Pular para o conteúdo principal

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

VERDADES E MENTIRAS SOBRE O CABO WILSON

Durante sua campanha o Cabo Wilson percebeu uma série de duvidas a respeito do período em que foi Deputado Estadual e a frente da Presidência da Associação de Cabos e Soldados, por isso, de forma democrática e transparente, vai esclarecer todas essas duvidas:
      1)      Porque você se aliou ao PSDB quando Deputado Estadual?
R: Fui o primeiro praça da Policia Militar eleito Deputado Estadual, sempre pautei minha vida pelo dialogo, já havia percebido que não adiantava lutar contra o PSDB, que na época era imbatível politicamente, isso não traria nenhum beneficio para os Policiais Militares, é sempre muito mais fácil coseguir alguma coisa “tomando um cafezinho” do que “chamando uma pessoa para briga”. Entrei na política para trazer resultados efetivos para categoria que representava, não adiantava ter um discurso agressivo, brigar o tempo todo contra o Governo, e após o mandato não ter nada para apresentar de ganhos aos policiais militares. Essa postura de agregar deu resultados, em apenas um mandato consegui ser o Deputado Estadual que mais aprovou projetos para os Policiais Militares, conforme gráfico abaixo publicado pelo site da maior comunidade militar  www.policialbr.com
Clique na imagem para ver ampliada


2)      O que você fez efetivamente como Deputado Estadual?
Antes do meu projeto, quem ingressava como Soldado passava 30 anos nessa graduação e aposentava como Cabo, aprovei o Plano de Carreira, que possibilitou aos praças ingressarem como Soldados e irem recebendo suas promoções ao longo de sua carreira, chegando a Sub Tenente e aposentando como 2º Tenente. Esse projeto beneficiou mais de 30 mil policiais militares. Ainda como Deputado Estadual consegui evitar que perdêssemos o Hospital Militar, que hoje beneficia e atende milhares de Policiais Militares, consegui aprovar aumentos salariais para categoria, entregamos milhares de casas para PMs através das Vilas Militares, e tantos outros projetos que beneficiaram os policiais militares.

3)      Porque não faz eleições para Presidente da ACSd ?
Somos uma das poucas Associações que fazem regulamente eleições para Presidente da Associação de Cabos e Soldados, notem que em várias outras sequer existe abertura para eleição. Em todas as vezes em que cheguei a Presidente foi por eleição democrática, aberta e transparente, como na ultima feita recentemente.  

4)      O que tem feito como Presidente da Associação de Cabos e Soldados?
Assumi a ACSd com pouco mais de 20 mil associados e hoje temos mais de 80 mil associados, tínhamos na época com uma divida de R$ 13 milhões e hoje temos um caixa que nos dá estabilidade e segurança. Compramos todos os prédios de nossas sedes das Regionais, adquirimos novas colônias de férias, reformamos quase todas as já existentes, ampliamos os serviços prestados sem aumentar a mensalidade, como o recém criado auxilio funeral, participamos ativamente das lutas pela reivindicação salarial junto ao Governo, e tantos outras ações que beneficiaram diretamente os Policiais Militares. Não foi ao acaso que nossa Associação cresceu tanto, sendo considerada a maior do Brasil e até do Mundo no gênero, isso se deve a credibilidade e beneficio que nós entregamos aos associados.

5)      Porque tivemos que pagar os advogados na ação do recalculo do quinquênio e sexta-parte?
Temos um quadro de advogados á disposição de todos nossos associados para prestar auxilio jurídico em caso de ocorrências, defender nos casos de Tribunal de Juri, defesa em Inquéritos Policiais Civis e Militares por ações decorrentes do serviço, nos casos de Conselho de Disciplina ou Procedimento Disciplinar Sumario, nas defesas de Procedimentos Disciplinares, e para qualquer outra orientação nos casos que decorrem de sua atividade profissional.

No caso das ações do recalculo da sexta-parte e quinquênios e também nas demais ações, contratamos um escritório especializado nesse tido de ação, com um especialização jurídica completamente diferente dos que fazem a defesa dos Policiais Militares nos casos citados. É uma ação que demanda um custo separado, assim como qualquer outra ação ganha por outras associações, nota-se que temos várias outras ações contra o Estado, mas esse escritório somente cobrará uma percentagem após a ação ganha, muito diferente de individualmente contratarmos um escritório, onde você pagará logo de imediato com 3 cheques normalmente e sem a garantia de ganhar a ação, ainda assim, caso ganhe essa ação, você ainda pagará uma porcentagem para esse escritório advocatício, normalmente ainda maior.

Comentários

  1. Caro Cabo Wilson gostaria de saber sobre a ação da sexta parte, pelo que o Sr, disse algum tempo atras, iriamos voltar a receber os calculos sobre os venvimentos e os atarsados, mas até agora nada, nenhuma noticia, espero que não seja só promessa de politico, gostaria de não perder a confiança que tenho a seu respeito, aguardamos uma resposta concreta.

    ResponderExcluir
  2. bem... se que estou lendo é a realidade de todos os Policiais Políticos nenhum aprovou nada que realmente trouxesse benesses a Família Policial Militar, Caixa eletrônico em batalhão, data base 1 de março, resumindo todos os que estão como pseudos representantes da Gloriosa não fizeram nada em prol do nosso contingente seja ativos, inativos ou pensionistas todos farinha do mesmo saco!

    ResponderExcluir
  3. Há tempos que ouço, inclusive da própria Associação dos Cabos e Soldados, que iríamos receber as ações da Sexta Parte e do Quinquênio até o mês de agosto de 2014, e também do ALE, entre outras que ganhamos. Até hoje nunca recebi nada. Fica aqui o meu compromisso: Se eu receber qualquer uma dessas ações até dois dias antes do dia da eleição eu votarei no Cb Wilson, caso contrário eu só não votarei como farei campanha contra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo e endosso, Arlindo. Farei o mesmo!

      Excluir
  4. se vc acha que tudo é verdade então vote.

    ResponderExcluir
  5. vou fazer somente uma pergunta, o porque que os oficiais da RESERVA foram promovidos com o posto imediato, pelo que me lembro eles trocaram o posto imediato por 100% nos vencimentos na época, e hoje além de ficarem com aquele aumento que é uma imensa disparidade com relação as PRAÇAS, passaram a receber de novo o posto imediato, agora porque o cb wilson, o major olimpio , o cap pm que criou o partido militar brasileiro, as outras ASSOCIAÇÕES não cobraram do GOVERNO DO ESTADO também a PROMOÇÃO DOS SUB TEM E 1 Sgt REFORMADO a promoção a 2 Ten PM, o que já é de muitos anos preiteado esse pedido, VAMOS VER QUAL SERA A RESPOSTA DELES AGORA NA ÉPOCA DE ELEIÇÕES, é por essas e outras que eu sendo PRAÇA não voto em candidato PM, pois só fazem alguma coisa quando é a favor de OFICIAIS.

    ResponderExcluir
  6. Entre outras coisas ele abriu o mar vermelho para o povo Hebreu passar, e ainda provocou as sete pragas do Egito. Ah, desculpe as pragas do Egito foram de Moisés, ele foi responsável pelas pragas do Desgoverno PSDB, contra a PMESP......

    ResponderExcluir
  7. pelo que os colegas estão comentando só alguns comentários estão sendo publicado dos anônimos, pois se todos eles focem publicados já estaria lotado de comentários a respeito que politico PM não fazem nada para praças, vejam o último aumento da PM DE SP 8% para ativo, inativo e pensionista, mas, olha só, mas para os OFICIAIS DA RESERVA simplesmente a volta do posto imediato, coisa que no passado eles OFICIAIS trocaram por um belo aumento, agora ficaram com aquele aumento e mais um posto imediato, hora, então os 8% foi para quem, PRAÇAS, PRAÇAS, depois querem nossos votos, sabe quando nunca, bem vamos ver se vai ser publicado esse e os outros comentários dos nossos colegas, NÃO ESTAMOS OFENDENDO NINGUÉM, SÓ ESTAMOS FALANDO AS VERDADES E O QUE PENSAMOS DOS CANDIDATOS PM E BM DO BRASIL.

    ResponderExcluir
  8. SOMOS PALHAÇO !!! ÉSSA É A VERDADE....ESTAMOS SENDO ENGANADOS DE NOVO . PURA FALTA DE RESPEITO, ESTAMOS COM A CORDA NO PESCOÇO , E SERVINDO DE TAPETE DE POLITICO.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do site PolicialBR, elas obedecem os princípios da liberdade de expressão.


| Mais Acessados na Última Semana |

Justiça Militar manda PM reintegrar cabo acusado de matar atriz durante blitz em Presidente Prudente

Decisão publicada nesta quarta-feira (18) atende a um pedido de tutela de urgência feito pela defesa. Marcelo Aparecido Domingos Coelho foi demitido da corporação em abril de 2015. oi publicada nesta quarta-feira (18) no Diário da Justiça Militar a decisão do juiz substituto da 2ª Auditoria do Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo (TJM-SP), Marcos Fernando Theodoro Pinheiro, que determina a imediata reintegração de Marcelo Aparecido Domingos Coelho aos quadros da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Em abril de 2015, o então cabo da PM foi demitido pela corporação, após ser acusado no processo que envolveu a morte da atriz e produtora cultural Luana Barbosa durante uma blitz policial na Avenida Joaquim Constantino, na Vila Formosa, em Presidente Prudente.
O juiz levou em consideração a absolvição que Coelho obteve na Justiça Militar, sob o argumento de “legítima defesa” e do “estrito cumprimento do dever legal”, o que, segundo o magistrado, de certa forma, contradiz c…

Alckmin propõe reajuste de 7% para policiais

ATENÇÃO- ATENÇÃO ESTA NOTÍCIA É DO ANO DE 2013 E ESTA CIRCULANDO NAS REDES SOCIAIS COMO SENDO ATUAL

O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta sexta-feira, 13, o envio à Assembleia Legislativa de um projeto de lei que concede aumento salarial de 7% para os membros da Polícia Militar, da Polícia Civil e da Polícia Técnico-Científica. O reajuste também será estendido aos agentes penitenciários. Aposentados e pensionistas das quatro categorias também terão o mesmo benefício. No total, serão beneficiados 172 mil policiais militares, 53 mil policiais civis e 33 mil agentes penitenciários. O custo para o Tesouro do Estado será de R$ 983 milhões por ano. Esta é a terceira vez que o governador Alckmin concede aumento salarial acima da inflação do período. Desde o último reajuste, o índice oficial de inflação acumulada é 5,66%. Em outubro de 2011, os policiais tiveram 15% de aumento retroativo a julho de 2011. Em agosto de 2012, o aumento foi de 11%. Com a nova proposta, o reajus…

GENERAL QUE COMANDA A ABIN FALA EM VAZIO DE LIDERANÇAS E ELOGIA FEITOS DA DITADURA

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional do governo Temer, Sérgio Westphalen Etchegoyen, causou incômodo em parte da comunidade diplomática durante uma palestra no Instituto Rio Branco. O general sugeriu “medidas extremas” para a segurança pública, elogiou feitos dos anos de chumbo e disse que o país sofre com amoralidade e com patrulha do “politicamente correto”.
Etchegoyen começou a fala de quase duas horas contando que tinha sido soldado por 47 anos e que era por essa ótica, militar, que enxergava e
interpretava o mundo. Depois do alerta, tentou quebrar o gelo:
“Sou da arma de cavalaria e tem um problema que a ausência do meu cavalo reduz minha capacidade intelectual em uns 45, 40 por cento”, começou general da reserva que comanda, entre outros órgãos, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin). A plateia, majoritariamente composta por futuros diplomatas, riu discretamente.
Foi um dos poucos momentos de descontração. No restante do tempo, segundo pessoas que estiveram present…

Policial civil morto em mega-assalto a empresa de valores é enterrado

Vítima foi morta a tiros durante ação dos criminosos que explodiram sede da Protege em Araçatuba (SP). Policial estava de folga. O corpo do policial civil André Luís Ferro da Silva, morto durante o mega-assalto a empresa Protege em Araçatuba (SP) nesta segunda-feira (16), foi enterrado na manhã desta terça-feira (17) em um cemitério particular da cidade. Ferro tinha 37 anos e foi baleado durante a ação. Ele foi socorrido com vida, mas morreu durante atendimento na Santa Casa. Silva era investigador e integrante do Grupo de Operações Especiais (GOE), e deixou filhos e a esposa.
O velório da vítima foi feito em um salão de uma funerária em Araçatuba e, do local, o caixão seguiu em um caminhão do Corpo de Bombeiros em cortejo com viaturas das polícias Militar e Civil até o cemitério. Segundo a Polícia Militar, o policial civil estava de folga do serviço e foi ao local para ver o que acontecia após ser chamado pelos pais, que moram perto da sede da Protege.
O grupo criminoso, cerca de 40 la…

PL 920: uma bomba atômica no funcionalismo público que Alckmin quer ver aprovado a todo custo.

O governador Geraldo Alckmin protocolou na quinta-feira, 5/10, o Projeto de Lei 920/2017, que representa uma verdadeira bomba atômica no Estado de São Paulo, sobretudo um verdadeiro ataque aos servidores estaduais e à prestação de serviços públicos. Publicado no Diário Oficial já no dia seguinte, o PL formaliza a renegociação da dívida de São Paulo com a União, ampliando o prazo de pagamento.
            Em contrapartida, o Estado se compromete a cumprir as exigências do governo federal, que impõe um verdadeiro arrocho salarial sobre os servidores públicos. Essa cruel punição aos servidores foi aprovada no ano passado pelo Congresso Nacional. Seu embrião foi o PLP 257, apresentado pela presidente Dilma, que depois foi maquiado pelo governo Temer e transformado na Lei Complementar federal 156/2016.
            Se o PL 920 for aprovado – e espero que não seja –, haverá um congelamento não só de salários, mas também da evolução funcional de todos os servidores estaduais, ficando suspens…