Pular para o conteúdo principal

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

Senado gasta R$ 36,3 mil em duas máquinas de café

O STF “esquentou” a disputa e reservou R$ 2,2 mil para a compra de um fogão.
Em meio à polêmica com o Supremo Tribunal Federal (STF), Senado Federal fez uma “pausa” para o cafezinho. A Casa empenhou R$ 36,3 mil para a compra de duas máquinas de café expresso. Os aparelhos são ideais para ambientes com grande demanda de café. Curiosamente a aquisição se dá no momento em que veio à tona que os sete garçons que servem aos senadores no plenário recebem remunerações mensais que variam entre R$ 7,3 mil e R$ 14,6 mil.
A Casa também empenhou R$ 1,6 mil para a aquisição de uma trena a laser digital. O aparelho possui bolsa para transporte. O Senado garantiu ainda a manutenção de 133 notebooks do órgão. A Casa empenhou R$ 27,8 mil para prestação de serviços de suporte técnico para os aparelhos que são da marca HP.
O Superior Tribunal Militar, quem também está tendo uma “rixa” com o presidente da Suprema Corte que quer a sua extinção, vai gastar R$ 36,5 mil para contratar a empresa “UD Organização de Eventos Ltda” para prestação de serviços para o fornecimento de coffee break e coquetel.
O Supremo Tribunal Federal (STF) “esquentou” a disputa e reservou R$ 2,2 mil para a compra de um fogão elétrico. O aparelho possui quatro bocas, é da marca Brastemp e do tipo cooktop.
A Secretaria do Superior Tribunal de Justiça, por sua vez, prezou pelo conforto e pela preocupação com a postura dos seus servidores nesta semana. O Tribunal empenhou R$ 20,6 mil para a compra de 300 apoios para pés. Os objetos possuem três regulagens de inclinação dinâmica, pintura em epóxi de alta resistência, plataforma para apoio dos pés em injeção termoplástica e medem 43 cm de comprimento, 30 cm de largura e 13 cm de profundidade.
O STJ também reservou R$ 30,1 mil para a compra de três máquinas fotográficas digitais, cartuchos para bateria e grip de bateria, todos da marca Nikon. As máquinas fotográficas, que possuem 36.3 megapixels e vídeos em Full HD em qualidade cinematográfica, foram responsáveis por R$ 25,2 mil. Os quatro cartuchos para bateria e dois grips de baterias custaram R$ 3,1 mil e R$ 1,9 mil, respectivamente. O Tribunal empenhou ainda R$ 8,1 mil para adquirir um refrigerador horizontal na cor branca.
Ainda no Judiciário, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) reservou R$ 346,5 mil para a compra de três carros do modelo Fusion, da fabricante Ford. Os automóveis são de 2013, com potência de motor de 240 cavalos, câmbio automático de seis velocidades, na cor preta metálica e capacidade para cinco passageiros.
A Corte reservou também R$ 4,9 mil para a aquisição de dez fornos micro-ondas. Os eletrodomésticos possuem capacidade de 31 litros, prato giratório com trava de segurança, relógio com controle para teclas, função descongelamento e são da marca Electrolux.
O TST comprou ainda duas poltronas em couro pelo valor total de R$ 5 mil. Os móveis são fabricados no sistema de concha bipartida de compensado multilaminado de 15 mm de espessura. O sistema de união do encosto com o assento é realizado por meio do de lamina de aço com acabamento em pintura epóxi.
O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) empenhou R$ 265,6 mil para comprar 385 purificadores. Os aparelhos possuem volume interno de 3 litros de água.
O Executivo fecha o carrinho de compras desta semana, por meio do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República. A Pasta reservou R$ 7,1 mil para o fornecimento de 20 bancos, sem braço e encosto. Os móveis possuem estrutura metálica, chapa 16 e pintura automotiva na cor cinza.
*Vale ressaltar que, a princípio, não existe nenhuma ilegalidade nem irregularidade neste tipo de gasto feito pela União e que o eventual cancelamento de tais empenhos certamente não ajudaria, por exemplo, na manutenção do superávit do governo ou em uma redução significativa de despesas. A intenção de publicar essas aquisições é popularizar a discussão em torno dos gastos públicos junto ao cidadão comum, no intuito de aumentar a transparência e o controle social, além de mostrar que a Administração Pública também possui, além de contas complexas, despesas curiosas.
Fonte: Contas Abertas
Alagoas 24 Horas

Comentários

  1. ADIVINHA QUEM VAI SER OS TROUXAS QUE VÃO PAGAR ESTAS CONTAS,,,,JA ADIVINHARAM?????????????????/? AFINAL ELES MERECEM NÉ?

    ResponderExcluir
  2. ACREDITO QUE JÁ PASSOU DA ORA FO EXÉRCITO TOMAR CONTA DESSE PAÍS; SE ESSE BANDO DE SALAFRÁRIOS CONTINUAREM ASSIM EM BREVE ESTAREMOS PASSANDO O CHAPEU EM OUTROS PAÍSES PARA ANGARIAR DINHEIRO= POUCA VERGONHA.

    ResponderExcluir
  3. Cade o presidente do Senado? Por que não aparece na TV e critica seus atos. Enquanto o Brasil for governado por ladrões, nada vai pra frente mesmo. Essa é a democracia que o pobo brasileiro pediu.

    ResponderExcluir
  4. Os brasileiros têm o Governo que merece.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do site PolicialBR, elas obedecem os princípios da liberdade de expressão.


| Mais Acessados na Última Semana |

Morre segundo policial militar atingido por tiro de fuzil em Pompéu

Cabo Lucas Reis Rosa foi internado e teve braço amputado após confronto com criminosos que explodiram uma agência bancária. Outro policial e um entregador também foram mortos. A Polícia Militar (PM) confirmou, na manhã desta sexta-feira (8), a morte do cabo Lucas Reis Rosa. Ele estava internado desde a madrugada de terça-feira (5) quando foi atingido por um tiro de fuzil durante confronto com criminosos que explodiram uma agência bancária em Pompéu. Segundo a Polícia Militar, o óbito foi constatado as 9h50 desta sexta. Em nota, a PM informou que o cabo teve reações inflamatórias graves, pós-cirúrgicas ao trauma. Na quarta-feira (6), Lucas Reis passou por duas cirurgias, uma delas foi para a amputação total do braço direito. “Estamos entrando em contato com a família para dar o devido apoio e verificar questões relacionadas a local e horário do velório e enterro”, informou o comandante da 7ª Região da Polícia Militar, coronel Helbert Willian Carvalhaes. Confronto Na madrugada de terça…

Policial militar é sequestrado e assassinado a tiros em Paulista

Um policial militar foi assassinado com nove tiros, na Estrada do Pica-Pau, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. A vítima foi identificada como Lindembergue Gomes da Silva, de 53 anos, foi encontrado ás margens da estrada, em Paratibe. De acordo com os peritos do instituto de Criminalidade (IC), ele foi atingido por um tiro no rosto e os outros nas costas. Os peritos acreditam que o PM pode ter sido morto com a própria arma.
Segundo a polícia, o militar, que atuava como comerciante, teria sido levado da casa dele, no bairro da Mirueira, por dois homens. Ele teria sido levado para o local do crime no próprio carro, uma caminhonete, que foi abandonada em Abreu e Lima. Nenhum pertence da vitima foi encontrado. A policia recebeu a informação de que o PM reformado era agiota, o que pode ter motivado o assassinato.

Fonte: Tv jornal uol

Brasil dobra número de presos em 11 anos, diz levantamento; de 726 mil detentos, 40% não foram julgados

Estudo divulgado pelo Ministério da Justiça é de junho de 2016. País é o terceiro do mundo em número de detentos. Estado com maior superlotação é o Amazonas (cinco presos por vaga). Uma nova edição do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen) divulgada nesta sexta-feira (8) pelo Ministério da Justiça informa que, em junho de 2016, a população carcerária do Brasil atingiu a marca de 726,7 mil presos, mais que o dobro de 2005, quando o estudo começou a ser realizado. Naquele ano, o Brasil tinha 361,4 mil presos, de acordo com o levantamento. Esses 726 mil presos ocupam 368 mil vagas, média de dois presos por vaga (leia mais abaixo sobre superlotação). "Houve um pequeno acréscimo de unidades prisionais a partir de 2014, muito embora não seja o suficiente para abrigar a massa carcerária que vem aumentando no Brasil. Então, o que nos temos, é um aumento da população carcerária e, praticamente, uma estabilidade no que se refere à oferta de vagas e oferta de estabel…

AFAM: NOVIDADES SOBRE AÇÃO JUDICIAL DA INCORPORAÇÃO DE 100% DO ALE NOS VENCIMENTOS DOS POLICIAIS E BOMBEIROS DE SÃO PAULO

Agora já são em número de 05 as Câmaras de Direito Público a adotar esse entendimento. Novas e recentes decisões do Tribunal de Justiça de São Paulo, em Mandados de Segurança individuais, têm confirmado o entendimento de que a incorporação total do ALE ao Salário-Base (Padrão) é direito de todos os policiais militares. Em Acórdão de 11 de março de 2013, relativo à Apelação/Reexame Necessário nº. 0029083-82.2012.8.26.0053, assim se manifestou a 6 ª. Câmara de Direito Público do TJ/SP: “Assim, no caso do impetrante, policial em atividade, quinquênios, sexta-parte e RETP incidem sobre as vantagens efetivamente incorporadas, dentre as quais, a partir da LC nº 1.114/10, o ALE”.... http://www.afam.com.br/
Veja abaixo todas as novidades:






REVOLTA DA ASSOCIAÇÃO DOS CABOS E SOLDADOS DA PMESP COM GOVERNO ALCKMIN

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo luta contra uma mentira da Procuradoria Geral do Estado; e, infelizmente, endossada pelo Governador do Estado. Ocorre que a Procuradoria, por meio da suspensão da Tutela Antecipada nº 678 junto ao Supremo Tribunal Federal fez constar em sua petição o valor aproximado de R$ 1,5 bilhão. Em síntese, disse ao Presidente do STF, Exmo. Senhor Ministro Ayres Britto que o custo criaria uma lesão ao erário público, assim, permitiu suprimir verbas alimentares de Policiais Militares. Neste sentido, passamos a conhecer melhor o Governo Geraldo Alckmin.
O Governo do Estado tinha conhecimento que o Policial Militar recebia o recálculo retroativo a novembro de 2010 por intermédio de uma ação judicial; e que nunca se tratou de uma tutela antecipada mas sim, de cumprimento provisório de sentença, iniciado após o Tribunal de Justiça de São Paulo, na 2ª Instância, ter garantido a fórmula correta de cálculo da verba aos Policiais…