Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2014

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 


Juíza 'permitiu' nova morte, diz advogado da família de Glauco

Defensor de viúva de cartunista morto por Cadu em SP criticou juíza de GO.
Ela soltou Cadu, que estava em manicômio, e ele cometeu latrocínio.
Carlos Eduardo Sundfeld Nunes foi preso suspeito
de latrocínio em Goiânia, Goiás
(Foto: Divulgação/PM) O advogado Alexandre Khuri Miguel, que representa a família do cartunista Glauco, afirma que o assassino do artista e do filho dele jamais poderia ter deixado a internação do manicômio judiciário. Na segunda-feira (1º), o acusado de matar Glauco Vilas Boas e Raoni Ornelas durantes surto psicótico em março de 2010 em Osasco, na Grande São Paulo, voltou a ser preso, agora em Goiânia. Dessa vez, ele é suspeito de roubar e matar um motorista e de uma tentativa de latrocínio na capital de Goiás. Considerado inimputável (ou seja, que, em tese, não responde por seus atos e por isso não pode ficar numa prisão comum) Cadu ficou três anos internado em clínicas psiquiátricas pelas mortes de Glauco e Raoni, mas foi solto há um ano por decisão da Justiça de Go…

Lança-perfume 'turbinado' é vendido em bailes funk de rua em São Paulo

Droga, que pode até matar, é nova moda nos chamados pancadões.
Os traficantes colocam até soda cáustica no lança-perfume.
 O Jornal Hoje exibe uma série de reportagens que denuncia a venda de lança-perfume 'turbinado' e mais perigoso para crianças e jovens. A droga, que pode matar, é mais nova onda nos bailes funk que acontecem em algumas regiões de São Paulo, os chamados pancadões. Os traficantes colocam até soda cáustica no lança-perfume. A droga é consumida à vontade no meio da rua. Durante dois meses, a Câmera JH visitou os pancadões da capital paulista. Assista a reportagem completa no vídeo acima.  A segunda reportagem da série especial mostra como os traficantes turbinam o lança-perfume. Sem fiscalização, os jovens usam a droga à vontade nos bailes funk, em São Paulo. A droga é uma mistura de essência com cloreto de etila, uma substância química encontrada em solventes. A venda do composto é controlada no Brasil e apenas a indústria química pode comprar. Para turbinar o …

PM fingiu ser traficante responsável por morte de Amarildo, diz laudo

Laudo de voz do Instituto de Criminalística Carlos Éboli confirmou inquérito.
Marlon Campos Reis e outro soldado tentaram incriminar traficantes.

O Ministério Público do Rio de Janeiro informou, nesta segunda-feira (1) que os laudos de voz do caso do desaparecimento do pedreiro Amarildo de Souza, em julho de 2014, indicam que o soldado Marlon Campos Reis de fato se fez passar por um criminoso, na tentativa de responsabilizar traficantes pela morte de Amarildo, torturado por policiais da UPP da Rocinha, na Zona Sul do Rio.
Segundo parecer do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), é do soldado Marlon Campos Reis a voz do homem que ligou para outro policial fingindo ser o traficante Thiago da Silva Neris, conhecido como Catatau (na intenção de atribuir ao tráfico de drogas a resposabilidade pelo “sumiço” de Amarildo). Na ligação, Marlon faz supostas ameaças e diz que já “botou o Boi (apelido de Amarildo) na sua conta”.

Marlon sabia que sua ligação estava sendo monitorada, por ordem…

Polícia procura PM acusado de matar o próprio pai na Baixada Fluminense

Soldado Marco Aurélio da Silva Henrique é considerado foragido.
Mandado de prisão foi expedido pelo Tribunal do Júri de Magé.
A Polícia Civil procura um PM acusado de matar o próprio pai dentro de casa em Piabetá, distrito de Magé, na Baixada Fluminense, no dia 24 de agosto. O soldado Marco Aurélio da Silva Henrique, que prestava serviços na UPP Arará-Mandela, é considerado foragido. Segundo a polícia, ele matou o pai Manuel Henrique Filho, de 54 anos. O corpo de Manuel foi encontrado no dia seguinte do crime, a seis quilômetros da casa onde eles moravam. De acordo com o delegado que cuida do caso, o mandado de prisão contra o PM foi expedido pelo Tribunal do Júri de Magé. Do G1 Rio

Candidatos relatam vazamentos de fotos em concurso da PM no RJ

Eles reclamam da organização e de conteúdos não mencionados no edital.
PM diz que responsabilidade é de empresa contratada, que pode ser multada.
Usuários denunciaram vazamento de fotos da prova
em rede social (Foto: Reprodução/ Facebook) Candidatos a vagas na Polícia Militar reclamam de irregularidades no concurso da corporação, realizado neste domingo (31). A principal queixa é de que conteúdos não indicados no edital foram cobrados nas provas de história e informática do exame. Usuários ainda denunciaram que concorrentes postaram fotos do cartão resposta durante a prova nas redes sociais. A Polícia Militar confirmou que dois candidatos foram expulsos do concurso no domingo por terem entrado com celular escondido e publicado imagens da prova nas redes sociais. Segundo a corporação, o exame é organizado pela empresa Exatus, contratada após licitação. A PM afirma que se forem comprovadas falhas, a companhia responsável será multada, de acordo com a Lei das Licitações. O concurso para sol…

Sargento da PM é detido na BR-153 com camionete adulterada

Veículo tinha 'fortes indícios de adulteração', de acordo com a PRF.
Militar é do Distrito Federal e foi encaminhado para a delegacia de Guaraí. Camionete apreendida com sargento da PM, do
Distrito Federal, tinha indícios de adulteração
(Foto: Divulgação/PRF-TO) Um sargento da Polícia Militar do Distrito Federal foi detido na tarde de sábado (30), no km 329 da BR 153, em Guaraí, na região central do Tocantins. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele conduzia uma camionete cujo documento havia "fortes indícios de adulteração". De acordo com a PRF, o veículo, que tem placas de Minas Gerais, também estava com os sinais identificadores adulterados. Depois de consultar o sistema do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF), os agentes descobriram que a camionete tinha uma ocorrência de furto/roubo. Um tenente do 7º Batalhão da Polícia Militar de Guaraí acompanhou os procedimentos e, conforme a PRF, a pistola e as munições em poder do policial detido foram rec…

PM suspeito de crime em moradia social não tem perfil de beneficiário

Recebendo o triplo da renda estabelecida, PM não poderia morar no local.
Soldado é suspeito de matar homem com três tiros em conjunto no Amapá.
Caso aconteceu no Conjunto Macapaba, na Zona
Norte de Macapá (Foto: Reprodução/TV Amapá) O soldado da Polícia Militar suspeito de matar a tiros o vizinho no Conjunto Habitacional Macapaba, em Macapá, na noite de sábado (30), não poderia ser beneficiário de um dos apartamentos do residencial. O militar possui renda mensal quase três vezes maior do que a permitida pela Caixa Econômica Federal. Vizinhos contaram que o PM mora no conjunto desde a inauguração, em julho de 2014. De acordo com a Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims), responsável por elaborar o dossiê de cada beneficiário, consta no apartamento onde ele mora apenas o registro do nome da mulher dele e da filha dela. Segundo o órgão, a beneficiária atende aos requisitos de ganhos mensais, não ultrapassando R$ 1.600. Alice Ribeiro, secretária adjunta de políticas de assistência…

'Detentos não entraram em contato', diz Coape sobre greve de fome no RN

Coordenadora do sistema penitenciário não recebeu nenhuma reivindicação.
São 2.500 presos protestando em 8 presídios; motivo ainda é mistério.
Coordenadora do sistema penitenciário, Dinorá não
recebeu reivindicações(Foto: Ricardo Araújo/G1) A Coordenadoria de Administração Penitenciária (Coape) não recebeu nenhuma reivindicação dos presos que estão em greve de fome desde a manhã desta segunda-feira (1) em pelo menos oito unidades prisionais do Rio Grande do Norte. A coordenadora do sistema penitenciário, Dinorá Simas, conta não ter recebido nada formalmente. "Por enquanto estamos sabendo de suposições, mas não podemos falar nada. Estamos apurando o motivo da greve de fome", diz.

Dinorá acrescenta que os presos não aceitaram nenhuma das refeições nesta terça-feira (2). A coordenadora esteve reunida com diretores de presídios do estado e ficou definido que o procedimento será o mesmo adotado na segunda. "O dia foi tranquilo e não houve tumulto. Estamos esperando o contato del…

ALE-AL derruba veto à Lei de Promoções e militares comemoram

Governador Teotonio Vilela tem 48 horas para sancionar a Lei.
Se perder o prazo a ALE promulga.
Militares comapreceram em peso à ALE e
comemorarm decisão dos deputados
(Foto: Michelle Farias/G1) A Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE-AL), durante sessão ordinária desta terça-feira (2), derrubou o veto da Lei de Promoções dos militares. O governador Teotonio Vilela (PSDB) tem 48 horas para sancionar a Lei. Caso perca o prazo, a ALE promulga a Lei que entra entra em vigor a partir da publicação no Diário Oficial.

A categoria dos militares compareceu em peso à ALE e vibrou com a aprovação do veto. Eles trouxeram faixas e cartazes na tentativa de sensibilizar os deputados. "Estávamos confiantes que a ALE iria aprovar. Estamos discutindo com o governador desde 2007 e ele sempre teve um tratamento diferenciado com a categoria", afirma o tenente Mizael Pessoa, presidente da Assomal [Associação dos Oficiais Militares de Alagoas] . Além da votação sobre a Lei de Promoções, foi derrubada…

Justiça avalia caso de menino de 9 anos jurado de morte por traficantes

Conselho Tutelar pediu a suspensão do poder familiar da mãe da criança.
Garoto tem registro de 20 passagens por furto, roubo e tráfico, em Goiânia.
O Conselho Tutelar requisitou à Justiça de Goiás, na segunda-feira (1º), a suspensão do poder familiar da mãe de um menino de 9 anos que, segundo conselheiros, é jurado de morte por traficantes em Goiânia. Apesar da pouca idade, a criança já tem registro de 20 passagens por crimes como furto, roubo e tráfico de drogas. O caso dele é acompanhado desde 2008 pelo Conselho Tutelar da capital e agora será avaliado também pelo Ministério Público e pelo Poder Judiciário. Segundo a juíza Mônica Neves Soares Gioia, do Juizado de Infância e Juventude, o pedido do Conselho ainda será avaliado. “A gente vai analisar, visitar a casa, o Ministério Público vai falar nos autos. Porque é uma medida muito drástica, tudo tem que ser pensado e as providências tomadas no momento adequado”. No sábado (30), o garoto foi internado, pela quarta vez, em um abrigo on…

Juíza acha que não errou ao soltar Cadu: 'Tomei todas as precauções'

Acusado de matar cartunista foi solto em 2013 e voltou a ser preso em GO.
Ele é suspeito de envolvimento em dois assaltos, um deles com morte.
Juíza Telma Aparecida diz que Cadu era
acompanhado (Foto: Paula Resende/G1) A juíza Telma Aparecida Alves, da 4ª Vara de Execuções de Goiânia, disse acreditar que não houve erro ao conceder liberdade, no ano passado, a Carlos Eduardo Sundsfeld Nunes, de 29 anos, conhecido como Cadu, assassino confesso do cartunista Glauco Vilas Boas e do filho dele, Raoni Vilas Boas. "Tomei todas as precauções que estavam ao meu alcance, os relatórios, os laudos médicos. Não acho que houve um erro", afirmou em entrevista coletiva nesta terça-feira (2). Cadu, que estava livre desde agosto de 2013 após ser diagnosticado com esquizofrenia, foi preso novamente na segunda-feira (1º), na capital, suspeito de um latrocínio e uma tentativa de latrocínio. "Não tenho como prever o comportamento dos presos que cumprem medida de segurança, infelizmente acontece…

Total de visualizações de página