Pular para o conteúdo principal

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

Criminosos ateiam fogo em mais ônibus de Joinville, Norte de SC

Um ônibus coletivo de Joinville, Norte de Santa Catarina, foi incendiado por criminosos na noite de quinta-feira (23) no bairro Bom Retiro nesta terceira onda de atentados. De acordo com a Polícia Militar da cidade, três jovens entraram no ônibus, mandaram que todos os ocupantes saíssem e atearam fogo. A PM está investigando o crime para saber se está relacionado com a facção criminosa envolvidas nas duas primeiras ondas de violência no estado.
A PM confirmou dois atentados relacionados à facção criminosa nesta semana em Santa Catarina. Na segunda (20), dois homens incendiaram um ônibus coletivo em São José, na Grande Florianópolis, e entregaram dois DVDs gravados no Complexo Penitenciário de São Pedro de Alcântara. Na quarta (22), um homem incendiou uma moto em Gaspar, no Vale do Itajaí, em troca de crack. De acordo com a polícia, o suspeito afirmou que recebeu ordens de traficantes da facção criminosa envolvida nas ondas de atentados.
Segundo o que foi apurado pela PM, o crime em Joinville ocorreu por volta de 23h40. O ônibus parou no ponto e embarcaram três jovens, aparentando ser adolescentes, sendo que um deles estaria armado. O motorista foi rendido e os criminosos mandaram todos os ocupantes desembarcarem. Os infratores estavam com duas garrafas pet de gasolina, que usaram para começar o incêndio.
Ainda segundo a PM, eles fugiram a pé e, a princípio, havia um automóvel Ômega de cor escura que os ajudou na fuga. Os policiais fizeram rondas, mas, até as 6h15 desta sexta-feira (24), ninguém havia sido preso.
Não houve feridos. Os bombeiros estiveram no local para fazer a contenção do fogo. Porém, quando chegaram, as chamas já haviam tomado o veículo, que teve perda total. Também estiveram no local autoridades que fizeram a perícia do crime. A polícia apura o caso para saber se há relação com facção criminosa. Os policiais acreditam que os criminosos possam ser oportunistas.
Entenda o caso
Desde a manhã de segunda-feira (20), Santa Catarina enfrenta uma nova onda de atentados. O primeiro foi em São José, quando dois homens incendiaram um ônibus coletivo e entregaram dois DVDs gravados no Complexo Penitenciário de São Pedro de Alcântara. Os DVDs contêm cerca de seis minutos de gravação. No material, um homem, que não se identifica, relata uma série de problemas que os detentos estariam enfrentando na penitenciária.
Na terça-feira (21), criminosos atiraram contra a Câmara de Vereadores de Itajaí. Na madrugada de quarta (22), uma caminhonete pegou fogo no Morro do Avaí, em São José. O primeiro caso não está confirmado como ataque, já que as investigações não foram concluídas e pode ser um crime político. O incêndio na caminhonete também não foi contabilizado. O proprietário do veículo não registrou queixa e acredita-se que tenha havido falha mecânica.
Na noite de quarta-feira (22), um ônibus foi incendiado no bairro Progresso, em Criciúma, no Sul de Santa Catarina. De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar, o chamado foi por volta das 22h40. Segundo inormações da corporação, o motorista do veículo disse ter sido abordado por um grupo de homens armados e mascarados que atearam fogo ao ônibus. Ainda de acordo com os bombeiros, quando a guarnição chegou ao local, o ônibus estava completamente em chamas.
Na manhã de quinta-feira (23), a Polícia Militar prendeu em flagrante um homem de 32 anos suspeito de colocar fogo em uma moto roubada em troca de crack em Gaspar, no Vale do Itajaí. Segundo a entidade, a ocorrência foi por volta das 20h de quarta-feira (22) no bairro Bela Vista. De acordo com a tenente-coronel Claudete, o suspeito afirmou à polícia que traficantes de uma facção criminosa pediram para que ele ateasse fogo na moto em troca de crack. (G1).

Comentários

  1. isso é uma revolta é um levante treinados por partidos politicos o pt nunca se pronumcia o comunismo é originariamente revolucionario

    ResponderExcluir
  2. NÓS SÓ TEREMOS LEIS REAIS PUNITIVAS E EDUCATIVAS O DIA QUE TIRARMOS ESSE BANDO DE MOLEQUES DA CAMARA DOS DEPUTADOS E SENADORES, OU O DIA QUE ELES SENTIREM NA PRÓPRIA CARNE AS ATROCIDADES QUE OCORREM NESSA TERRA SEM LEI.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do site PolicialBR, elas obedecem os princípios da liberdade de expressão.


| Mais Acessados na Última Semana |

AFAM: NOVIDADES SOBRE AÇÃO JUDICIAL DA INCORPORAÇÃO DE 100% DO ALE NOS VENCIMENTOS DOS POLICIAIS E BOMBEIROS DE SÃO PAULO

Agora já são em número de 05 as Câmaras de Direito Público a adotar esse entendimento. Novas e recentes decisões do Tribunal de Justiça de São Paulo, em Mandados de Segurança individuais, têm confirmado o entendimento de que a incorporação total do ALE ao Salário-Base (Padrão) é direito de todos os policiais militares. Em Acórdão de 11 de março de 2013, relativo à Apelação/Reexame Necessário nº. 0029083-82.2012.8.26.0053, assim se manifestou a 6 ª. Câmara de Direito Público do TJ/SP: “Assim, no caso do impetrante, policial em atividade, quinquênios, sexta-parte e RETP incidem sobre as vantagens efetivamente incorporadas, dentre as quais, a partir da LC nº 1.114/10, o ALE”.... http://www.afam.com.br/
Veja abaixo todas as novidades:






Com filho no colo, PM de folga reage a assalto e mata ladrões em farmácia; vídeo

Segundo informações em boletim de ocorrência, assaltante chegou a apontar arma para policial que segurava a criança. Dupla não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
Um policial militar de folga matou dois ladrões que tentaram assaltar uma farmácia no Jardim Paulista, em Campo Limpo Paulista (SP), na noite de sábado (18). O policial estava na farmácia com a mulher e com o filho pequeno no colo, quando os criminosos – um deles armado – entraram e anunciaram o assalto (veja no vídeo acima). De acordo com o boletim de ocorrência, logo que entrou na farmácia, um dos suspeitos apontou a arma em direção ao policial militar com a criança no colo. Na hora, o PM se identificou, sacou o revólver e deu ordem de prisão para os criminosos. No entanto, o suspeito passou a atirar contra o policial que, mesmo com o filho no colo, revidou os disparos, matando o ladrão armado e também o comparsa – que já havia rendido o gerente da farmácia, ainda segundo o boletim de ocorrência.A perícia técnica f…

Ministro Dias Toffoli recebe ACS e advocacia Pereira Martins no STF

No dia 16/11/2017, o Ministro Dias Toffoli recebeu em seu gabinete no Supremo Tribunal Federal (STF) o vice-presidente e o diretor Jurídico da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo (ACSPMESP), respectivamente Antonio Carlos do Amaral Duca e Marcelo A. Camargo, acompanhados do Dr. Eliezer Pereira Martinspara despacho que versou sobre o recurso extraordinário com repercussão geral 565089 –indenização pelo não encaminhamento de projeto de Lei de reajuste anual dos vencimentos dos servidores públicos (Tema 19 de repercussão geral – mora do Executivo – Art. 37, X da Constituição Federal). Na oportunidade, argumentou-se com o Ministro a peculiar condição de vulnerabilidade dos agentes públicos que são privados do direito à sindicalização e à greve, a exemplo dos policiais militares, destituídos que são de mecanismos de proteção legal em face de políticas governamentais de omissão em relação à reposição da inflação e os efeitos nefastos da corrosão do pod…

REVOLTA DA ASSOCIAÇÃO DOS CABOS E SOLDADOS DA PMESP COM GOVERNO ALCKMIN

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo luta contra uma mentira da Procuradoria Geral do Estado; e, infelizmente, endossada pelo Governador do Estado. Ocorre que a Procuradoria, por meio da suspensão da Tutela Antecipada nº 678 junto ao Supremo Tribunal Federal fez constar em sua petição o valor aproximado de R$ 1,5 bilhão. Em síntese, disse ao Presidente do STF, Exmo. Senhor Ministro Ayres Britto que o custo criaria uma lesão ao erário público, assim, permitiu suprimir verbas alimentares de Policiais Militares. Neste sentido, passamos a conhecer melhor o Governo Geraldo Alckmin.
O Governo do Estado tinha conhecimento que o Policial Militar recebia o recálculo retroativo a novembro de 2010 por intermédio de uma ação judicial; e que nunca se tratou de uma tutela antecipada mas sim, de cumprimento provisório de sentença, iniciado após o Tribunal de Justiça de São Paulo, na 2ª Instância, ter garantido a fórmula correta de cálculo da verba aos Policiais…

Policial civil é encontrada morta dentro de casa e com sinais de violência em Sorocaba

Corpo foi achado em imóvel no Jardim Novo Horizonte, na Zona Norte da cidade. Polícia trata o caso como homicídio, que será investigado. Uma policial civil foi encontrada morta dentro da casa, na manhã desta quinta-feira (16), no bairro Jardim Novo Horizonte, na Zona Norte de Sorocaba (SP). Esmarlei Demétrio da Silva tinha 56 anos, completados na terça-feira (14). Segundo informações da Polícia Civil, o corpo da vítima, que trabalhava no 4º Distrito policial de Sorocaba, foi encontrado com sinais de violência. O caso será tratado pela polícia como homicídio. Não há informações sobre suspeitos e a motivação do crime. Fonte: G1