Pular para o conteúdo principal

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

SSP diz que ao menos uma das mãos é de Geovane; suspeitos são presos

Jovem de 22 anos sumiu depois de abordagem violenta feita por policiais.
Suspeitos são considerados experientes; corpo teria sido esquartejado.


A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP) garante que pelo menos uma das mãos achadas em Campinas de Pirajá, em Salvador, é do jovem Geovane Mascarenhas de Santana, de 22 anos, que estava desaparecido após abordagem violenta de policiais militares, que foi registrada via câmera de segurança. De acordo com a polícia, o polegar esquerdo de uma das mãos estava com as digitais preservadas, e por isso foi possível identificá-lo através de exames. Pela manhã, a família dele contestou a informação de que o corpo dele estaria no Instituto Médico Legal, não reconhecendo o tronco e a cabeça.
O secretário Maurício Barbosa, o delegado-chefe da Polícia Civil, Hélio Jorge, e o comandante geral da Polícia Civil, Alfredo Castro, deram entrevista coletiva sobre o assunto na tarde desta sexta-feira (15). O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, com apoio do Ministério Público, e pela Corregedoria da PM.
Segundo com a polícia, no dia 3 de agosto foi encontrado um tronco no Parque São Bartolomeu, com a derme e epiderme completamente destruídas por carbonização e, por isso, não foi possível fazer o reconhecimento. "Por causa do estado em que o corpo se encontra, não é possível identificar marcas e tatuagens, então talvez por isso a família não tenha feito o reconhecimento", explica Maurício Barbosa, secretário de Segurança Pública da Bahia. No dia seguinte, as mãos e uma cabeça foram encontrados em Campinas de Pirajá.  A SSP informa que a confirmação de que outras partes do corpo, que foi esquartejado, são de Geovane, só vai ser possível através exame de DNA, cujo resultado sai em 30 dias.
Além das partes do corpo, serão periciados ainda o GPS e a câmera interna da viatura para verificar se os equipamentos estavam funcionando normalmente e a partir daí analisar o percurso e as imagens que possam ter sido capturadas. Também vai ser analisado se os PMs alteraram o percurso, pois o registro do GPS indica que eles estiveram, na madrugada do dia 3, no bairro do Lobato, distante do local da ocorrência. Maurício Barbosa ressalta que, se os equipamentos estiverem quebrados ou alterados, pode ser mais um indício da participação dos militares. A moto da vítima ainda não foi encontrada.
"Temos fortes indícios da participação deles neste crime, mas tudo precisa ser investigado com cautela. São agentes que deviam estar em defesa da segurança da população e não oferecendo risco. Se for confirmado que esses policiais estão envolvidos nesse crime, é mais um inconformismo para a SSP e eles serão severamente punidos, inclusive sendo expulsos da corporação", disse o secretário Maurício Barbosa, durante coletiva convocada para a tarde desta sexta-feira (15), na sede do órgão, no Centro Administrativo da Bahia.
Os três policiais, que são Cláudio Bonfim Borges, Jailson Gomes de Oliveira e Jesimiel da Silva Resende, tiveram prisão  temporária decretada. Um deles é subtenente, com mais de 20 anos de atuação, e era comandante da guarnição. Os demais têm 11 e 14 anos de polícia. "São policiais experientes, mas que tiveram uma postura condenável na abordagem ao cidadão, mesmo por que ele não ofereceu nenhuma resistência. Essa não é a orientação que damos à polícia", garante Maurício.
Os suspeitos prestaram depoimento, ao longo do dia, na sede do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e, em seguida, levados para o Batalhão de Choque, em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. A justiça decretou a prisão temporária dos três, por 30 dias, para evitar intimidação a testemunhas, familiares da vítima, e que se percam provas do crime, segundo o delegado-chefe Hélio Jorge.  O advogado Vivaldo Amaral defendeu que os três policiais são inocentes, declarando que ando "todos vão se surpreender".
Segundo o coronel Alfredo Castro, os PMs afirmam que o rapaz foi abordado por ter características semelhantes às de um assaltante que teria roubado uma mulher na região da Calçada. Eles sustentam que levaram Geovane até a mulher, mas ela não o reconheceu como o ladrão e depois disso ele foi liberado. "Eles já foram ouvidos várias vezes na Corregedoria e duas na Polícia Civil, e sustentam a mesma versão", destaca o coronel. A PM deve concluir a investigação em 30 dias. A mulher que foi assaltada já prestou depoimento na Corregedoria, conforme ele.
desaparecido;bahia (Foto: Reprodução/TV Bahia)Abordagem da PM (Foto: Reprodução/TV Bahia)
Família não reconhece
Jurandy Silva, pai da vítima, foi ao Instituto Médico Legal (IML) no final da manhã desta sexta-feira (15) para reconhecimento do corpo do filho que, segundo a polícia, teria sido identificado na noite de quinta-feira (14). De acordo com ele, o filho dele tinha uma tatuagem, que não foi identificada. "Para mim, eu quero ver ele, o pé, a mão. Tendo o corpo eu vou enterrar ele e viver minha vida, não tendo, vou continuar procurando. Não tem tatuagem, o rosto do meu filho é pequeno e o que me mostraram é grande. Agora, no momento, não tem nada. Todos que estão aí (IML) não são do meu filho", disse. 
Corpo identificado, diz PM
Segundo o coronel Alfredo Castro, comandante da PM, o corpo dele foi identificado na noite de quinta-feira (14). A informação foi confirmada pelo coronel Alfredo Castro com base na perícia realizada pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT). "A perícia constatou que o corpo era do jovem desaparecido. A mão e a cabeça estavam na mesma região onde foi localizado o corpo", afirma o coronel Alfredo Castro.
Geovanne Mascarenhas desapareceu após abordagem da PM (Foto: Imagens/TV Bahia)Geovanne Mascarenhas desapareceu após
abordagem da PM (Foto: Imagens/TV Bahia)
Caso
Geovane Mascarenhas de Santana desapareceu após uma abordagem policial no dia 2 de agosto, na Calçada. Toda a ação foi registrada por câmeras de segurança de um prédio do local da ação.
 A família fez buscas por mais de 10 unidades de polícia e denunciou o caso à imprensa. Em uma primeira versão, a assessoria de comunicação da PM informou que Gevane foi levado à delegacia do bairro da Lapinha e liberado em seguida, com a moto, que até o momento não foi encontrada.
Do G1 BA

Comentários

| Mais Acessados na Última Semana |

ROTA invade tribunal e resgata ex-presidiário

Sim, o título acima está correto. Numa incrível operação relâmpago, PMs de ROTA impedem que tribunal do crime assassine um ex-presidiário

A ROTA está nas ruas 24 horas por dia, todos os dias, o ano inteiro. Seu efetivo é dividido em três Companhias: Noturna, Matutina e Vespertina. Esta matéria relata uma incrível ocorrência de resgate conduzida pelo Pelotão do Tenente PM Soares, que patrulhava a Zona Leste de São Paulo às 21:40 nesta segunda-feira, dia 14. “O despacho do Policiamento de Choque do COPOM nos informou que uma pessoa estava sendo torturada na favela Eliane, numa casa com detalhes verdes no seu portão, localizada na rua Esperança. Pelas particularidades que nos foram relatadas, estava claro que a ocorrência envolvia a ação de um ‘tribunal do crime’ provavelmente comandado pelo PCC. Imediatamente acionei meu Pelotão”, relata o Tenente de ROTA Soares. O nome dessa rua, 'Esperança', não podia ser menos adequado em função do cenário que os PMs iriam encontrar em poucos…

Para "comemorar aniversário", PCC planeja matar juiz, procurador, delegado e agentes

dia 31 de agosto, data em que a facção criminosa faz aniversário de 24 anos. O PCC (Primeiro Comando da Capital) planeja matar um juiz federal, um procurador da República, um delegado federal e pelo menos quatro agentes penitenciários de Porto Velho (RO) até o
A maior facção criminosa do país já matou três agentes penitenciários federais, entre setembro de 2016 e maio deste ano, de acordo com investigações da PF (Polícia Federal). Para executar os atentados, o PCC criou células de inteligência que, entre outras ações, monitoram a rotina dos agentes públicos escolhidos como alvos.
A informação sobre a possibilidade de novos assassinatos consta em ofício assinado pelo diretor do presídio federal de Porto Velho, Cristiano Tavares Torquato, a cujo conteúdo o UOL teve acesso com exclusividade. O documento foi encaminhado no último dia 17 de agosto ao superintendente regional da Polícia Federal de Rondônia, Araquém Alencar Tavares de Lima. A reportagem confirmou a veracidad…

Polícia Civil decide hoje se cruza os braços a partir de amanhã

Executivo local reforça que, neste ano, não tem dinheiro para pagar o reajuste salarial pleiteado pelos agentes.Policiais civis podem entrar em greve ou interromper serviços essenciais para a população a partir de amanhã. Em uma assembleia com indicativo de greve, marcada para as 14h de hoje, a categoria deve decidir o que fazer para pressionar o governo a conceder o reajuste salarial pleiteado desde o ano passado. Eles reivindicam a manutenção da paridade salarial com a Polícia Federal, que conseguiu reajuste de 37% parcelado em três anos.

Na semana passada, policiais civis se reuniram com o chefe da Casa Civil, secretário Sérgio Sampaio; a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos; o secretário interino de Fazenda, Wilson de Paula, além dos deputados distritais e agentes da Polícia Civil Wellington Luiz (PMDB) e Claudio Abrantes (sem partido) e o deputado federal Roney Nemer (PP-DF). O deputado distrital Wasny de Roure mandou representante.
Durante o encontro, o Exec…

Vaccarezza é preso em nova fase da Operação Lava Jato em São Paulo

Ex-deputado, que deixou o PT, foi líder dos governos Lula e Dilma. Segundo o MPF, ele recebeu a maior parte de um total de propina que soma US$ 500 mil. O ex-líder dos governos Lula e Dilma na Câmara dos Deputados Cândido Vaccarezza, que deixou o PT, foi preso nesta sexta-feira (18) em São Paulo. Ele é alvo da Operação Abate, uma das duas novas fases da Operação Lava Jato deflagradas nesta manhã. A prisão é temporária, válida por cinco dias. Por volta das 9h, Vaccarezza estava em casa sob custódia da PF. Ele deve seguir para Curitiba ainda nesta sexta. O G1 tenta contato com a defesa do ex-deputado, com PT e com as empresas citadas. Principais pontos das investigações Ações apuram o favorecimento de empresas estrangeiras em contratos com Petrobras. Operação Abate investiga fraudes no fornecimento de asfalto para a Petrobras por uma empresa norte-americana, entre 2010 e 2013. Funcionários da Petrobras, o PT e, principalmente, Cândido Vaccarezza teriam recebido propinas que somam US$ 5…

PM morre ao ser atingido por caminhonete e motorista alega ter comido bombom de licor em SP

Acidente ocorre na Rodovia Rio-Santos, em Bertioga, litoral paulista. Um policial militar aposentado morreu ao ser atingido por um veículo na Rodovia Rio-Santos, em Bertioga, no litoral de São Paulo, na noite de quarta-feira (17).  A vítima estava em uma motocicleta, que foi lançada para um matagal após a colisão. O acidente ocorreu no Km 206, segundo informações da Polícia Militar Rodoviária (PMR). O motociclista foi atingido por uma caminhonete, que seguia em sentido contrário. Ele foi lançado para as margens da rodovia e ficou gravemente ferido com o impacto.
Adilson Gonçalves Souza Cardoso, de 49 anos, foi socorrido às pressas para o Pronto-Socorro de Bertioga, mas morreu ao dar entrada na emergência da unidade de saúde. O condutor do carro que o atingiu, um homem de 36 anos, permaneceu no local do acidente após o ocorrido. Testemunhas disseram à polícia que flagraram o motorista realizando ultrapassagens na pista antes do acidente. Na caminhonete, os agentes localizaram garrafas e …