Pular para o conteúdo principal

Rádio PolicialBR 24 horas com você. Notícias e entretenimento.

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

PEC300 A BATALHA FINAL - PRESIDENTE DO SENADO E DA CÂMARA SÃO FAVORÁVEIS A ELA.

Senador Renan Calheiros, presidente do Senado
Desde sua propositura a pec300 vem sendo alvo de intermináveis discussões, traições, aproveitadores e com muita luta e sacrifício o “cerco” foi se fechando e a “batalha final” esta por vir, não tardará a luz dos olhos de bravos guerreiros que, desde o inicio, estão na luta por uma Segurança Pública a altura de nossa Pátria Amada, Brasil!
Vejam onde exatamente a fivela encontra o cinto e o cerco se fecha.
O senador Renan Calheiros, presidente do Senado, é autor da pec446 que aglutinou a pec300, valendo a pec446 que deve ser pautada e votada, lembrando que a pec446 já foi votada em dois turnos no Senado e a pec300 foi votada em primeiro turno na Câmara, aglutinada basta ser votada na Câmara e sendo aprovada não depende de sanção Presidencial entrando em vigor imediatamente, se aprovada.
O Senado, grosso modo, representa os interesses dos estados e a Câmara, os interesses do povo, agora vamos apertar o cinto para fecharmos o cerco, vejam; Sendo o presidente do Senado senador Renan Calheiros autor da pec446 já aprovada naquela Casa em primeiro e segundo turno e o presidente da Câmara deputado Henrique Eduardo Alves, quando era líder, assinou o requerimento para incluir na pauta e votar a pec300 em segundo turno, assumiram de público o compromisso com o povo brasileiro.
O presidente do Senado, senador Renan Calheiros e presidente da Câmara deputado Henrique Eduardo Alves, sob pena de ficarem em uma situação ruim em termos de imagem de homens públicos e de palavra diante dos compromissos já firmados de público, como poderiam negar a pec300 e deixar de pautá-la para votação, afinal de contas o que se quer no momento é a votação, se vai ser aprovada ou não é outro assunto, negar votar um Projeto de Emenda Constitucional é no mínimo uma afronta a democracia, um desrespeito àqueles que com lagrimas, sangue e suor lutaram pela democracia. O  que resta agora é vencer na “batalha final” as “forças ocultas” e fazer valer o título de País democrático ostentado perante o mundo, evitando-se um labéu à Nação.
O cerco esta fechado, A VITÓRIA CAMARADAS... e que vença a democracia!

INTEGRA

Comunidade dos policiais e bombeiros do Brasil


TEMOS A HONRA DE DESTACAR O COMENTÁRIO DO SUB TEN CLÓVIS, IDEALIZADOR DA PEC300.

Comentários

  1. Clovis de Oliveira3 de maio de 2013 12:54

    Companheiros de luta pela aprovação da PEC 300, a vitória está próxima, afasta-se dos pensamentos pessimistas, vamos acreditar e lutar pela aprovação da PEC 300, para que possamos ter salario digno, que servirá de incentivo ao combate ao crime e, devolver a confiança ao cidadão brasileiro, que clama por melhor segurança. Deis do momento que idealizei a PEC 300, sempre acreditei e, agora mais de que nunca, com a união dos companheiros Policiais Militares e Bombeiros Militares de todos os Estados brasileiros, vamos aproveitar o momento da aproximação das eleições, para que de uma só voz exigir que a PEC seja pautada e aprovada. Um forte abraço e, com muita fé em Deus vamos pedir ao Criador para que tudo de certo.

    ResponderExcluir
  2. Sgt Ref Matheus - Paraíba3 de maio de 2013 14:09

    Agora é hora de união, muita união entre o bravos que acreditam e lutam pela pec300, deixemos as botas para serem engraxadas pelos pessimistas e covardes, a luta, a vitória final que é a aprovação da pec300.

    ResponderExcluir
  3. o problema e o seguinte policia perto imcomoda longe faz falta, mais quando chega as eleições todo mundo fica amigo dos policiais, espero em Deus que ela consiga entrar em votação e tenho a certeza que sera aprovada e nas proximas eleições vamos votar consiente votar no projeto que tenha conteudo.

    ResponderExcluir
  4. Cap Res Monteiro3 de maio de 2013 16:06

    Lindas palavras, com propriedade e conhecimento de causa, A VITÓRIA CAMARADAS...Lutar sempre desistir jamais!

    ResponderExcluir
  5. GOSTARIA MUITO DE ACREDITAR NESSAS BELAS PALAVRAS DESSES COMPANHEIROS QUE DERAM AS COSTAS A CHIBATA....GOSTARIA MUITO MESMO DE ACREDITAR,,MAS É SÓ VER QUE ESTA LOGO AI AS ELEIÇÕES E TEM MUITO POLITICO SE BENEFICIANDO COM ISSO,,,VAMOS AGUARDAR MAIS UM POUCO OU MAIS UNS ANOS COMO SEMPRE.

    ResponderExcluir
  6. em época de eleições só se vê as belas palavras, após as eleições cai no esquecimento, não sou mais otário, só voto se a PEC 300 for votada e comece a vigorar antes das eleições de 2014, do contrario sera mais um passa moleque, engana trouxa, dar gargalhadas nas caras dos PMs e BMs, não vamos cair mais nessa, ou é agora, ou voto nulo, chega de palhaçada.

    ResponderExcluir
  7. maior que Deus niguem eu acredito pec 300

    ResponderExcluir
  8. "O presidente do Senado, senador Renan Calheiros e presidente da Câmara deputado Henrique Eduardo Alves, sob pena de ficarem em uma situação ruim em termos de imagem de homens públicos e de palavra diante dos compromissos já firmados de público".
    Desde quando estes nobres senhores se importam com a imagem ruim diante do público?
    Mais uma vez nossos policiais estão sendo ludibriados! Todos sabem que a PEC 300 somente serve para arrecadar votos as vésperas de anos eleitorais. Isso mesmo policiais, caiam na lábia desses políticos, engulam suas mentiras e manobras, e verão no próximo ano a tão esperada PEC 300 ser engavetada novamente para ser lembrada novamente após quatro anos.

    ResponderExcluir
  9. vamos nos atentar para a ida ao congresso e juntos lutaremos pela nossa pec.

    ResponderExcluir
  10. confiar em homens,é difícil mas vamos confiar em DEUS,mesmo que eles não queiram,DEUS fara cumprir

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde a todos meus amigos e companheiros policiais civis, militares e bombeiros de todos os Estados, galera não se preoculpem não. Hoje temos um coantigente maior que os das forças armadas. Só a Policia militar já comportar um contigente maior qude todas forças federais juntas. Tanto é verdade, que se uns dez estados fizerem uma greve simultaneamente, ar forças federais não terão como parar essa greve. Sem contar que quem perde com isso são os policiticos. Temos obrigação de marcar os nomes desses politicos contrarios a pec 300 e não votarmos neles de forma alguma. Vamos criar a policia do brasil e colocarmos no congresso e senado pessoas que estejam comprometidas com a nossa policia e não aos imorais que só estão lá para nôs ludibriarmos com mentiras em sima de mentiras. É isso ai vamos lutar pela votação da pec 300 e vamos aprova la, ajudando os policiais ativos e inativos, principalmente aos inativos, que sofrem com gastos extras com remedios e tudo mais.
    Um forte abraço a todos e boa sorte.

    Carlos Augusto taquara Rio de janeiro

    ResponderExcluir
  12. e se a policia do rio e são paulo parar????????????? AI SIM APEC SERA APROVADA;;,,ESTE BLA BLA BLA QUE SUGUE AGORA, É SÓ ELEITORERA ISSO SIMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

    ResponderExcluir
  13. Político mente mais que bula de Biotônico. Neste cenário que se apresenta diante de vós, creiam que a procrastinação é a palavra de ordem. Urge mais a definição de quem é maior dentre os três poderes, ditos harmônicos e independentes.

    ResponderExcluir
  14. É SÓ VOTAR E APROVAR ANTES DAS ELEIÇÕES DAÍ A GENTE VOTA NELES. ANTES DISSO NADA FEITO,POIS JÁ TIVERAM TEMPO DEMAIS PARA APROVAR ESTA PEC.

    ResponderExcluir
  15. A VERDADE E QUE OS POLITICOS FAZEM O QUE QUEREM, NEM AS DECISÕES DO SUPREMO TRIBUNAL, SÃO CUMPRIDAS (REFORMA DOS POLICIAIS AOS 25 ANOS DE SERVIÇOS, ATE HOJE AINDA NÃO SE FEZ OS ESTADOS CUMPRIR. E INFELISMENTE, TEMOS AINDA POLITICOS ENVOLVIDOS COM TUDO QUE NÃO PRESTA, DO TIPO NOSSO GOVERNADOR DE SÃO PAULO. E POR ESTES MOTIVOS SABE QUANDO VÃO VOTAR A PEC 300. O DIA QUE POLITICOS COMO ESTES NÃO FOREM MAIS NADA. AI SIM PODE SER QUE APROVEM...

    ResponderExcluir
  16. PARA MIM ISTO É PAGAÇÃO, ESTÃO SÓ QUERENDO A ELEIÇÃO DE 2014, AGORA SE ELES QUISESSEM MESMO OBSTRUIA A PAUTA DE VOTAÇÃO DO SENADO E DA CÂMARA FEDERAL E VOTARIA EM DOIS TURNOS A PEC 300 NO SENADO E NA CÂMARA, MAS ISSO TUDO É USADO COMO MOEDA ELEITOREIRA, SÓ VOTO SE EM 2014 TENHA DEFINIDO S SITUAÇÃO DE VERDADE, ENQUANTO FICAR A DEFINIÇÃO CONCRETA PARA DEPOIS É SÓ PAGAÇÃO OU EM OUTRAS PALAVRAS ENGANAÇÃO.

    ResponderExcluir
  17. ñ temos que lutar e sim , exigir essa votação da pec 300 por sermos policiais do brasil ok!

    ResponderExcluir
  18. MEUS AMIGOS,NOVAMENTE ESTÃO SE APROVEITANDO DO MOMENTO INFELIZMENTE,VAMOS NOS UNIR E TIRAR ESSE PT DO GOVERNO,AINDA EXISTE UMA LUZ NO FINAL DO TUNEL...

    ResponderExcluir
  19. então se vocês receberem esse aumento exorbitante os corruptos vão virar honestos? vão parar de abusar do poder de policia? qual policial nunca agrediu alguém injustamente? por favor, a ultima vez que precisei da policia ela me enrolou até ir embora porque tava perto da troca de turno. vocês não merecem esse aumento! Só espero agora não ser assassinado misteriosamente e que esse comentário discordante seja aceito, porque só vejo apoio e poesia nos que foram escritos até agora, feitos,na minha opinião, somente pelos que irão se beneficiar.

    ResponderExcluir
  20. Eu acredito na PEC 300 coo acredito na PEC 195/2006, só chegaremos lutando....Valeu Sub Clóvis.....Sgt Edison SP

    ResponderExcluir
  21. o negócio é o seguinte pessoal, nós somos policiais estaduais do BRASIL PORTANTO , ñ podemos ADMITIR que NINGUÉM NOS FAÇAM de PALHAÇOS Ñ PODE ACONTECER MAIS ISSO:- eleiçóes e PROMESSA CHEGA !!!!! SOUBE VI no FACEBOOK que , dia 11/06/2013 p/ ESTARMOS LÁ em BRASILIA DF ÀS 09:00 é para levar água que , nada somente levar agua o negócio também força de policia bem como só saímos no caso se eu pudesse ir mas , infelisnente estou dependente mas também ñ será mais por isso eu Ñ vou PODER ir ñ VAI DÁ, MESMO mas , E SÓ SAIR de lá defronte com A VOTAÇÃO E APROVAÇÃO do viável e termos justiça . Eu sdrefpm Maurílio Bezerra dá Silva a fonte que vi foi da associação dos policiais do brail ANMB

    ResponderExcluir
  22. Que o Senado e a Câmara aprove a PEC 300 aglutinada com a PEC 446 para que os Policiais Militares e os Bombeiros de todo o Brasil tenha salário digno, pois eles enfrentam diariamente o perigo maior, enfrentam a própria morte para prestar serviços à comunidade e nos dar segurança, eles são merecedores de terem salários altos e bons, são eles que correm sérios riscos.

    Que essas PECs venham trazer mais valorização para estes profissionais tão valiosos.

    Nadir Rosa

    ResponderExcluir

Postar um comentário

ANTES DE ESCREVER LEIA COM ATENÇÃO: Palavras de baixo calão, racismo, ofensas, ameaças e tudo mais de não estejam de acordo com os bons costumes e as leis vigentes não será aprovado. Expressão do pensamento é um direito Constitucional, expresse o seu com educação e propriedade. Os comentários publicados não traduzem a opinião do blog. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate dos problemas brasileiros e mundiais e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo. O IP do comentarista fica arquivado e pode ser fornecido por Ordem Judicial.

| Mais Acessados na Última Semana |

Usar arma de uso restrito com porte ilegal agora é crime hediondo

Aprovada urgência para projeto que torna crime hediondo o porte ilegal de armas de uso restrito O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 332 votos a 7 e 2 abstenções, o regime de urgência para o Projeto de Lei 3376/15, do Senado, que torna crime hediondo a posse ou o porte ilegal de arma de fogo de uso restrito das forças policiais e militares. Após a votação, a sessão ordinária foi encerrada. Projeto de Lei do Senado nº 230, de 2014, de autoria do Senador Marcelo Crivella, constante dos autógrafos em anexo, que “Altera a Lei nº 8.072, de 25 de julho de 1990, para incluir o crime de posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito no rol dos crimes hediondos”. A Lei 8.072/90 define como hediondos os crimes de homicídio praticado por grupo de extermínio; homicídio qualificado; latrocínio; genocídio; extorsão qualificada por morte; extorsão mediante sequestro; estupro; disseminação de epidemia que provoque morte; falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto …

Deputado capitão Augusto requer moção de repúdio contra Secretário de Segurança Pública e Governador de São Paulo Geraldo Alckmin

DEPUTADO CAPITÃO AUGUSTO REQUER MOÇÃO DE REPÚDIO CONTRA O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA DE SÃO PAULO E CONTRA O GOVERNADOR POR TANTO DESRESPEITO ÀS LEIS E AOS POLICIAIS MILITARES DE SÃO PAULO
O Deputado Capitão Augusto entrou hoje, 10, com dois Requerimentos de Moção de Repúdio contra o Secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, e contra o Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, por desrespeitar as leis e aos policiais militares. Essas moções fazem parte de uma série de medidas que o parlamentar está adotando para tornar público as medidas descabíveis desse governo contra os policiais militares e a segurança pública do país, e para que entendam que tudo tem um limite. A categoria não vai tolerar mais tanto descaso e desrespeito. O Deputado estará revelando ao país e ao mundo que Alckmin não serve para governar o país, deve ser ignorado e descartado como candidato à Presidência da República. CAPITÃO AUGUSTO conclama os militares e familiares a somarem esforços para…

Policiais e bombeiros militares não sabem a força que tem

Deputado Federal Capitão Augusto orienta os militares de São Paulo sobre a força política da classe
Por mais que façamos aqui pela Câmara dos Deputados, aprovando projetos dando mais direitos e garantias aos policiais e não deixando ser aprovado nenhum projeto que os prejudique, a grande reivindicação que recebo dos policiais refere-se a questão do aumento salarial.
Infelizmente Deputados não podem apresentar projetos que gerem despesas para o executivo, então está fora de nossa competência atender essa solicitação, o que nos resta é cobrar (e muito) do governador e fazer articulação para que ele conceda o tão esperado aumento salarial.
Hoje temos força política para eleger representantes para Assembleia Legislativa, Câmara dos Deputados e para todos cargos nas eleições municipais. Está na hora de influenciarmos as eleições para Governador e Senador, um que reconheça nosso valor, ou ficaremos fadados a apenas reclamar nos bastidores.
Nós podemos muito mais que isso! Somos quase 150.000 po…

Qual a responsabilidade que a sociedade civil possui na segurança pública?

Policiais militares foram assassinados por criminosos neste fim de semana; secretário de Segurança do Rio pediu mudanças no sistema judiciário Neste final de semana dois Policiais Militares foram assassinados no Rio de Janeiro: a Cabo PM Elisângela Bessa Cordeiro, com um tiro na cabeça disparado por um menor, e o Soldado PM Samir da Silva Oliveira, com um tiro no pescoço disparado por um fuzil de combate.
Qual é a pena para o menor assassino da PM ? Em média oito meses. Qual é a pena para quem porta um fuzil? Três anos. Como se isso já não fosse suficientemente patético, nossa legislação acrescenta o insulto à injuria ao prever a concessão do beneficio da progressão de pena, fazendo com que o criminoso cumpra apenas 1/6 da pena, ou seja, o guerrilheiro urbano que porta uma arma de uso restrito do Exército, pode estar solto em seis meses.
Quem é o responsável por essa baderna? Você que está lendo este artigo e eu que o escrevi. Somos nós que consistentemente fazemos o mesmo erro de ele…

Leis desestimulam policiais e bombeiros militares a exercerem plenos direitos políticos.

Deputado federal capitão Augusto luta para acabar com injustiças políticas que sofrem os policiais militares e bombeiros do Brasil Até mesmo politicamente os policiais ele são injustiçados. Em tempos onde a representatividade política se faz de extrema necessidade e, do soldado ao coronel, buscam eleger seus representantes da mesma forma que outras categorias, Leis desestimulam a participação efetiva na política Nacional dos policiais e bombeiros militares. Com uma democracia atrasada em relação a outros países o Brasil ainda tem mecanismos para desestimular a elegibilidade dos policiais e bombeiros militares. Buscando corrigir estas injustiças o deputado federal capitão Augusto busca direitos políticos e de elegibilidade aos policiais militares e bombeiros. Um policial ou bombeiro militar se candidatando a cargo eletivo com menos de dez anos de serviço é exonerado e com mais se eleito também é exonerado, sendo aposentado com o tempo proporcional ao que trabalhou. Ouça entrevistas co…