Pular para o conteúdo principal

Rádio PolicialBR 24 horas com você. Notícias e entretenimento.

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

Teoria da extinção das policias militares

Desde o fim do regime militar, grupos políticos de esquerda tentam acabar com a policia militar, apelidados por eles de “filhotes da ditadura”.

Vários projetos já foram apresentados nessa linha, alguns até absurdos e idiotas, como daquele  ex-governador que previa que após a extinção da corporação os PMs poderiam ser reaproveitados  na policia civil desde que passam por uma prova de idoneidade moral.

Esses projetos nunca foram aprovados porque sempre tivemos o apoio da sociedade, pois somos a única instituição publica em que eles realmente podem contar na hora que precisam, seja para ações de segurança ou de cunho social, atendendo 24 h por dia, nos 645 municípios, a qualquer hora, pelo fone 190 ou pelo simples aceno de mãos para uma viatura em patrulhamento.

Visando acabar com esse prestigio que a policia militar possui junto a população, começaram então a trabalhar no subconsciente popular, num processo sortido para denegrir a imagem dos policiais militares e da policia militar, desde novelas, filmes, seriados, reportagens, livros, artigos, programa de comédia, etc...todos colocando o policia militar numa situação vexatória, humilhante, com policiais mal fardados, gordos ou magros demais, subordinados a delegados, falando um português errado, corruptos, etc...

                O próprio filme “Tropa de Elite”, dirigido pelo ultra esquerdista  comunista Jose Padilha , filiado ao PCdoB,  quis apresentar uma policia militar altamente corrupta, despreparada, violenta, envolvida com o crime e com treinamento violento aos policiais militares, viu porém o tiro sair pela culatra, pois seu “Capitão Nascimento’ acabou sendo alçado a categoria de herói nacional, pois não aguentam mais tantos crimes e impunidade, isso fez com que Padilha fizesse o filme Tropa de Elite 2, onde esse herói nacional fala ao final do filme que “a policia militar tem que acabar”.

                Esse processo de degradação da imagem da policia militar facilitou para que os políticos rancorosos apresentassem a aprovassem primeiramente um incentivo para criação das guardas municipais com recursos do governo federal, e este mês, com o plenário da Câmara dos Deputados às moscas, aprovaram na calada da noite o projeto que já foi sancionado a toque de caixa pela Presidenta Dilma, dando poder de policia para as guardas municipais, iniciando assim o processo de municipalização e extinção das policias militares em todo Brasil.

                Cabe lembrar também que o senador Lindenberg Faria do PT, ex líder da UNE,  relatou e apresentou a PEC 51, que prevê a desconstitucionalização e desmilitarização das policias militares, propondo a municipalização da policia, o que sem duvida acaba sendo o “golpe de misericórdia”  e a extinção gradual da Policia Militar, assim como já  aconteceu com ao Fepasa, Banespa e tantas outras...

                Os políticos inimigos da policia militar descobriram que era difícil acabar conosco com “uma canetada”, resolveram um caminho mais fácil, deixar a PM “morrer por inanição”, criando uma nova polícia e direcionar os investimentos somente para essa, com contratações, estímulos na carreira, salários, etc...

                Alguns Policiais Militares podem estar achando que essa “teoria da conspiração” é algo ilusório, distante da realidade, meus senhores e minhas senhoras Policiais Militares, por ser sido suplente de Deputado Federal nas eleições de 2002, 2006 e 2010, por ser Presidente Nacional do Partido Militar, acompanho de perto os projetos de interesse da Policia Militar e dos Policiais Militares, conversei somente esse ano com 07 Presidentes Nacionais de Partidos Políticos, posso afirmar e endossar que passamos por um período de perigo para a Corporação, é muita gente querendo nos prejudicar e quase nenhuma para nos defender, estamos e risco.

                Há somente uma forma de reverter esse quadro, que é o caminho da representatividade política, no começo do ano que vem, poderemos estar sentado à mesa e decidir com os demais políticos nosso futuro ou podemos estar sentados sob a mesa aguardando as migalhas que eles resolverem nos dar.

                Quem não gosta de política é comandado por quem gosta e se sujeita a vontade destes. Está na hora de mostrarmos nossa força política, já passamos pelas fases do não eleitor, do eleitor não consciente, do eleitor consciente e agora estamos entrando na fase do eleitor militante, que discute política, participa ativamente das eleições e principalmente multiplica seus votos.

                Junte-se a nós nesta luta, tragamos a coragem e o empenho que temos de sobra para enfrentar a criminalidade agora para o campo político, já passou da hora de pensarmos com carinho e preocuparmos mais como nós mesmos e nossos familiares. CAPITÃO AUGUSTO 2200

O autor do texto é capitão da PMESP e concorre no Pleito Eleitoral de 2014 ao cargo de Deputado Federal

Comentários

  1. A Polícia Militar é frequentemente julgada sumariamente por todos, mas é a única Polícia que está SEMPRE à disposição da sociedade!

    Vejam abaixo o vídeo de Raquel Sheherazade (Polícia Militar x Linchamento Moral)

    https://www.youtube.com/watch?v=TyZT3KaGT9s

    ResponderExcluir
  2. AS POLÍCIAS MILITARES INCOMODAM.

    VEJAM NO LINK ABAIXO A PRISÃO DA APRESENTADORA DA GLOBO...
    https://www.youtube.com/watch?v=bMiSbXC1snw

    A Rede Globo não noticiou o acontecimento, como sempre faz com o povão, com aquele tom reprovatório e com ar de superioridade moral. É, o macaco senta no próprio rabo e fala do rabo dos outros!
    Obs: A infratora ainda tentou dar "carteirada" nos Policiais Militares...rs...

    ResponderExcluir
  3. A questão de estarem querendo desmilitarizar a polícia é um dos maiores riscos já enfrentados na questão da Segurança Pública. Como explanado no texto da matéria o caso da desmilitarização é só o “bode expiatório” o que querem realmente é a municipalização da polícia, prova disto é a Lei aprovada que regulamenta das Guardas Municipais dando poder de polícia a elas. Para os governos é muito melhor municipalizar e apenas se ater, in tese, no repasse de verbas para os municípios, deixando a responsabilidade da Segurança Pública para os Municípios, com a Educação isto já aconteceu e também com a Saúde Pública. Em relação as Polícia Militares elas serão extintas com o tempo, sem investimentos vão sendo sucateadas até o fim, o mesmo ocorreu com a Rede Ferroviária. Portanto camaradas, antes de formarem opinião, leiam mais, pesquisem!

    ResponderExcluir
  4. qual beneficio teremos com esta dermilitarização? alguem pode esclarecer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O policiais poderão serem tratados como os mesmos direitos que os demais mortais...

      Excluir
  5. Pergunte aos próprios militares. Pesquisa diz que 77,2% dos policiais são a favor da desmilitarização da PM.

    http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2014/07/30/um-terco-dos-policiais-brasileiros-pensa-em-deixar-corporacao-diz-pesquisa.htm

    ResponderExcluir

Postar um comentário

ANTES DE ESCREVER LEIA COM ATENÇÃO: Palavras de baixo calão, racismo, ofensas, ameaças e tudo mais de não estejam de acordo com os bons costumes e as leis vigentes não será aprovado. Expressão do pensamento é um direito Constitucional, expresse o seu com educação e propriedade. Os comentários publicados não traduzem a opinião do blog. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate dos problemas brasileiros e mundiais e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo. O IP do comentarista fica arquivado e pode ser fornecido por Ordem Judicial.

| Mais Acessados na Última Semana |

ROTA invade tribunal e resgata ex-presidiário

Sim, o título acima está correto. Numa incrível operação relâmpago, PMs de ROTA impedem que tribunal do crime assassine um ex-presidiário

A ROTA está nas ruas 24 horas por dia, todos os dias, o ano inteiro. Seu efetivo é dividido em três Companhias: Noturna, Matutina e Vespertina. Esta matéria relata uma incrível ocorrência de resgate conduzida pelo Pelotão do Tenente PM Soares, que patrulhava a Zona Leste de São Paulo às 21:40 nesta segunda-feira, dia 14. “O despacho do Policiamento de Choque do COPOM nos informou que uma pessoa estava sendo torturada na favela Eliane, numa casa com detalhes verdes no seu portão, localizada na rua Esperança. Pelas particularidades que nos foram relatadas, estava claro que a ocorrência envolvia a ação de um ‘tribunal do crime’ provavelmente comandado pelo PCC. Imediatamente acionei meu Pelotão”, relata o Tenente de ROTA Soares. O nome dessa rua, 'Esperança', não podia ser menos adequado em função do cenário que os PMs iriam encontrar em poucos…

Aprovado PL que da poder de polícia administrativa às polícias e bombeiros militares do Brasil

O poder de polícia administrativa trás condições das polícia militares e bombeiros atuarem de forma efetiva em eventos, estabelecimentos comerciais e outros. Autor: Capitão Augusto - PR/SPData da apresentação:  04/02/2015 Ementa: Regula as ações de Polícia Administrativa exercida pelos Corpos de Bombeiros Militares dentro das suas atribuições de prevenção e extinção de incêndio, e perícias de incêndios e ações de defesa civil, de busca salvamento, de resgate e atendimento pré-hospitalar e de emergência; e pelas Polícias Militares no exercício da Polícia Ostensiva e Polícia de Preservação da Ordem Pública, e dá outras ...Leia integra do PL 196/2015Regula as ações de Polícia Administrativa exercida pelos Corpos de Bombeiros Militares dentro das suas atribuições de prevenção e extinção de incêndio, e perícias de incêndios e ações de defesa civil, de busca salvamento, de resgate e atendimento pré-hospitalar e de emergência; e pelas Polícias Militares no exercício da Polícia Ostensiva e Pol…

Usar arma de uso restrito com porte ilegal agora é crime hediondo

Aprovada urgência para projeto que torna crime hediondo o porte ilegal de armas de uso restrito O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 332 votos a 7 e 2 abstenções, o regime de urgência para o Projeto de Lei 3376/15, do Senado, que torna crime hediondo a posse ou o porte ilegal de arma de fogo de uso restrito das forças policiais e militares. Após a votação, a sessão ordinária foi encerrada. Projeto de Lei do Senado nº 230, de 2014, de autoria do Senador Marcelo Crivella, constante dos autógrafos em anexo, que “Altera a Lei nº 8.072, de 25 de julho de 1990, para incluir o crime de posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito no rol dos crimes hediondos”. A Lei 8.072/90 define como hediondos os crimes de homicídio praticado por grupo de extermínio; homicídio qualificado; latrocínio; genocídio; extorsão qualificada por morte; extorsão mediante sequestro; estupro; disseminação de epidemia que provoque morte; falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto …

Policiais e bombeiros militares não sabem a força que tem

Deputado Federal Capitão Augusto orienta os militares de São Paulo sobre a força política da classe
Por mais que façamos aqui pela Câmara dos Deputados, aprovando projetos dando mais direitos e garantias aos policiais e não deixando ser aprovado nenhum projeto que os prejudique, a grande reivindicação que recebo dos policiais refere-se a questão do aumento salarial.
Infelizmente Deputados não podem apresentar projetos que gerem despesas para o executivo, então está fora de nossa competência atender essa solicitação, o que nos resta é cobrar (e muito) do governador e fazer articulação para que ele conceda o tão esperado aumento salarial.
Hoje temos força política para eleger representantes para Assembleia Legislativa, Câmara dos Deputados e para todos cargos nas eleições municipais. Está na hora de influenciarmos as eleições para Governador e Senador, um que reconheça nosso valor, ou ficaremos fadados a apenas reclamar nos bastidores.
Nós podemos muito mais que isso! Somos quase 150.000 po…

Vaccarezza é preso em nova fase da Operação Lava Jato em São Paulo

Ex-deputado, que deixou o PT, foi líder dos governos Lula e Dilma. Segundo o MPF, ele recebeu a maior parte de um total de propina que soma US$ 500 mil. O ex-líder dos governos Lula e Dilma na Câmara dos Deputados Cândido Vaccarezza, que deixou o PT, foi preso nesta sexta-feira (18) em São Paulo. Ele é alvo da Operação Abate, uma das duas novas fases da Operação Lava Jato deflagradas nesta manhã. A prisão é temporária, válida por cinco dias. Por volta das 9h, Vaccarezza estava em casa sob custódia da PF. Ele deve seguir para Curitiba ainda nesta sexta. O G1 tenta contato com a defesa do ex-deputado, com PT e com as empresas citadas. Principais pontos das investigações Ações apuram o favorecimento de empresas estrangeiras em contratos com Petrobras. Operação Abate investiga fraudes no fornecimento de asfalto para a Petrobras por uma empresa norte-americana, entre 2010 e 2013. Funcionários da Petrobras, o PT e, principalmente, Cândido Vaccarezza teriam recebido propinas que somam US$ 5…