Pular para o conteúdo principal

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 


PolíciaBR apóia:

“Se praça for preso, interior aquartela na Capital”, avisa presidente da ACS

O presidente da ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, afirmou que, caso algum praça da Policia Militar sofra represálias por parte de algum oficial durante o regime de aquartelamento, “todo o interior será convocado para aquartelar na Capital”. 
“Todo o corpo jurídico da entidade está a disposição dos militares, sócios e não-sócios. Se algum praça for preso ou sofrer alguma represália por aderir ao aquartelamento, todo o interior será convocado para aquartelar na Capital”, garantiu, durante conversa com militares na Assembleia Legislativa.
O aquartelamento começou, oficialmente, às 8h de hoje. Os policiais que assumiriam serviço neste horário foram direto para o Comando Geral da PM e, de lá, partiram rumo a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, onde conseguiram barrar a votação do projeto do Executivo com os novos vencimentos dos cabos e soldados da corporação.
Antes, Edmar se reuniu com o presidente do legislativo estadual, deputado Jerson Domingos (PMDB), e com representantes do Executivo. Uma nova proposta do Governo pode ser feita ainda na tarde de hoje. Assim, a assembleia poderá será convocada para a manhã de quarta-feira (22).
“É bom que seja uma proposta convincente, que possa ser levada para a tropa. Caso contrário, o aquartelamento continua e esse reajuste de 5% eu vou, pessoalmente, entregar mensalmente ao governador (André Puccinelli). Para mim não serve, então deve servir para ele”, disparou.
Praças lotados em diversas companhias e pelotões de Campo Grande aderiram ao movimento. Por conta disso, oficiais estão sendo obrigados e conduzir viaturas. No interior, conforme levantamento das Regionais da ACS, a adesão também é maciça.
Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa
(Ronda)

Comentários

  1. Tá vendo Cabo Wilson è assim que tem que ser, por favor copia os feitos do Presidente. Edmar do Mato Grosso do Sul e, apoiar seus associados. A Policia Militar do Estado de São Paulo é a mais perseguida do Brasil, e vc e sua diretoria só servem para sentar em suas poltronas confortáveis e, preencher os cargos chamados cabides de empregos, permanecendo décadas com diretores, estão dizendo que você será candidato a Deputado Estadual, com essa postura nem a síndico do próprio prédio do ACSPMESP. Aceite meu conselho faça alguma coisa em prol de sua classe, antes que seja tarde demais.

    ResponderExcluir
  2. se acha que o cb wilson e sua diretoria vão apoiar uma greve, só quando galinha tiver dente, acham que eles vão perder as mordomias, acham que vão contra o cmdo da PM, trouxa e otário é quem paga essa associação, eles são tucanos , sempre foram tucanos, o mesmo tempo que os tucanos governam o estado de SP eles apoiam, outra sabem quando os sócios vão voltar a receber os quinquênios e sexta parte, será o mesmo tempo que as galinhas vão ter dentes, ou seja nunca, ele e sua diretoria são manipulados pelo governo e pelo cmdo da PM. são farinha do mesmo saco, prova é o acordo safado que ele fez com essa incorporação do ALE, querem apostar que próximo das eleições ele, governador vai incorporar os outros cinquenta por cento para enganar os trouxas, ai sabe quando vão receber os atrasados, nuncaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.

    ResponderExcluir
  3. O CABO WILSON E SUA DIRETORIA INCLUINDO TODAS AS REGIONAIS, JAMAIS FARA ALGO EM FAVOR DOS PRACAS NUNCA CONFRONTARAO O GOVERNO, SABEM PORQUE; SEUS TELHADOS SAO DE VIDRO NAO VAO LARGAR AS MORDOMIAS DESTA ASSOCIACAO PROVA DISTO SAO OS MAIS DE VINTE ANOS QUE EESTAO NO PODER E NAO QUEREM SAIR, SERA POR AMOR A PATRIA, NAO RECEEBEM NADA, OU ESTOU ENGANADO;QUERO VER QUAL A ATITUDE DESTE CABO DIANTE DA PROPOSTA DO GOVERNO DE SAO PAULO, EM PAGAR RECOMPENSA AO POLICIAL QUE DIMINUIR A CRIMINALIDADE NA SUA AREA DE ATUACAO, ASSIM COMO NO VLHO OESTE.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do site PolicialBR, elas obedecem os princípios da liberdade de expressão.

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

Postagens mais visitadas deste blog

Banco Santander perde mais de 20 mil clientes em dois dias, após exposição pornográfica

Santander investiu quase R$ 1 milhão com Lei Rouanet em exposição que faz apologia à pedofilia Segundo o site do Ministério da Cultura, o banco Santander investiu quase 1 milhão de reais, usando os benefícios fiscais da Lei Rouanet, na criminosa exposição Queermuseu, sediada no prédio da fundação Santander Cultural na cidade de Porto Alegre. Entre as ditas obras expostas no lugar, sob o pretexto da defesa dos direitos dos homossexuais, vê-se imagens que configuram os crimes de apologia à pedofilia e ultraje a fé cristã, como divulgada em várias páginas nas redes sociais.
Não demorou muito para as paginas oficiais do Banco receberem milhares de críticas  dos próprios clientes que decidiram encerrar suas contas no banco ao todo em péssima avaliação foram mais de 22 mil e a cada hora o numero aumenta. Uma das paginas chegou a retirar as avaliações para evitar que as pessoas vissem que o banco esta com péssima qualidade.
Veja os vídeos
Fonte Folha Online

Com 1 milhão da Lei Rouanet, Santander Cultural promove exposição violando Santidade de Jesus e incentivando pedofilia.

Santander investiu quase R$ 1 milhão com Lei Rouanet em exposição que faz apologia à pedofilia. Segundo o site do Ministério da Cultura, o banco Santander investiu quase 1 milhão de reais, usando os benefícios fiscais da Lei Rouanet, na criminosa exposição Queermuseu, sediada no prédio da fundação Santander Cultural na cidade de Porto Alegre. Entre as ditas obras expostas no lugar, sob o pretexto da defesa dos direitos dos homossexuais, vê-se imagens que configuram os crimes de apologia à pedofilia e ultraje a fé cristã, como divulgada em várias páginas nas redes sociais. No link do site do Ministério da Cultura a seguir, você confere o processo de concessão do benefício fiscal da Lei Rouanet da grana que o Banco Santander usou para financiar a exposição, o que significa que a instituição financeira não recolheu impostos sobre esse valor: Veja aqui

Veja os vídeo sobre assunto:










Matéria atualizada em 13SET17 FOLHA DE SÃO PAULO Após protesto, mostra com temática LGBT em Porto Alegre é canc…

Tardia e justa promoção, 25 anos depois, PMs do que atuaram no Carandiru são promovidos por mérito.

Três réus pelo massacre trocaram de patente. Secretaria não explica critério. Vinte e cinco anos após o massacre do Carandiru, ocorrido em 2 de outubro de 1992, ao menos três policiais militares da ativa, réus pela chacina que resultou na morte de 111 detentos, tiveram suas últimas promoções por "merecimento".  Para trocar de patente — e consequentente ter um nível hierárquico mais alto e uma remuneração-base maior —, policiais militares podem ser promovidos por "merecimento" ou por "tempo de serviço". De acordo com o Diário Oficial do Estado de 15 de dezembro de 2016 — dois meses após serem anulados os quatro júris que condenaram 74 policiais pelo massacre —, Jair Aparecido Dias dos Santos foi promovido por merecimento de 1º sargento a subtenente. O policial é um dos 15 réus pela invasão do terceiro andar do Pavilhão 9 da Casa de Detenção. Oito presos foram mortos no andar. Um ano e meio antes, em 2015, quando a condenação ainda não havia sido revogada …