Pular para o conteúdo principal

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

Ministério Público deflagra operações de combate à corrupção pelo Brasil

Ações, em 12 Estados, contam com 150 promotores e 1.300 policiais.
Desvio em órgãos públicos e lavagem de dinheiro estão entre os crimes.
Mais de 150 promotores e 1.300 policiais fazem nesta terça-feira (9) operações de combate à corrupção em pelo menos 12 Estados.
As ações são coordenadas pelo Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas em parceria com diversos órgãos e têm como objetivo desmantelar esquemas criminosos cujos desvios de verbas podem ultrapassar R$ 1,1 bilhão.
A "Operação Nacional Contra a Corrupção" cumpre 92 mandados de prisão, 337 mandados de busca e apreensão, 65 mandados de bloqueio de bens e 20 mandados de afastamento das funções públicas.
Entre as irregularidades estão desvio de dinheiro em órgãos municipais e estaduais, pagamento de propinas, superfaturamento de produtos e serviços, utilização de empresas fantasmas, lavagem de dinheiro, compra de sentenças, sonegação fiscal e enriquecimento ilícito de agentes públicos.
As investigações são realizadas nos seguintes estados: Bahia, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Rondônia e São Paulo.

Veja informações sobre as operações nos Estados:
Rio de Janeiro
Ação do MP com a inteligência da Polícia Militar cumpre seis mandados de prisão de integrantes do tráfico de drogas do morro da Mangueira, acusados de atuar na região e de oferecer propina a um PM lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), instalada na comunidade.

São Paulo
Batizada de "Fratelli", a ação investiga cerca crimes cometidos em 80 cidades do noroeste paulista.
São cumpridos mais de 150 mandados de busca e apreensão, além de 13 mandados de prisão. Em São José do Rio Preto, os investigados são empresários e políticos. Os policiais irão entrar em empresas e prefeituras em busca de documentos que comprovariam as fraudes.
Mato Grosso e Mato Grosso do Sul
O Gaeco e a Polícia Rodoviária Federal cumprem mandados de prisão em operação que contra a ação de venda de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e São Paulo. Um suspeito de liderar a quadrilha foi detido em Anastácio, a 134 km de Campo Grande.
Em MS, são cumpridos 7 mandados de prisão. As investigações começaram há seis meses e a fraude ultrapassaria R$ 500 mil.

Paraná
A polícia cumpre mais de 20 mandados de prisão sobre lavagem de dinheiro em Apucarana, Londrina e Cambé. A operação começou em Apucarana, onde empresários estariam pagando propinas a policiais para produzir artigos ilícitos. As buscas são realizadas em condomínios de alto padrão da região.
Rondônia
Em Porto Velho (RO), o ex-prefeito Roberto Sobrinho foi preso no início da manhã. Cinco mandados de prisão são cumpridos na capital após 25 servidores da prefeitura e da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdur) serem investigados por desvios de dinheiro, por meio de uma organização criminosa instalada no órgão.
O ex-prefeito não foi algemado e, ao deixar a casa, disse não saber os motivos da prisão. “Isso é uma injustiça”, afirmou Sobrinho.
 Rio Grande do Norte
O Ministério Público deflagrou a operação "Máscara Negra" para combater supostas fraudes em licitações para contratações de bandas para eventos festivos.
Os mandados são assinados pela comarca de Macau, cidade a 180 km de Natal. A Polícia Militar apóia o cumprimento dos mandados.
Prefeituras de Macau e Guamaré, ambas na região da Costa Branca do Rio Grande do Norte, foram responsáveis por desvios de mais de R$ 13 milhões, segundo o MP.
Ceará
Polícia Federal, com apoio do MP, cumpre 31 mandados de busca e apreensão em investigação contra corrupção no município de Quixeramobim, a 206 km de Fortaleza. O prefeito, o vice-prefeito, dez secretários municipais, o procurador-geral do município e vários dirigentes de autarquias são suspeito de desviar R$ 6 milhões por meio de fraudes de licitação. Segundo o MP, 26 pessoas estão sendo investigadas.
Do G1, em São Paulo

FALA PolicialBR: Apoiamos incondicionalmente esta e qualquer outra medida para o combate a corrupção, lugar de corrupto é na cadeia!

Comentários

  1. Trata-se de ação unica, isso serve pra quem?

    ResponderExcluir
  2. ESTÃO FAZENDO OPERAÇÕES EM LOCAIS ERRADOS POR FAVOR CERQUEM O PALÁCIO DO PLANALTO CAMARAS DE DEPUTADO E SENADORES E AÍ VOCÊS ACABARÃO COM A FACULDADE DA CORRUPÇÃO: OS DEMAIS ALUNOS SEM ORIENTAÇÃO DOS MESTRES SE ACOMODARÃO. E O POVÃO AGRADECE.

    ResponderExcluir
  3. ESSAS AÇOES NAO AFETAMO GOVERNO DOS ESTADOS POIS COM O CRESCIMENTO DA DIVIDA DEVIDO AOS JUROSPARA SEU PAGAMENTO TEM QUE APLICAR O DINHEIRO DO ESTADO

    ResponderExcluir
  4. Brasilia é um bom local para eles começarem tambem.

    ResponderExcluir
  5. isso é só enrolação, é para enganar a população, essas OPERAÇÕES CONTRA A CORRUPÇÃO, em primeiro LUGAR TINHA QUE SER EM BRASILIA, NO PLANALTO, DEPOIS NOS GOVERNOS ESTADUAIS, MUNICIPAIS, ENFIM EM TODOS OS ÓRGÃOS PÚBLICOS, DEPOIS NA POPULAÇÃO, AGORA ELES COMEÇAM POR BAIXO, COMO SE A POPULAÇÃO FOCE A CAUSA DA CORRUPÇÃO, BANDO DE SAFADOS, NÃO VÃO MAIS ENGANAR A POPULAÇÃO, POPLÍTICOS CORRUPTOS, LADRÕES DO DINHEIRO DO POVO, ALIADOS DO CRIME EM GERAL, DAS EMPREITEIRAS, DAS OBRAS SUBFATURADAS, TOMEM VERGONHA NA CARA, O POVO BRASILEIRO E O MUNDO TODO SABEM QUEM SÃO VOCÊS.

    ResponderExcluir
  6. Acho, que primeiro deveriam começar de cima, pois no Congresso Nacional deveria ser o primeiro. O que tem de políticos medidos em sacanagem, lavagem de dinheiro, corrupção e muitos outros, e nunca vejo nada contra eles. Deveriam de começar com o Sérgio Cabral, Sérgio Costes e Eduar do Pães, isto no Rio de Janeiro e tem outros, é só procurar que vão achar. Concordo com o Ministério Público em fazer esta operação, agora só quero saber, quem vai para a cadeia. César Arnt - Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  7. O Ministério Público também deveria fiscalizar os hospitais Estaduais, Municipais e Federais, pois isto está uma vergonha, cadê o dinheiro da saúde, que nunca tem, agora para fazer obras super faturadas como tem dinheiro e não falta. Olhar as licitações dos hospitais públicos, pois como vemos, tudo é super faturados e muitas firmas não existem é tudo de fachada é muita gente ganhando dinheiro, encima do trabalhar. César Arnt - RJ

    ResponderExcluir
  8. O dia que nossa Constituição for igual dos Estados Unidos, isto acaba, pois lá não existe IMUNIDADE PARLAMENTAR, cometeu crime, responde igual um cidadão comum. Já que copiam muitas coisas lá de fora, porque não copiar a Constituição dos Estados Unidos, aí muita gente não iria querer ser político. Nosso país precisa mudar, como por exemplo: fiscalizar todas as firmas que são abertas. Exemplos dados: Todo contratos sociais, alvarás expedidos pelas prefeituras, cartórios de documentos. Por aí, já se tem algumas coisas para começarem, pois muitas firmas abertas, não existem e entram em licitações de órgãos públicos. Aí fazem isto várias vezes até um dia descobrirem, aí já roubaram e quando vão fiscalizar a firma não existe. César Arnt - RJ

    ResponderExcluir
  9. Já que é para falar, vamos falar: Como todos sabem, no Rio de Janeiro tem uma lei, que fala que em dia de jogos, os bares não podem vender bebidas alcólicas, pois bem, na Copa, vão vender cervejas no Maracanã. Quero saber o seguinte, vai ter lei seca nos dias de jogos da Copa!!!!, pois se não tiver, virou bagunça, porque com os gringos aqui, vão poder vender!!!!, a lei é para todos!!!!. César Arnt - RJ

    ResponderExcluir

Postar um comentário

ANTES DE ESCREVER LEIA COM ATENÇÃO: Palavras de baixo calão, racismo, ofensas, ameaças e tudo mais de não estejam de acordo com os bons costumes e as leis vigentes não será aprovado. Expressão do pensamento é um direito Constitucional, expresse o seu com educação e propriedade. Os comentários publicados não traduzem a opinião do blog. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate dos problemas brasileiros e mundiais e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo. O IP do comentarista fica arquivado e pode ser fornecido por Ordem Judicial.

| Mais Acessados na Última Semana |

ROTA invade tribunal e resgata ex-presidiário

Sim, o título acima está correto. Numa incrível operação relâmpago, PMs de ROTA impedem que tribunal do crime assassine um ex-presidiário

A ROTA está nas ruas 24 horas por dia, todos os dias, o ano inteiro. Seu efetivo é dividido em três Companhias: Noturna, Matutina e Vespertina. Esta matéria relata uma incrível ocorrência de resgate conduzida pelo Pelotão do Tenente PM Soares, que patrulhava a Zona Leste de São Paulo às 21:40 nesta segunda-feira, dia 14. “O despacho do Policiamento de Choque do COPOM nos informou que uma pessoa estava sendo torturada na favela Eliane, numa casa com detalhes verdes no seu portão, localizada na rua Esperança. Pelas particularidades que nos foram relatadas, estava claro que a ocorrência envolvia a ação de um ‘tribunal do crime’ provavelmente comandado pelo PCC. Imediatamente acionei meu Pelotão”, relata o Tenente de ROTA Soares. O nome dessa rua, 'Esperança', não podia ser menos adequado em função do cenário que os PMs iriam encontrar em poucos…

Aprovado PL que da poder de polícia administrativa às polícias e bombeiros militares do Brasil

O poder de polícia administrativa trás condições das polícia militares e bombeiros atuarem de forma efetiva em eventos, estabelecimentos comerciais e outros. Autor: Capitão Augusto - PR/SPData da apresentação:  04/02/2015 Ementa: Regula as ações de Polícia Administrativa exercida pelos Corpos de Bombeiros Militares dentro das suas atribuições de prevenção e extinção de incêndio, e perícias de incêndios e ações de defesa civil, de busca salvamento, de resgate e atendimento pré-hospitalar e de emergência; e pelas Polícias Militares no exercício da Polícia Ostensiva e Polícia de Preservação da Ordem Pública, e dá outras ...Leia integra do PL 196/2015Regula as ações de Polícia Administrativa exercida pelos Corpos de Bombeiros Militares dentro das suas atribuições de prevenção e extinção de incêndio, e perícias de incêndios e ações de defesa civil, de busca salvamento, de resgate e atendimento pré-hospitalar e de emergência; e pelas Polícias Militares no exercício da Polícia Ostensiva e Pol…

Para "comemorar aniversário", PCC planeja matar juiz, procurador, delegado e agentes

dia 31 de agosto, data em que a facção criminosa faz aniversário de 24 anos. O PCC (Primeiro Comando da Capital) planeja matar um juiz federal, um procurador da República, um delegado federal e pelo menos quatro agentes penitenciários de Porto Velho (RO) até o
A maior facção criminosa do país já matou três agentes penitenciários federais, entre setembro de 2016 e maio deste ano, de acordo com investigações da PF (Polícia Federal). Para executar os atentados, o PCC criou células de inteligência que, entre outras ações, monitoram a rotina dos agentes públicos escolhidos como alvos.
A informação sobre a possibilidade de novos assassinatos consta em ofício assinado pelo diretor do presídio federal de Porto Velho, Cristiano Tavares Torquato, a cujo conteúdo o UOL teve acesso com exclusividade. O documento foi encaminhado no último dia 17 de agosto ao superintendente regional da Polícia Federal de Rondônia, Araquém Alencar Tavares de Lima. A reportagem confirmou a veracidad…

Polícia Civil decide hoje se cruza os braços a partir de amanhã

Executivo local reforça que, neste ano, não tem dinheiro para pagar o reajuste salarial pleiteado pelos agentes.Policiais civis podem entrar em greve ou interromper serviços essenciais para a população a partir de amanhã. Em uma assembleia com indicativo de greve, marcada para as 14h de hoje, a categoria deve decidir o que fazer para pressionar o governo a conceder o reajuste salarial pleiteado desde o ano passado. Eles reivindicam a manutenção da paridade salarial com a Polícia Federal, que conseguiu reajuste de 37% parcelado em três anos.

Na semana passada, policiais civis se reuniram com o chefe da Casa Civil, secretário Sérgio Sampaio; a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos; o secretário interino de Fazenda, Wilson de Paula, além dos deputados distritais e agentes da Polícia Civil Wellington Luiz (PMDB) e Claudio Abrantes (sem partido) e o deputado federal Roney Nemer (PP-DF). O deputado distrital Wasny de Roure mandou representante.
Durante o encontro, o Exec…

Vaccarezza é preso em nova fase da Operação Lava Jato em São Paulo

Ex-deputado, que deixou o PT, foi líder dos governos Lula e Dilma. Segundo o MPF, ele recebeu a maior parte de um total de propina que soma US$ 500 mil. O ex-líder dos governos Lula e Dilma na Câmara dos Deputados Cândido Vaccarezza, que deixou o PT, foi preso nesta sexta-feira (18) em São Paulo. Ele é alvo da Operação Abate, uma das duas novas fases da Operação Lava Jato deflagradas nesta manhã. A prisão é temporária, válida por cinco dias. Por volta das 9h, Vaccarezza estava em casa sob custódia da PF. Ele deve seguir para Curitiba ainda nesta sexta. O G1 tenta contato com a defesa do ex-deputado, com PT e com as empresas citadas. Principais pontos das investigações Ações apuram o favorecimento de empresas estrangeiras em contratos com Petrobras. Operação Abate investiga fraudes no fornecimento de asfalto para a Petrobras por uma empresa norte-americana, entre 2010 e 2013. Funcionários da Petrobras, o PT e, principalmente, Cândido Vaccarezza teriam recebido propinas que somam US$ 5…