Pular para o conteúdo principal

Rádio PolicialBR 24 horas com você. Notícias e entretenimento.

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

Policial Militar suicida-se no quartel

CE: SOLDADO SUICIDA-SE NO QUARTEL DE AQUIRAZ
Acabo de ler, pelas redes sociais da polícia militar, que um soldado, J. Farias, cometeu suicídio quando chegou pra tirar seu serviço na cadeia pública de Aquiraz. As informações que vieram era que ele fazia tratamento no Centro Biopsicosocial da Polícia Militar. 
... 
"Ao chegar agora para tirar o serviço na cadeia pública do aquiraz, pediu a chave do alojamento, onde fica guardada as armas, e foi se armar, o sgt que estava com ele, escutou um tiro e foi ver o que aconteceu, chegando no alojamento, encontrou o praça caido e morto, com um tiro, provavelmente na região da cabeça." (grupo polícia militar do Ceará)
É triste quando vemos um resultado mortal de uma administração que serve ao terror. O Comandante Geral da polícia Militar, e isso eu já venho denunciando aqui já a muito tempo, PERSEGUE DOENTES da maneira mais sádica possível. Ele transfere ( como fez com os PPMM de Caucaia), ele briga pra abrir Processo Administrativo Disciplinar pra expulsar o policial ( já mostrei isso aqui também), ele abriu uma sindicância para apurar as causas do aumento do número de licenças na PMCE, exigindo que esses profissionais doentes fossem fardados para o quartel (mesmo sabendo que policial de licença psicológica, ou psiquiátrica não pode andar armado), chama-os para fazerem reuniões nos quarteis e etc. 
O Comando apareceu tempo desses nas televisões mentindo dizendo que haveria psicólogos da PM visitando policiais doentes. Na verdade há oficiais que vão às casas do doente pra fiscalizá-lo e não para ajudá-lo. 
Esse soldado foi mais uma vítima desse trato mortífero que o Coronel Werisleik tem para seus comandados. E com ele poderão partir outros mais, pois sua política é essa. Por exemplo, o Comando da Polícia Militar está ordenando, ATENÇÃO, que sejam enviados por e-mail todos os nomes de policiais que está sendo tratados pelo DR. BENJAMIM, psiquiatra. É uma sindicância. O que querem apurar? Querem questionar o laudo desse médico. E eles podem? São médicos por acaso? Cadê o conselho de medicina? 
Mais lamentável ainda é a pouca repercussão do fato e de não haver discussão sobre a forma como a Corporação lida com esses tipos de enfermos. 
Centro biopsicosocial da polícia Militar tem uma guerreira lá, a Dra. Débora, que carrega sozinha aquele fardo, pois não há outros psicólogos para cuidar de um número cada vez mais excessivo de doentes na PM. Ela era diretora de lá. Mas sabem o que o Cel. werisleik fez? Tirou ela da direção e pôs um coronel, que sabe nem pra onde vai segurança pública, quanto mais ajudar a tratar de doentes dessa natureza. E por quê? Pra ficar de olho nos doentes da PM, não para ajudar a cuidar deles.
A precariedade do prédio é visível. Pequeno, apertado, sem espaço para reunir os doentes que ela trata e sem material adequado. Trabalhos com grupos maiores só se ela pedir pro Centro Odontológico da PM o auditório. Enfim, lastimável!
Ficam aqui meus profundos sentimentos para os familiares desse guerreiro!
Essa é a foto que está sendo divulgada dele.
Non nobis, non nobis, Domine Sed nomini tuo da gloriam
Fonte: Rede Social PolicialBR

Comentários

  1. Existe direitos humanos para os bandidos, mas cadê as tais Ongs quando se trata de Policiais? Não vejo solução para acabar com o assédio moral dentro das Corporações militares.

    ResponderExcluir
  2. O sistema é cruel! Pra bandido, pra PM o tratamento é Vip!

    ResponderExcluir
  3. Esse coronel pensa que é proprietário da polícia militar do Ceará, ele esquece que também é um funcionário do estado pago pelo contribuinte como qualquer outro, e também é um ser humano susceptível a todos os tipos de enfermidades, inclusive de um dia ir parar em um centro psiquiátrico.

    ResponderExcluir
  4. Meus sinceros sentimentos a família deste policial em nome de todos os policiais da gloriosa PMPR.

    ResponderExcluir
  5. O q faz um doente psicossomático ARMADO???? É MAIS DOENTE DA CABEÇA, QUEM AUTORIZA ISSO !!!!
    MAS INFELIZMENTE ISSO OCORRE POR TODO O BRASIL...Esta instituição está muito atrasada no trato aos seus integrantes.....

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde,
    Sou irmã do Soldado J. Farias e gostaria de solicitar que substituíssem a foto acima, para preservar a minha sobrinha. Agradecemos as palavras de solidariedade.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

ANTES DE ESCREVER LEIA COM ATENÇÃO: Palavras de baixo calão, racismo, ofensas, ameaças e tudo mais de não estejam de acordo com os bons costumes e as leis vigentes não será aprovado. Expressão do pensamento é um direito Constitucional, expresse o seu com educação e propriedade. Os comentários publicados não traduzem a opinião do blog. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate dos problemas brasileiros e mundiais e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo. O IP do comentarista fica arquivado e pode ser fornecido por Ordem Judicial.

| Mais Acessados na Última Semana |

ROTA invade tribunal e resgata ex-presidiário

Sim, o título acima está correto. Numa incrível operação relâmpago, PMs de ROTA impedem que tribunal do crime assassine um ex-presidiário

A ROTA está nas ruas 24 horas por dia, todos os dias, o ano inteiro. Seu efetivo é dividido em três Companhias: Noturna, Matutina e Vespertina. Esta matéria relata uma incrível ocorrência de resgate conduzida pelo Pelotão do Tenente PM Soares, que patrulhava a Zona Leste de São Paulo às 21:40 nesta segunda-feira, dia 14. “O despacho do Policiamento de Choque do COPOM nos informou que uma pessoa estava sendo torturada na favela Eliane, numa casa com detalhes verdes no seu portão, localizada na rua Esperança. Pelas particularidades que nos foram relatadas, estava claro que a ocorrência envolvia a ação de um ‘tribunal do crime’ provavelmente comandado pelo PCC. Imediatamente acionei meu Pelotão”, relata o Tenente de ROTA Soares. O nome dessa rua, 'Esperança', não podia ser menos adequado em função do cenário que os PMs iriam encontrar em poucos…

Aprovado PL que da poder de polícia administrativa às polícias e bombeiros militares do Brasil

O poder de polícia administrativa trás condições das polícia militares e bombeiros atuarem de forma efetiva em eventos, estabelecimentos comerciais e outros. Autor: Capitão Augusto - PR/SPData da apresentação:  04/02/2015 Ementa: Regula as ações de Polícia Administrativa exercida pelos Corpos de Bombeiros Militares dentro das suas atribuições de prevenção e extinção de incêndio, e perícias de incêndios e ações de defesa civil, de busca salvamento, de resgate e atendimento pré-hospitalar e de emergência; e pelas Polícias Militares no exercício da Polícia Ostensiva e Polícia de Preservação da Ordem Pública, e dá outras ...Leia integra do PL 196/2015Regula as ações de Polícia Administrativa exercida pelos Corpos de Bombeiros Militares dentro das suas atribuições de prevenção e extinção de incêndio, e perícias de incêndios e ações de defesa civil, de busca salvamento, de resgate e atendimento pré-hospitalar e de emergência; e pelas Polícias Militares no exercício da Polícia Ostensiva e Pol…

Usar arma de uso restrito com porte ilegal agora é crime hediondo

Aprovada urgência para projeto que torna crime hediondo o porte ilegal de armas de uso restrito O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 332 votos a 7 e 2 abstenções, o regime de urgência para o Projeto de Lei 3376/15, do Senado, que torna crime hediondo a posse ou o porte ilegal de arma de fogo de uso restrito das forças policiais e militares. Após a votação, a sessão ordinária foi encerrada. Projeto de Lei do Senado nº 230, de 2014, de autoria do Senador Marcelo Crivella, constante dos autógrafos em anexo, que “Altera a Lei nº 8.072, de 25 de julho de 1990, para incluir o crime de posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito no rol dos crimes hediondos”. A Lei 8.072/90 define como hediondos os crimes de homicídio praticado por grupo de extermínio; homicídio qualificado; latrocínio; genocídio; extorsão qualificada por morte; extorsão mediante sequestro; estupro; disseminação de epidemia que provoque morte; falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto …

Policiais e bombeiros militares não sabem a força que tem

Deputado Federal Capitão Augusto orienta os militares de São Paulo sobre a força política da classe
Por mais que façamos aqui pela Câmara dos Deputados, aprovando projetos dando mais direitos e garantias aos policiais e não deixando ser aprovado nenhum projeto que os prejudique, a grande reivindicação que recebo dos policiais refere-se a questão do aumento salarial.
Infelizmente Deputados não podem apresentar projetos que gerem despesas para o executivo, então está fora de nossa competência atender essa solicitação, o que nos resta é cobrar (e muito) do governador e fazer articulação para que ele conceda o tão esperado aumento salarial.
Hoje temos força política para eleger representantes para Assembleia Legislativa, Câmara dos Deputados e para todos cargos nas eleições municipais. Está na hora de influenciarmos as eleições para Governador e Senador, um que reconheça nosso valor, ou ficaremos fadados a apenas reclamar nos bastidores.
Nós podemos muito mais que isso! Somos quase 150.000 po…

Vaccarezza é preso em nova fase da Operação Lava Jato em São Paulo

Ex-deputado, que deixou o PT, foi líder dos governos Lula e Dilma. Segundo o MPF, ele recebeu a maior parte de um total de propina que soma US$ 500 mil. O ex-líder dos governos Lula e Dilma na Câmara dos Deputados Cândido Vaccarezza, que deixou o PT, foi preso nesta sexta-feira (18) em São Paulo. Ele é alvo da Operação Abate, uma das duas novas fases da Operação Lava Jato deflagradas nesta manhã. A prisão é temporária, válida por cinco dias. Por volta das 9h, Vaccarezza estava em casa sob custódia da PF. Ele deve seguir para Curitiba ainda nesta sexta. O G1 tenta contato com a defesa do ex-deputado, com PT e com as empresas citadas. Principais pontos das investigações Ações apuram o favorecimento de empresas estrangeiras em contratos com Petrobras. Operação Abate investiga fraudes no fornecimento de asfalto para a Petrobras por uma empresa norte-americana, entre 2010 e 2013. Funcionários da Petrobras, o PT e, principalmente, Cândido Vaccarezza teriam recebido propinas que somam US$ 5…