Pular para o conteúdo principal

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 


PolíciaBR apóia:

VERDADES OU MENTIRAS, VEJA O VÍDEO E TIRE SUAS CONCLUSÕES.

Adriana Borgo, Presidente da AFAPESP, convidada especial do Programa "OPINIÃO AGORA"  entrevista gravada em Piracicaba. Fala sobre os direitos dos Policiais Militares e o descaso do Governador Geraldo Alckmin com a Segurança Pública.

Veja a entrevista completa em vídeo, tire suas conclusões e comente, sua opinião é muito importante para todos nós!


VERDADES E MENTIRAS ADRIANA BORGO FALA SOBRE A... por policialbr
Devido um erro de digitação o vídeo esta intitulado "VERDADES E MENTIRAS ADRIANA BORGO FALA SOBRE A PMESP"  o correto é 'VERDADES OU MENTIRAS ADRIANA BORGO FALA SOBRE A PMESP" - DESCULPEM NOSSA FALHA!


Vídeo sem edição
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=cJLsxhTSsNA

Comentários

  1. nao entendi bem, mas oficial não é militar? oficial pode morrer praça não? senhores vamos lutar todos juntos, a discussão deve ser aberta a todos e todos juntos devem buscar os direitos, tem idiotas em todas as esferas, e esses idiotas devem ser expurgados, não adianta dividir entre oficias e praças, entre PM e PC, devemos lutar pelo bem comum, não entendo divisões...........

    ResponderExcluir
  2. SÓ VERDADES, VERDADE E MAIS VERDADES.

    ResponderExcluir
  3. Da forma que ela fala parece que é tudo igual, generalizou. Existem alguns assim mesmo mas não são todos os oficiais iguais, tem muitos praças que são piores que os oficiais. Não concordo com esta senhora.

    ResponderExcluir
  4. O que ocorre na realidade e muitas pessoas não veem é que a pm quando faz a seleção de pessoas no perfil, dentre outras qualidades, ela escolhe pessoas com perfil de liderança e lideres não gostam de serem comandados, lideres querem liderar e dentro da hierarquia você tem sempre alguém acima e assim os conflitos aparecem.

    ResponderExcluir
  5. Não generalizou não. Todos nós conhecemos a Policia Militar. estou aqui há 29 anos, sou quase um Oficial, pois me aposento daqui há alguns dias, pois sou Subtenente. O que vemos, todos os dias sem excessão, é os praças, nós, tratados como "peões" e os Oficiais como aristocratas, "sangues-azuis", envoltos em uma redoma de orgulho, intocáveis e "superiores", em todos os falsos sentidos. É a pura verdade. quem os defende, aqui, ou são puxa-sacos ou são desta ordem do Oficialato, que funciona como uma maçonaria, ou seja, um grupo fechado e intransponível, que vivem às custas de nós praças e são todos muito bem renumerados sem, entretanto, arriscar a vida, pois a maioria absoluta não exerce a atividade fim, que é ir às Ruas.

    ResponderExcluir
  6. eita laiá! Acho que agora encontramos alguém que realmente se preocupa com as policias e suas administrações. Tomara Deus que essa muié tenha muita saúde, sabedoria e força pra lutar e conquistar o reconhecimento tão sonhado dos policiais

    ResponderExcluir
  7. Parabéns Adriana borgo!!!!! Falou quase tudo que acontece na PMESP... PARABÉNS. HÁ você que não concorda com esta senhora, é porque você é OFICIAL e vive no mundo de BOBY>>>>Acorda para realidade.

    ResponderExcluir
  8. valeu muito, boa ação desta combatente engajada para poder falar o que pensamos é uma luz no túnel devemos nos desprender dos temores e começar a pagar o preço se for o caso, sou reformado devemos nos apresentar sem o anonimato pois só assim é possível a opinião publica a qualquer momento desse chegar ao verdadeiro entendimento do que acontece desse governo covarde covarde covarde faz com muito gozo essa perseguição politica sendo com muito gosto o chicote do diabo.

    ResponderExcluir
  9. FALOU MUITO BEM,AGORA SE FIZER QUEIXA CONTRA UM OFICIAL? AI O PRAÇA VAI PARAR NAS BARRANCAS DO RIO PARANÁ OU MELHOR; 1 PALMO E 4 DEDOS DO MAPA,,ISSO EU FALO COM TODA CERTESA POIS ACONTEÇEU COMIGO QUANDO ESTAVA NA ATIVA, E DISSO NÃO TENHAM DUVIDAS,

    ResponderExcluir
  10. Para quem assistiu a reportagem , agóra é só pensar em 2014 próxima Eleição, vamos dar o troco para esse Governo que vem massacrando as Policias Civil e Militar de São Paulo e colocando a População a mercê do crime ,está na hora de dar um basta, fora PSDB.

    ResponderExcluir
  11. os governantes descobriram que separando as policias as enfraqueceriam e assim o fizeram e deu certo e tá dando certo e ninguem viu isto estamos brigando entre nós mesmos e o governo assistindo de camarote e pensando quando eles acordarem no minimo já sera o proximo governo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do site PolicialBR, elas obedecem os princípios da liberdade de expressão.

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

Postagens mais visitadas deste blog

Banco Santander perde mais de 20 mil clientes em dois dias, após exposição pornográfica

Santander investiu quase R$ 1 milhão com Lei Rouanet em exposição que faz apologia à pedofilia Segundo o site do Ministério da Cultura, o banco Santander investiu quase 1 milhão de reais, usando os benefícios fiscais da Lei Rouanet, na criminosa exposição Queermuseu, sediada no prédio da fundação Santander Cultural na cidade de Porto Alegre. Entre as ditas obras expostas no lugar, sob o pretexto da defesa dos direitos dos homossexuais, vê-se imagens que configuram os crimes de apologia à pedofilia e ultraje a fé cristã, como divulgada em várias páginas nas redes sociais.
Não demorou muito para as paginas oficiais do Banco receberem milhares de críticas  dos próprios clientes que decidiram encerrar suas contas no banco ao todo em péssima avaliação foram mais de 22 mil e a cada hora o numero aumenta. Uma das paginas chegou a retirar as avaliações para evitar que as pessoas vissem que o banco esta com péssima qualidade.
Veja os vídeos
Fonte Folha Online

Com 1 milhão da Lei Rouanet, Santander Cultural promove exposição violando Santidade de Jesus e incentivando pedofilia.

Santander investiu quase R$ 1 milhão com Lei Rouanet em exposição que faz apologia à pedofilia. Segundo o site do Ministério da Cultura, o banco Santander investiu quase 1 milhão de reais, usando os benefícios fiscais da Lei Rouanet, na criminosa exposição Queermuseu, sediada no prédio da fundação Santander Cultural na cidade de Porto Alegre. Entre as ditas obras expostas no lugar, sob o pretexto da defesa dos direitos dos homossexuais, vê-se imagens que configuram os crimes de apologia à pedofilia e ultraje a fé cristã, como divulgada em várias páginas nas redes sociais. No link do site do Ministério da Cultura a seguir, você confere o processo de concessão do benefício fiscal da Lei Rouanet da grana que o Banco Santander usou para financiar a exposição, o que significa que a instituição financeira não recolheu impostos sobre esse valor: Veja aqui

Veja os vídeo sobre assunto:










Matéria atualizada em 13SET17 FOLHA DE SÃO PAULO Após protesto, mostra com temática LGBT em Porto Alegre é canc…

Tardia e justa promoção, 25 anos depois, PMs do que atuaram no Carandiru são promovidos por mérito.

Três réus pelo massacre trocaram de patente. Secretaria não explica critério. Vinte e cinco anos após o massacre do Carandiru, ocorrido em 2 de outubro de 1992, ao menos três policiais militares da ativa, réus pela chacina que resultou na morte de 111 detentos, tiveram suas últimas promoções por "merecimento".  Para trocar de patente — e consequentente ter um nível hierárquico mais alto e uma remuneração-base maior —, policiais militares podem ser promovidos por "merecimento" ou por "tempo de serviço". De acordo com o Diário Oficial do Estado de 15 de dezembro de 2016 — dois meses após serem anulados os quatro júris que condenaram 74 policiais pelo massacre —, Jair Aparecido Dias dos Santos foi promovido por merecimento de 1º sargento a subtenente. O policial é um dos 15 réus pela invasão do terceiro andar do Pavilhão 9 da Casa de Detenção. Oito presos foram mortos no andar. Um ano e meio antes, em 2015, quando a condenação ainda não havia sido revogada …