ESTAMOS OFENDENDO NINGUÉM, SÓ ESTAMOS FALANDO AS VERDADES E O QUE PENSAMOS DOS CANDIDATOS PM E BM DO BRASIL.

    ResponderExcluir
  8. SOMOS PALHAÇO !!! ÉSSA É A VERDADE....ESTAMOS SENDO ENGANADOS DE NOVO . PURA FALTA DE RESPEITO, ESTAMOS COM A CORDA NO PESCOÇO , E SERVINDO DE TAPETE DE POLITICO.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do site PolicialBR, elas obedecem os princípios da liberdade de expressão.


| Mais Acessados na Última Semana |

Morre segundo policial militar atingido por tiro de fuzil em Pompéu

Cabo Lucas Reis Rosa foi internado e teve braço amputado após confronto com criminosos que explodiram uma agência bancária. Outro policial e um entregador também foram mortos. A Polícia Militar (PM) confirmou, na manhã desta sexta-feira (8), a morte do cabo Lucas Reis Rosa. Ele estava internado desde a madrugada de terça-feira (5) quando foi atingido por um tiro de fuzil durante confronto com criminosos que explodiram uma agência bancária em Pompéu. Segundo a Polícia Militar, o óbito foi constatado as 9h50 desta sexta. Em nota, a PM informou que o cabo teve reações inflamatórias graves, pós-cirúrgicas ao trauma. Na quarta-feira (6), Lucas Reis passou por duas cirurgias, uma delas foi para a amputação total do braço direito. “Estamos entrando em contato com a família para dar o devido apoio e verificar questões relacionadas a local e horário do velório e enterro”, informou o comandante da 7ª Região da Polícia Militar, coronel Helbert Willian Carvalhaes. Confronto Na madrugada de terça…

Policial militar é sequestrado e assassinado a tiros em Paulista

Um policial militar foi assassinado com nove tiros, na Estrada do Pica-Pau, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. A vítima foi identificada como Lindembergue Gomes da Silva, de 53 anos, foi encontrado ás margens da estrada, em Paratibe. De acordo com os peritos do instituto de Criminalidade (IC), ele foi atingido por um tiro no rosto e os outros nas costas. Os peritos acreditam que o PM pode ter sido morto com a própria arma.
Segundo a polícia, o militar, que atuava como comerciante, teria sido levado da casa dele, no bairro da Mirueira, por dois homens. Ele teria sido levado para o local do crime no próprio carro, uma caminhonete, que foi abandonada em Abreu e Lima. Nenhum pertence da vitima foi encontrado. A policia recebeu a informação de que o PM reformado era agiota, o que pode ter motivado o assassinato.

Fonte: Tv jornal uol

Brasil dobra número de presos em 11 anos, diz levantamento; de 726 mil detentos, 40% não foram julgados

Estudo divulgado pelo Ministério da Justiça é de junho de 2016. País é o terceiro do mundo em número de detentos. Estado com maior superlotação é o Amazonas (cinco presos por vaga). Uma nova edição do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen) divulgada nesta sexta-feira (8) pelo Ministério da Justiça informa que, em junho de 2016, a população carcerária do Brasil atingiu a marca de 726,7 mil presos, mais que o dobro de 2005, quando o estudo começou a ser realizado. Naquele ano, o Brasil tinha 361,4 mil presos, de acordo com o levantamento. Esses 726 mil presos ocupam 368 mil vagas, média de dois presos por vaga (leia mais abaixo sobre superlotação). "Houve um pequeno acréscimo de unidades prisionais a partir de 2014, muito embora não seja o suficiente para abrigar a massa carcerária que vem aumentando no Brasil. Então, o que nos temos, é um aumento da população carcerária e, praticamente, uma estabilidade no que se refere à oferta de vagas e oferta de estabel…

AFAM: NOVIDADES SOBRE AÇÃO JUDICIAL DA INCORPORAÇÃO DE 100% DO ALE NOS VENCIMENTOS DOS POLICIAIS E BOMBEIROS DE SÃO PAULO

Agora já são em número de 05 as Câmaras de Direito Público a adotar esse entendimento. Novas e recentes decisões do Tribunal de Justiça de São Paulo, em Mandados de Segurança individuais, têm confirmado o entendimento de que a incorporação total do ALE ao Salário-Base (Padrão) é direito de todos os policiais militares. Em Acórdão de 11 de março de 2013, relativo à Apelação/Reexame Necessário nº. 0029083-82.2012.8.26.0053, assim se manifestou a 6 ª. Câmara de Direito Público do TJ/SP: “Assim, no caso do impetrante, policial em atividade, quinquênios, sexta-parte e RETP incidem sobre as vantagens efetivamente incorporadas, dentre as quais, a partir da LC nº 1.114/10, o ALE”.... http://www.afam.com.br/
Veja abaixo todas as novidades:






REVOLTA DA ASSOCIAÇÃO DOS CABOS E SOLDADOS DA PMESP COM GOVERNO ALCKMIN

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo luta contra uma mentira da Procuradoria Geral do Estado; e, infelizmente, endossada pelo Governador do Estado. Ocorre que a Procuradoria, por meio da suspensão da Tutela Antecipada nº 678 junto ao Supremo Tribunal Federal fez constar em sua petição o valor aproximado de R$ 1,5 bilhão. Em síntese, disse ao Presidente do STF, Exmo. Senhor Ministro Ayres Britto que o custo criaria uma lesão ao erário público, assim, permitiu suprimir verbas alimentares de Policiais Militares. Neste sentido, passamos a conhecer melhor o Governo Geraldo Alckmin.
O Governo do Estado tinha conhecimento que o Policial Militar recebia o recálculo retroativo a novembro de 2010 por intermédio de uma ação judicial; e que nunca se tratou de uma tutela antecipada mas sim, de cumprimento provisório de sentença, iniciado após o Tribunal de Justiça de São Paulo, na 2ª Instância, ter garantido a fórmula correta de cálculo da verba aos Policiais…