Pular para o conteúdo principal

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

Alckmin chama de 'esperança' cartão que financiará tratamento de viciados

Famílias receberão R$ 1.350 mensais para custear despesas com clínicas.
Benefício faz parte de plano estadual de combate ao uso de drogas.
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta terça-feira (7) que o programa que vai ajudar a financiar o tratamento de dependentes químicos é a “esperança para as famílias dos usuários de drogas”. O benefício chamado de “Cartão Recomeço”, conforme publicado no site da revista Época nesta tarde, será lançado na quinta-feira (9) no Palácio dos Bandeirantes em São Paulo.
Em visita à Franca (SP) nesta terça-feira, Alckmin afirmou ao G1 que não teme críticas a respeito do programa. “Temos apoio integral. A família sofre com o dependente químico. Nós precisamos proporcionar esse atendimento pelo SUS de forma gratuita. Esse cartão é para a família. Não é um cartão para internar doente, e sim um cartão social”, disse.
Segundo ele, o “Cartão Recomeço” irá disponibilizar R$ 1.350 mensais para as famílias dos dependentes químicos que aceitarem o tratamento de forma voluntária. O dinheiro deverá ser usado exclusivamente no pagamento de clínicas credenciadas - escolhidas pelo governo por meio de edital - e especializadas na recuperação de usuários de drogas.
A princípio, 3 mil pessoas devem ser atendidas. Ao apresentar o cartão em uma das unidades, o usuário receberá o tratamento e o dinheiro será repassado do governo de São Paulo diretamente para a clínica credenciada. “O paciente precisa ter continuidade no tratamento. É preciso acompanhar a família, frequentar comunidades terapêuticas, ou seja, é um plano de vida. Isso é uma luz, uma esperança junto às famílias”, disse o governador.
A coordenação do programa será feita por um grupo gestor, comandado por Ronaldo Laranjeira, referência no atendimento de dependentes químicos e professor titular do departamento de Psiquiatria da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).
O programa prevê o credenciamento de clínicas em 11 cidades: Diadema, Sorocaba, Campinas, Bauru, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, São José dos Campos, Osasco, Santos e Mogi das Cruzes. O edital deve ser lançado nos próximos dias pelo governo.
Segundo dados de uma pesquisa da Unifesp, o Brasil é o maior mercado mundial do crack, onde 2% da população faz uso da droga, número equivalente a quase 3 milhões de pessoas. De acordo com o estudo, o Sudeste concentra 46% dos usuários. “Hoje, infelizmente, o Brasil é o maior consumidor mundial da droga. É uma questão epidêmica do ponto de vista de saúde pública e nós não podemos nos omitir. Por isso, vamos ajudar as famílias a superar essa dificuldade”, afirmou o governador.
Do G1 Ribeirão e Franca

Comentários

  1. Que maravilha R$1.350,00 e eu que trabalho desde os 12 anos de idade, 25 na PMESP, casado 3 filho, 45 anos de idade, arriscando minha vida e ser contaminado com todo tipo de doenças transmissíveis ganho R$2.500,00 por mês. CADE O AUMENTO SALARIAL ALCKMIN, CADE A VALORIZAÇÃO QUE TANTO SE FALA NA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO?????????

    ResponderExcluir
  2. É UM GOVERNO VADIO MESMO - VALORIZAR QUEM FAZ O BEM NINGUÉM QUER - COMO ACEITAR UM ABSURDO DESSES - O PIOR Q ESSE PILANTRA AINDA FALA QUE TEM APOIO INTEGRAL - APOIO INTEGRAL DE QUE? DE QUEM? SÓ SE FOR APOIO INTEGRAL DO NOSSO SUADO DINHEIRO - MELHOR É EU NEM FALAR MUITO PQ POSSO SER PUNIDO POR SER PESSOA TRABALHADORA E CIDADÃO DE BEM

    ResponderExcluir
  3. Isso é Brasil. O vagabundo enche o rabo de drogas e ainda recebe R$ 1.350,00, ao passo que o trabalhador que recebe misero salario minimo. Tem alguns idiotas que tratam drogados como doentes, doença que ele mesmo procurou, por que até agora não vi nenhum traficante procurar o viciado para obriga-lo a comprar drogas, mas sim o inverso que acontece.

    ResponderExcluir
  4. mais uma deste governador pilantra contra os policiais de são paulo,agora os noias vão comprar drogas com o dinheiro do estado,ENQUANTO O SALARIOS DOS POLICIAIS ESTÃO UMA `` M ```,ESTE DESGOVERNADOR É UMA PIADA,TEM QUE POR ESTES NOIAS NA CADEIA ISSO SIM,E DAR ESTE DINHEIRO A POLICIA,,,É CADA DIA UMA A MAIS PRA SE GANHAR AS ELEIÇÕES,,,SE A FAMILIA DESTES MALDITOS TIVERAM 3 FILHOS? PELO GEITO OS VAGABUNDOS VÃO SER MUITOS BENEFICIADOS...DEUS QUE ME PERDOE POR FALAR ASSIM,MAS É REVOLTANTE O DESCASO QUE ESTE HOMEM TEM PELA PM DE SÃO PAULO

    ResponderExcluir
  5. meu isso é um tapa na cara da população de SP, a maioria do trabalhador ganha um pouco mais que um salario minimo, paga os impostos, alimentação, água , luz, etc, e ainda tem que sustentar vagabundo viciado, ladrões, assassinos, etc, POVO DE SP, NÃO VOTE NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES NESSE TUCANO, ELE QUE FIQUE COM OS VOTOS DOS BANDIDOS, VICIADOS E DE SEUS FAMILIARES, VAMOS VOTAR NO CANDIDATO QUE DE SALARIO DIGNO PARA OS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA. DA SAÚDE E DA EDUCAÇÃO, E AQUELE QUE RETIRE ESSA LEI QUE DÁ DINHEIRO PARA TRATAR DE VAGABUNDOS, AQUELE QUE INVESTIRA NA POPULAÇÃO , NO TRABALHADOR PAULISTA, FORA AO PSDB DO GOVERNO DE SP.

    ResponderExcluir
  6. depois desta sacanagem deste imprestável governador temos que parar de vez, ele tirou dinheiro dos salários dos policiais e da um cartão de 1350 reais para as famílias de dependentes, ele esta desafiando os profissionais de segurança publica. GREVE NA SEGURANÇA PUBLICA !!!!!!!!!!!!
    GREVE NA SEGURANÇA PUBLICA !!!!!!!!!!!!
    GREVE NA SEGURANÇA PUBLICA !!!!!!!!!!!!
    GREVE NA SEGURANÇA PUBLICA !!!!!!!!!!!!
    GREVE NA SEGURANÇA PUBLICA !!!!!!!!!!!!
    GREVE NA SEGURANÇA PUBLICA !!!!!!!!!!!!
    GREVE NA SEGURANÇA PUBLICA !!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. KKKK VAMOS PAGAR MAIS UMA CONTA. PARABENS SO FALTA DISTRIBUI NARIZ DE PALHAÇO PARA OS POLICIAIS AO INVES DE FARDAMENTOS.....

    ResponderExcluir
  8. QUE REALIDADE BEM NEGATIVA,A SITUAÇÃO DOS POLICIAIS DE SP,QUER CIVIL OU MILITAR,E O GOVERNADOR FAZ DE CONTA QUE NÃO É ASSUNTO DA SUA COMPETÊNCIA,NO ESTADO MAIS RICO DA FEDERAÇÃO,UMA TRISTE REALIDADE O QUE VIVEMOS AQUI EM MATÉRIA DA SEGURANÇA PÚBLICA,É UM FAZ DE CONTA SEM FIM,2014 ESTÁ CHEGANDO NÃO NOS ESQUEÇAMOS.OBRIGADO.

    ResponderExcluir
  9. Vamos aumentar a vagabundagem, para viciado so tem uma cura.(pau no lombo). O cidadao honesto e trabalhador, quando procura medico nao tem, e agora governo quer sustentar essa escoria com dinheiro...

    ResponderExcluir
  10. Medida pura e simplesmente eleitoreira...Por que que ele (Alckmin) não fez um cartão destes para as pessoas com câncer, por exemplo, eu pago todo mês na conta do meu telefone uma quantia para ajudar o hospital Amaral Carvalho de Jau/SP e eles vivem pedindo ajuda, muitos artistas fazem shows beneficentes para o hospital, se ser viciado em crack é uma doença o câncer também é...DESTA FORMA ESTA PROVADO QUE A MEDIDA É ELEITOREIRA...FORA ALCKMIN FORA PSDB DEIXEM SÃO PAULO CRESCER.

    ResponderExcluir
  11. só uma pergunta, cade as ASSOCIAÇÕES DOS POLICIAIS MILITARES E CIVIS DO ESTADO DE SP, ESTÃO EM CIMA DO MURO, SE ACOVARDANDO, OS POLICIAIS CIVIS E MILITARES NÃO TIVERAM NENHUM AUMENTO REAL DE SALÁRIOS, O GOVERNO DO ESTADO PELO CONTRÁRIO REDUZIU OS VENCIMENTOS DOS POLICIAIS, PEGOU ESSE DINHEIRO QUE É DIREITO DOS POLICIAIS E ESTA DISTRIBUINDO PARA AS FAMÍLIAS DOS VICIADOS EM DROGAS, ENQUANTO AS FAMÍLIAS DOS POLICIAIS PASSAM NECESSIDADES, A FAMÍLIA DO TRABALHADOR PASSA NECESSIDADES, DEPOIS ELE VEM DIZENDO QUE ESTA FAZENDO UM PACOTE PARA MELHORAR A SEGURANÇA PÚBLICA, ELE NÃO ESTÁ FAZENDO UM PACOTE, ELE ESTÁ FAZENDO UM EMBRULHO PARA ENROLAR MAIS UMA VEZ A POPULAÇÃO DE SP, ISSO SÓ VAI AUMENTAR A CORRUPÇÃO DENTRO DOS ÓRGÃOS POLICIAIS, CRIAR MAIS INSATISFAÇÃO POR FALTA DE UMA POLITICA JUSTA DE SALÁRIOS, A POPULAÇÃO ALÉM DE SUSTENTAR OS VAGABUNDOS NOS PRESIDIU, VAI SUSTENTAR OS FAMILIARES, VAI SUSTENTAR O TRATAMENTO DOS MESMOS E VAI CONTINUAR MORRENDO NAS MÃOS DOS MARGINAIS, JÁ PENSARÃO O QUE É R$ l.350,00 REAIS, mais do que um salário mínimo que recebem a maioria dos trabalhadores de SP, isso é um DEBOCHE, UM TAPA NA CARA DO TRABALHADOR DO ESTADO DE SP, CHAMAR TODOS DE OTÁRIOS, TROUXAS, ai esse mesmo cidadão e os policiais vão votar MO TUCANO DE NOVO, vão continuar sendo os eternos BURROS DE CARROÇAS, e ai, onde estão as ASSOCIAÇÕES DOS POLICIAIS CIVIS E MILITARES E AS ENTIDADES DE CLASSE DO TRABALHADOR DE SP, e ai, ONDE ELAS ESTÃO, TEM QUE HAVER UMA MANIFESTAÇÃO DO POVO BRASILEIRO CONTRA ESSE TIPO DE ABSURDOS, ABSURDOS ESSES PAGO COM O SUOR DO TRABALHADOR HONESTO, ISSO É UMA VERGONHA, ISSO É UMA VERGONHA, ISSO É UMA VERGONHA, NESSE PAIS É MELHOR SER BANDIDO E VICIADO DO QUE CIDADÃO TRABALHADOR E HONESTO, VERGONHA, POVO QUE ESTA SENDO MASSACRADO PELOS MARGINAIS.

    ResponderExcluir
  12. tirou a ALE dos policiais para dar aos dependentes químicos, esse governa para o povo mesmo, o comandante geral e um pamonha mesmo !!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do site PolicialBR, elas obedecem os princípios da liberdade de expressão.


| Mais Acessados na Última Semana |

Justiça Militar manda PM reintegrar cabo acusado de matar atriz durante blitz em Presidente Prudente

Decisão publicada nesta quarta-feira (18) atende a um pedido de tutela de urgência feito pela defesa. Marcelo Aparecido Domingos Coelho foi demitido da corporação em abril de 2015. oi publicada nesta quarta-feira (18) no Diário da Justiça Militar a decisão do juiz substituto da 2ª Auditoria do Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo (TJM-SP), Marcos Fernando Theodoro Pinheiro, que determina a imediata reintegração de Marcelo Aparecido Domingos Coelho aos quadros da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Em abril de 2015, o então cabo da PM foi demitido pela corporação, após ser acusado no processo que envolveu a morte da atriz e produtora cultural Luana Barbosa durante uma blitz policial na Avenida Joaquim Constantino, na Vila Formosa, em Presidente Prudente.
O juiz levou em consideração a absolvição que Coelho obteve na Justiça Militar, sob o argumento de “legítima defesa” e do “estrito cumprimento do dever legal”, o que, segundo o magistrado, de certa forma, contradiz c…

GENERAL QUE COMANDA A ABIN FALA EM VAZIO DE LIDERANÇAS E ELOGIA FEITOS DA DITADURA

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional do governo Temer, Sérgio Westphalen Etchegoyen, causou incômodo em parte da comunidade diplomática durante uma palestra no Instituto Rio Branco. O general sugeriu “medidas extremas” para a segurança pública, elogiou feitos dos anos de chumbo e disse que o país sofre com amoralidade e com patrulha do “politicamente correto”.
Etchegoyen começou a fala de quase duas horas contando que tinha sido soldado por 47 anos e que era por essa ótica, militar, que enxergava e
interpretava o mundo. Depois do alerta, tentou quebrar o gelo:
“Sou da arma de cavalaria e tem um problema que a ausência do meu cavalo reduz minha capacidade intelectual em uns 45, 40 por cento”, começou general da reserva que comanda, entre outros órgãos, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin). A plateia, majoritariamente composta por futuros diplomatas, riu discretamente.
Foi um dos poucos momentos de descontração. No restante do tempo, segundo pessoas que estiveram present…

Alckmin propõe reajuste de 7% para policiais

ATENÇÃO- ATENÇÃO ESTA NOTÍCIA É DO ANO DE 2013 E ESTA CIRCULANDO NAS REDES SOCIAIS COMO SENDO ATUAL

O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta sexta-feira, 13, o envio à Assembleia Legislativa de um projeto de lei que concede aumento salarial de 7% para os membros da Polícia Militar, da Polícia Civil e da Polícia Técnico-Científica. O reajuste também será estendido aos agentes penitenciários. Aposentados e pensionistas das quatro categorias também terão o mesmo benefício. No total, serão beneficiados 172 mil policiais militares, 53 mil policiais civis e 33 mil agentes penitenciários. O custo para o Tesouro do Estado será de R$ 983 milhões por ano. Esta é a terceira vez que o governador Alckmin concede aumento salarial acima da inflação do período. Desde o último reajuste, o índice oficial de inflação acumulada é 5,66%. Em outubro de 2011, os policiais tiveram 15% de aumento retroativo a julho de 2011. Em agosto de 2012, o aumento foi de 11%. Com a nova proposta, o reajus…

PL 920: uma bomba atômica no funcionalismo público que Alckmin quer ver aprovado a todo custo.

O governador Geraldo Alckmin protocolou na quinta-feira, 5/10, o Projeto de Lei 920/2017, que representa uma verdadeira bomba atômica no Estado de São Paulo, sobretudo um verdadeiro ataque aos servidores estaduais e à prestação de serviços públicos. Publicado no Diário Oficial já no dia seguinte, o PL formaliza a renegociação da dívida de São Paulo com a União, ampliando o prazo de pagamento.
            Em contrapartida, o Estado se compromete a cumprir as exigências do governo federal, que impõe um verdadeiro arrocho salarial sobre os servidores públicos. Essa cruel punição aos servidores foi aprovada no ano passado pelo Congresso Nacional. Seu embrião foi o PLP 257, apresentado pela presidente Dilma, que depois foi maquiado pelo governo Temer e transformado na Lei Complementar federal 156/2016.
            Se o PL 920 for aprovado – e espero que não seja –, haverá um congelamento não só de salários, mas também da evolução funcional de todos os servidores estaduais, ficando suspens…

Policial civil morto em mega-assalto a empresa de valores é enterrado

Vítima foi morta a tiros durante ação dos criminosos que explodiram sede da Protege em Araçatuba (SP). Policial estava de folga. O corpo do policial civil André Luís Ferro da Silva, morto durante o mega-assalto a empresa Protege em Araçatuba (SP) nesta segunda-feira (16), foi enterrado na manhã desta terça-feira (17) em um cemitério particular da cidade. Ferro tinha 37 anos e foi baleado durante a ação. Ele foi socorrido com vida, mas morreu durante atendimento na Santa Casa. Silva era investigador e integrante do Grupo de Operações Especiais (GOE), e deixou filhos e a esposa.
O velório da vítima foi feito em um salão de uma funerária em Araçatuba e, do local, o caixão seguiu em um caminhão do Corpo de Bombeiros em cortejo com viaturas das polícias Militar e Civil até o cemitério. Segundo a Polícia Militar, o policial civil estava de folga do serviço e foi ao local para ver o que acontecia após ser chamado pelos pais, que moram perto da sede da Protege.
O grupo criminoso, cerca de 40 la…