Pular para o conteúdo principal

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 


PolíciaBR apóia:

Policiais e bombeiros do DF conseguem reajuste salarial de 15,76%


Dois anos de negociações entre o GDF e representantes trabalhistas das polícias Militar e Civil e os Bombeiros do DF possibilitaram, nesta sexta-feira (26), que a presidenta Dilma Rousseff sancionasse um reajuste salarial de 15,76% para os integrantes das forças de segurança.
De acordo com o presidente do Sindicato dos Delegados da Polícia do DF, Benito Augusto Tiezzi, além da correção do pagamento – retroativa a março e parcelada em três vezes até 2015 –, o Buriti recebeu outra exigência surgida há 20 anos: a criação de 3.029 cargos na Polícia Civil, que só carece de uma última aprovação da titular do Palácio do Planalto.
— Este governo (GDF) conseguiu corrigir uma distorção de mais de 20 anos, o que é histórico para nós e digno de aplausos.
De acordo com o secretário da Administração Pública, Wilmar Lacerda, a população cresceu, o número de delegacias também aumentou e nós não tínhamos policiais para atender a essa demanda. 
— O projeto de lei (do reajuste, aguardado desde 2009) apresentado à presidenta Dilma Rousseff atende a antigas reivindicações dos servidores da segurança pública. O GDF cortou na carne para reestruturar as condições de trabalho.
Valorização
Durante a gestão de Agnelo Queiroz, entre outros avanços, a remuneração dos chefes dos plantões nas delegacias foi reforçada com a criação de 320 cargos comissionados na estrutura da instituição e o plano de saúde dos integrantes dessa instituição será equivalente ao adotado pela Polícia Federal.
Para demonstrar que o GDF percebe a qualidade do trabalho de seus agentes civis e reconhece que são capazes de fazer opções adequadas, a definição do diretor-geral dessa força passou a ser feita pelo encaminhamento de três nomes pela categoria ao governador, que escolhe um.
Segundo o comandante-geral da Polícia Militar, Suamy Santana, para a PM e os Bombeiros, o GDF manteve a gratificação concedida desde 2009 pelo risco que o exercício da profissão oferece, e até 2015 receberão um aumento uniforme de R$1 mil.
— O reajuste é mais uma das medidas históricas conquistadas por esse governo para os servidores da segurança pública. Mudamos nossos uniformes e compramos novos veículos para estimular os militares a prestar um serviço de excelência. (R7).

Comentários

  1. POLÍCIA SÓ TEM MESMO NO DISTRITO FEDERAL, AS DEMAIS DOS ESTADOS SÃO SUCATAS DOS GOVERNADORES E NADA MAIS; ESTÁ FALTANDO HOMENS DE CARATER COMO NO TEMPO DO NOSSO AMIGO TOBIAS DE AGUIAR.

    ResponderExcluir
  2. Esses POLÍTICOS SÓ ESTÃO PREOCUPADOS COM SUAS SEGURANÇAS,enquanto a segurança dos outros Estados ficam com uma miséria de salário!

    ResponderExcluir
  3. Cinco anos sem reajuste e ''este aumento de 15,8% é dividido em 03 anos'' não repõe nem a inflação dos últimos anos.

    ResponderExcluir
  4. Isso q governo, digo do DF. da valor a segurança pública do seu Estado. E os demais estados como ficam??? é triste e deploravél a situação dos outros estados. Os governantes tem q olhar com bons olhos a segurança pública de todo o Brasil, n SÓ BRASÍLIA parabens aos PM,s e BM,s de Brasília. mas tem q olhar para todos os estados como um todo,n só na questão salários. Mas equipamentos, armamentos, trinamentos,qualificação profissional. E ect a copa das confederaçoés estão chegando!!!! E A COPA DO MUNDO TAMBÉM!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. em São Paulo dão a calça do uniforme que não serve em nem um policial,pois uso 44 me deram uma 46 que nem entra,dai olhei a etiqueta e qual minha surpresa na etiqueta estava escrito mande in china,tão comprando uniforme da China,so que a numeração de la e diferente,dai vc pede pra trocar falam se vira,so tem essa numeração 46,so fizeram um tamanho,cade as associação pra ver isso.

    ResponderExcluir
  6. o tobias era corno...

    ResponderExcluir
  7. MUDOU O UNIFORME,MAIS NÃO PAGOU ADICIONAL DE PARA ISSO,FICANDO O MILITAR TENDO QUE PARA COM O AUXILIO FARDAMENTO QUE NÃO É NEM UM TERÇO DA TROCA TOTAL DO UNIFORME.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do site PolicialBR, elas obedecem os princípios da liberdade de expressão.

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

Postagens mais visitadas deste blog

Banco Santander perde mais de 20 mil clientes em dois dias, após exposição pornográfica

Santander investiu quase R$ 1 milhão com Lei Rouanet em exposição que faz apologia à pedofilia Segundo o site do Ministério da Cultura, o banco Santander investiu quase 1 milhão de reais, usando os benefícios fiscais da Lei Rouanet, na criminosa exposição Queermuseu, sediada no prédio da fundação Santander Cultural na cidade de Porto Alegre. Entre as ditas obras expostas no lugar, sob o pretexto da defesa dos direitos dos homossexuais, vê-se imagens que configuram os crimes de apologia à pedofilia e ultraje a fé cristã, como divulgada em várias páginas nas redes sociais.
Não demorou muito para as paginas oficiais do Banco receberem milhares de críticas  dos próprios clientes que decidiram encerrar suas contas no banco ao todo em péssima avaliação foram mais de 22 mil e a cada hora o numero aumenta. Uma das paginas chegou a retirar as avaliações para evitar que as pessoas vissem que o banco esta com péssima qualidade.
Veja os vídeos
Fonte Folha Online

Com 1 milhão da Lei Rouanet, Santander Cultural promove exposição violando Santidade de Jesus e incentivando pedofilia.

Santander investiu quase R$ 1 milhão com Lei Rouanet em exposição que faz apologia à pedofilia. Segundo o site do Ministério da Cultura, o banco Santander investiu quase 1 milhão de reais, usando os benefícios fiscais da Lei Rouanet, na criminosa exposição Queermuseu, sediada no prédio da fundação Santander Cultural na cidade de Porto Alegre. Entre as ditas obras expostas no lugar, sob o pretexto da defesa dos direitos dos homossexuais, vê-se imagens que configuram os crimes de apologia à pedofilia e ultraje a fé cristã, como divulgada em várias páginas nas redes sociais. No link do site do Ministério da Cultura a seguir, você confere o processo de concessão do benefício fiscal da Lei Rouanet da grana que o Banco Santander usou para financiar a exposição, o que significa que a instituição financeira não recolheu impostos sobre esse valor: Veja aqui

Veja os vídeo sobre assunto:










Matéria atualizada em 13SET17 FOLHA DE SÃO PAULO Após protesto, mostra com temática LGBT em Porto Alegre é canc…

Tardia e justa promoção, 25 anos depois, PMs do que atuaram no Carandiru são promovidos por mérito.

Três réus pelo massacre trocaram de patente. Secretaria não explica critério. Vinte e cinco anos após o massacre do Carandiru, ocorrido em 2 de outubro de 1992, ao menos três policiais militares da ativa, réus pela chacina que resultou na morte de 111 detentos, tiveram suas últimas promoções por "merecimento".  Para trocar de patente — e consequentente ter um nível hierárquico mais alto e uma remuneração-base maior —, policiais militares podem ser promovidos por "merecimento" ou por "tempo de serviço". De acordo com o Diário Oficial do Estado de 15 de dezembro de 2016 — dois meses após serem anulados os quatro júris que condenaram 74 policiais pelo massacre —, Jair Aparecido Dias dos Santos foi promovido por merecimento de 1º sargento a subtenente. O policial é um dos 15 réus pela invasão do terceiro andar do Pavilhão 9 da Casa de Detenção. Oito presos foram mortos no andar. Um ano e meio antes, em 2015, quando a condenação ainda não havia sido revogada …