Pular para o conteúdo principal

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 


PolíciaBR apóia:

Policial militar diz que de serviço averiguava instalação de um "chupa cabra" em caixa eletrônico e foi preso por policiais civis.

Policial militar diz que de serviço averiguava instalação de um "chupa cabra" em caixa eletrônico e foi preso por policiais civis.







Veja o vídeo

Comentários

  1. Esses tiras safados, fazendo bico ou extorquindo o supermercado, efetuaram a prisão arbitrária do PM só para mostrarem que "trabalham", Ao PM cabe processar o Estado de São Paulo e esses ladrões e corruptos da Polícia Civil por danos morais e materiais. Justiça neles.

    ResponderExcluir
  2. Esta é a sociedade que protegemos, que juramos dar nossa vida pela sua proteção, é a mesma que coloca na cadeia um policial militar que apenas cumpria seu dever, e solta o principal suspeito...
    Essa é a sociedade que protege bandido e condena cidadãos de bem, policiais a serviço do bem comum..

    ResponderExcluir
  3. Que justiça seja feita e os responsáveis pelo abuso sejam punidos. O policial militar fardado, por sua identificação ostensiva, é a representação mais presente da autoridade do Estado e por tal deve ser respeitado. As imagens mostram que pelas circunstâncias em que foi procedida a prisão do policial em serviço e identificado, estavam prendendo a Polícia Militar, vez que desarmaram um policial fardado em público, em situação vexatória e de risco à credibilidade da instituição.

    ResponderExcluir
  4. JUSTIÇA SÓ EXISTE PARA INOCENTAR MAUS POLÍTICOS, POLÍCIA CIVIL SÓ QUE APARECER= ESTÁ NA ORA DA PM COMEÇAR A FRITAR PESSOAS MAU INTENCIONADAS. ESTOU COM NOJO DE SER POLICIAL E PRINCIPALMENTE PERTENCER AO ESTADO DE SÃO PAULO.

    ResponderExcluir
  5. Caro colega, provando a sua inocência entra com uma ação por danos morais contra o estado e contra os policiais civis. O policiais civis antes de prender deveria ficar de tocaia observando a ação do PM e se comprovando a ação criminosa do PM ele deveria ser preso. Caso contrário deveria lhe dar apoio e tentar prender o verdadeiro criminoso. Tem que haver a unificação das policias, duas policias é uma merda, uma querendo ser melhor que a outra.

    ResponderExcluir
  6. esses policiais civis devem ser averiguado,pois da a impressão que davam cobertura a pessoa que instalou o equipamento,pois apareceram muito rapido no local,deviam estar por ali na protecão do aparelho.

    ResponderExcluir
  7. Será que o PM não embaçou o esquema deles?

    ResponderExcluir
  8. É a eterna guerra,identifiquem esses Pol.Civis, verifiquem se eles tem a ficha limpa...

    ResponderExcluir
  9. Mas quem deu tanto poder para essa corja de bandidos, de desarmar e humilhar o PM dessa forma?
    Ate em suas ações, são bandidos. Os chefes de quadrilha, tentando dá uma de policia.
    Se acabar com esses quadrilheiros, concerteza diminui sensivelmente a criminalidade no Estado.
    Ridiculo.

    ResponderExcluir
  10. É triste uma pessoa entrar para a polícia com ideal de defender a sociedade e prender criminosos e se se ver sozinho do outro lado, preso injustamente e taxado de criminoso. E o pior, publicamente humilhado. Infelizmente não temos ninguém para nos defender nesses piores momentos. Basta ter uma queixa (até infundada) mesmo sem apuração que já somos previamente condenados.

    ResponderExcluir
  11. Isto e fergunhoso, sera que eu estou errado ou estes policias civeis acham que podem fazer uma tolice uma arbitariedade desta isto e tortura eles podem e devem ser espucos da corporacao, com certeza tem mais gente com eles ferro neles delegado agentes e o mais importante o governador este tem que pagar.,total descomando que vergunha aqui em minas isto com certeza iria provocar muitas tragedias, porque temos que comviver com fatos tao desagradaveis como este da nojo.punicoes urgente , isto afeta diretamente o povo o governo federal nao pode fazer vista apagada, olha senhora dilma tome atitudes antes que seja tarde.

    ResponderExcluir
  12. eu teria sacado da arma e metido bala nesses cara de pau, podem fazer uma averiguação pois desconfio que esses policiais civis devem estar metido nisso aí até o talo, pois não se justifica as provas contra o verdadeiro criminoso não terem servido para o deixarem preso .Que porra é essa, um policial cumprindo com o seu dever e vem tres cara de pau e o prendem ? aí tem caroço nesse angú.

    ResponderExcluir
  13. Mais um erro da Policia Civil....
    Em vez de dar apoio ao policial, ja foram desarmando o mesmo e dando voz de prisão....
    Mal preparados......

    ResponderExcluir
  14. Desconfio que o PM sem querer atrapalhou o esquema dos policiais civis corruptos.

    ResponderExcluir
  15. Isso é a policia Civil tenho certeza que o marginal preso, deu uma boa propina pro delegado...tenho vergonha de usar essa farda...cinza bandeirantes...Brasil de corruPTOS.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião do site PolicialBR, elas obedecem os princípios da liberdade de expressão.

PolicialBR esta no Google Play | Instale nosso App em seu celular

Postagens mais visitadas deste blog

Banco Santander perde mais de 20 mil clientes em dois dias, após exposição pornográfica

Santander investiu quase R$ 1 milhão com Lei Rouanet em exposição que faz apologia à pedofilia Segundo o site do Ministério da Cultura, o banco Santander investiu quase 1 milhão de reais, usando os benefícios fiscais da Lei Rouanet, na criminosa exposição Queermuseu, sediada no prédio da fundação Santander Cultural na cidade de Porto Alegre. Entre as ditas obras expostas no lugar, sob o pretexto da defesa dos direitos dos homossexuais, vê-se imagens que configuram os crimes de apologia à pedofilia e ultraje a fé cristã, como divulgada em várias páginas nas redes sociais.
Não demorou muito para as paginas oficiais do Banco receberem milhares de críticas  dos próprios clientes que decidiram encerrar suas contas no banco ao todo em péssima avaliação foram mais de 22 mil e a cada hora o numero aumenta. Uma das paginas chegou a retirar as avaliações para evitar que as pessoas vissem que o banco esta com péssima qualidade.
Veja os vídeos
Fonte Folha Online

Com 1 milhão da Lei Rouanet, Santander Cultural promove exposição violando Santidade de Jesus e incentivando pedofilia.

Santander investiu quase R$ 1 milhão com Lei Rouanet em exposição que faz apologia à pedofilia. Segundo o site do Ministério da Cultura, o banco Santander investiu quase 1 milhão de reais, usando os benefícios fiscais da Lei Rouanet, na criminosa exposição Queermuseu, sediada no prédio da fundação Santander Cultural na cidade de Porto Alegre. Entre as ditas obras expostas no lugar, sob o pretexto da defesa dos direitos dos homossexuais, vê-se imagens que configuram os crimes de apologia à pedofilia e ultraje a fé cristã, como divulgada em várias páginas nas redes sociais. No link do site do Ministério da Cultura a seguir, você confere o processo de concessão do benefício fiscal da Lei Rouanet da grana que o Banco Santander usou para financiar a exposição, o que significa que a instituição financeira não recolheu impostos sobre esse valor: Veja aqui

Veja os vídeo sobre assunto:










Matéria atualizada em 13SET17 FOLHA DE SÃO PAULO Após protesto, mostra com temática LGBT em Porto Alegre é canc…

Tardia e justa promoção, 25 anos depois, PMs do que atuaram no Carandiru são promovidos por mérito.

Três réus pelo massacre trocaram de patente. Secretaria não explica critério. Vinte e cinco anos após o massacre do Carandiru, ocorrido em 2 de outubro de 1992, ao menos três policiais militares da ativa, réus pela chacina que resultou na morte de 111 detentos, tiveram suas últimas promoções por "merecimento".  Para trocar de patente — e consequentente ter um nível hierárquico mais alto e uma remuneração-base maior —, policiais militares podem ser promovidos por "merecimento" ou por "tempo de serviço". De acordo com o Diário Oficial do Estado de 15 de dezembro de 2016 — dois meses após serem anulados os quatro júris que condenaram 74 policiais pelo massacre —, Jair Aparecido Dias dos Santos foi promovido por merecimento de 1º sargento a subtenente. O policial é um dos 15 réus pela invasão do terceiro andar do Pavilhão 9 da Casa de Detenção. Oito presos foram mortos no andar. Um ano e meio antes, em 2015, quando a condenação ainda não havia sido revogada …