Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2012

Assine a nossa Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias

 


PM confunde Bíblia com arma e mata lixeiro

Comando da PM irá investigar morte de coletor de lixo em Avaré, SP Bíblia da vítima foi confundida com arma durante abordagem policial. PM que fez o disparo está preso e foi transferido para presídio em SP. Nesta quinta-feira (27), o comando da Polícia Militar de Avaré (SP) informou que irá apurar o assassinato do coletor de lixo Antônio Marcos dos Santos, de 42 anos. O homem foi morto na noite de quarta-feira (26) próximo à casa onde morava, no bairro Bonsucesso, por um policial militar que confundiu a Bíblia que a vítima levava no bolso com uma arma. De acordo com o major Maurício José Raimundo, o tiro foi disparado por um cabo da PM. Para Raimundo, o caso foi uma tragédia. "O policial envolvido é considerado um bom profissional. Não tem histórico de violência. Infelizmente foi uma fatalidade", comenta. O policial foi preso e encaminhado ao presídio militar Romão Gomes, na capital paulista, local onde ficam detidos policiais militares investigados. A morte é investigada pela Pol…

PM confunde Bíblia com arma e mata lixeiro

Comando da PM irá investigar morte de coletor de lixo em Avaré, SP Bíblia da vítima foi confundida com arma durante abordagem policial. PM que fez o disparo está preso e foi transferido para presídio em SP. Nesta quinta-feira (27), o comando da Polícia Militar de Avaré (SP) informou que irá apurar o assassinato do coletor de lixo Antônio Marcos dos Santos, de 42 anos. O homem foi morto na noite de quarta-feira (26) próximo à casa onde morava, no bairro Bonsucesso, por um policial militar que confundiu a Bíblia que a vítima levava no bolso com uma arma. De acordo com o major Maurício José Raimundo, o tiro foi disparado por um cabo da PM. Para Raimundo, o caso foi uma tragédia. "O policial envolvido é considerado um bom profissional. Não tem histórico de violência. Infelizmente foi uma fatalidade", comenta. O policial foi preso e encaminhado ao presídio militar Romão Gomes, na capital paulista, local onde ficam detidos policiais militares investigados. A morte é investigada p…

Espião da ditadura fala à Folha

RUBENS VALENTE LULA MARQUES ENVIADOS ESPECIAIS A MONTEVIDÉU MATHEUS LEITÃO DE BRASÍLIA O pastor sai do táxi, no centro de Montevidéu, e caminha com vagar até a igreja evangélica Centro El Shadday, que comanda desde 1998. São 20h, mas ainda faz sol. Aos 85 anos, ele curva seu 1,90 m, com o braço esquerdo ligeiramente inerte, sequela de um princípio de derrame. É magro e tem uma ferida na cabeça, causada por uma queda na rua, em agosto. É a primeira vez que o vemos. Na entrada, estende a mão e o olhar, que esquadrinha demoradamente o rosto do interlocutor. Na véspera havíamos combinado ouvi-lo para uma reportagem sobre exilados brasileiros no Uruguai nas décadas de 60 e 70. Ele quis falar conosco na igreja, na hora do culto, pondo fim a 40 anos de silêncio. Lula Marques/Folhapress Alberto Octávio Conrado, e sua mulher Teresa, em sua casa olhando os aquivos com o repórter Rubens Valente
De 1967 a 1980, Alberto Conrado Avegno teve intensa atividade secreta, como infiltrado da ditadura militar (196…

Espião da ditadura fala à Folha

RUBENS VALENTE LULA MARQUES ENVIADOS ESPECIAIS A MONTEVIDÉU MATHEUS LEITÃO DE BRASÍLIA O pastor sai do táxi, no centro de Montevidéu, e caminha com vagar até a igreja evangélica Centro El Shadday, que comanda desde 1998. São 20h, mas ainda faz sol. Aos 85 anos, ele curva seu 1,90 m, com o braço esquerdo ligeiramente inerte, sequela de um princípio de derrame. É magro e tem uma ferida na cabeça, causada por uma queda na rua, em agosto. É a primeira vez que o vemos. Na entrada, estende a mão e o olhar, que esquadrinha demoradamente o rosto do interlocutor. Na véspera havíamos combinado ouvi-lo para uma reportagem sobre exilados brasileiros no Uruguai nas décadas de 60 e 70. Ele quis falar conosco na igreja, na hora do culto, pondo fim a 40 anos de silêncio. Lula Marques/Folhapress Alberto Octávio Conrado, e sua mulher Teresa, em sua casa olhando os aquivos com o repórter Rubens Valente
De 1967 a 1980, Alberto Conrado Avegno teve intensa atividade secreta, como infiltrado da ditadura mi…

Crimes da Ditadura: Papel do SNI traz a data em que colega de Dilma morreu

JULIANA DAL PIVA COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, DO RIO Por mais de dez anos, até a data em que morreram, Jayme e Alice de Freitas nem sequer trocaram a fechadura da porta do apartamento onde viviam, em Belo Horizonte, esperando que um dia o filho caçula entrasse pela porta. Mas Carlos Alberto Soares de Freitas, o Beto, comandante da VAR-Palmares e dirigente na época em que a presidente Dilma Rousseff ali militava, nunca retornou. Comissão da Verdade diz que documento é 'importantíssimo' Desaparecido desde 15 de fevereiro de 1971 no Rio, até hoje nenhuma instituição militar assumiu a prisão de Beto. A primeira pista oficial sobre ele foi localizada pela Folha em documento da Agência São Paulo do Serviço Nacional de Informações (ASP/SNI), guardado no Arquivo Nacional e inédito até hoje. Possivelmente Beto foi executado pela repressão dois meses após a prisão: 15 de abril de 1971, no então Estado da Guanabara. O documento, intitulado "Informação Nº 4.057", de 11 de setembro de 1975…

Crimes da Ditadura: Papel do SNI traz a data em que colega de Dilma morreu

JULIANA DAL PIVA COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, DO RIO Por mais de dez anos, até a data em que morreram, Jayme e Alice de Freitas nem sequer trocaram a fechadura da porta do apartamento onde viviam, em Belo Horizonte, esperando que um dia o filho caçula entrasse pela porta. Mas Carlos Alberto Soares de Freitas, o Beto, comandante da VAR-Palmares e dirigente na época em que a presidente Dilma Rousseff ali militava, nunca retornou. Comissão da Verdade diz que documento é 'importantíssimo' Desaparecido desde 15 de fevereiro de 1971 no Rio, até hoje nenhuma instituição militar assumiu a prisão de Beto. A primeira pista oficial sobre ele foi localizada pela Folha em documento da Agência São Paulo do Serviço Nacional de Informações (ASP/SNI), guardado no Arquivo Nacional e inédito até hoje. Possivelmente Beto foi executado pela repressão dois meses após a prisão: 15 de abril de 1971, no então Estado da Guanabara. O documento, intitulado "Informação Nº 4.057", de 11 de setembro…

Mensagem do Comandante Geral da PMESP sobre a proposta do Governo Alckmim

Senhores Policiais Militares
No dia 20 de dezembro o Governador do Estado, Dr. Geraldo Alckmin, em coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes, anunciou que encaminhará projeto de lei complementar que visa a incorporação do adicional de local de exercício para as carreiras policiais. Visando dar um entendimento claro a toda a família policial militar, esclarecemos os pontos principais dessa medida.
1. Do que se trata a medida anunciada? Trata-se da incorporação do ALE ao padrão de vencimento dos policiais militares e a sua consequente extinção.
2. De que forma essa incorporação será realizada? A incorporação será feita com base no valor do adicional de local de exercício maior, ou seja, aquele que é pago aos policiais militares que exercem suas atividades nos municípios com mais de 500 mil habitantes. Esse valor será divido pela metade, sendo que esse resultado será somado ao padrão de cada posto ou graduação, e a outra metade incidirá automaticamente no valor do RETP, que é d…

Mensagem do Comandante Geral da PMESP sobre a proposta do Governo Alckmim

Senhores Policiais Militares
No dia 20 de dezembro o Governador do Estado, Dr. Geraldo Alckmin, em coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes, anunciou que encaminhará projeto de lei complementar que visa a incorporação do adicional de local de exercício para as carreiras policiais. Visando dar um entendimento claro a toda a família policial militar, esclarecemos os pontos principais dessa medida.
1. Do que se trata a medida anunciada? Trata-se da incorporação do ALE ao padrão de vencimento dos policiais militares e a sua consequente extinção.
2. De que forma essa incorporação será realizada? A incorporação será feita com base no valor do adicional de local de exercício maior, ou seja, aquele que é pago aos policiais militares que exercem suas atividades nos municípios com mais de 500 mil habitantes. Esse valor será divido pela metade, sendo que esse resultado será somado ao padrão de cada posto ou graduação, e a outra metade incidirá automaticamente no valor do RETP,…

Governador anuncia projeto de lei para valorizar polícias

O governador Geraldo Alckmin anunciou, na tarde de quinta-feira (20), o projeto de lei (PL) que prevê a incorporação total do Adicional de Local de Exercício (ALE) aos salários dos policiais militares, civis, técnico científicos e agentes de escolta e segurança da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). O PL será encaminhado na próxima quarta-feira (26) à Assembleia Legislativa. O benefício será para os servidores ativos e inativos.
O projeto de lei propõe a incorporação do valor do ALE II – gratificação mais alta dada aos servidores que atuam na área de segurança, paga aos policiais que atuam em municípios com mais de 500 mil habitantes - a todas as carreiras policiais. Ou seja, aqueles que recebem ALE I (em cidades com menos de 500 mil habitantes) passarão a obter a gratificação no nível II.
“Esta medida representa um dos melhores investimentos em termos de política de Segurança Pública, que é o reconhecimento e valorização do ser humano”, destacou o secretário da Segurança P…

Governador anuncia projeto de lei para valorizar polícias

O governador Geraldo Alckmin anunciou, na tarde de quinta-feira (20), o projeto de lei (PL) que prevê a incorporação total do Adicional de Local de Exercício (ALE) aos salários dos policiais militares, civis, técnico científicos e agentes de escolta e segurança da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). O PL será encaminhado na próxima quarta-feira (26) à Assembleia Legislativa. O benefício será para os servidores ativos e inativos.
O projeto de lei propõe a incorporação do valor do ALE II – gratificação mais alta dada aos servidores que atuam na área de segurança, paga aos policiais que atuam em municípios com mais de 500 mil habitantes - a todas as carreiras policiais. Ou seja, aqueles que recebem ALE I (em cidades com menos de 500 mil habitantes) passarão a obter a gratificação no nível II.
“Esta medida representa um dos melhores investimentos em termos de política de Segurança Pública, que é o reconhecimento e valorização do ser humano”, destacou o secretário da Seguranç…

Polícia investiga assassinato de 14 moradores de rua em Goiânia

A cidade de Goiânia (GO) vive uma onda de assassinatos de moradores de rua. Já são 14 mortes entre agosto e dezembro deste ano, segundo a Polícia Civil do Estado.
Só nesta semana foram dois crimes cometidos com as mesmas características.
Os moradores de rua --duas mulheres e dez homens-- tinham até 35 anos.
Houve mortos por tiros, facadas, pedradas e até pauladas. Ao menos seis vítimas dormiam quando foram atingidas.
Câmeras de segurança flagraram dois assassinatos.
Em um deles, um homem desce de uma moto e, sem tirar o capacete, olha ao redor, tira um revólver da mochila e atira em uma pessoa que aparentava estar dormindo na calçada.
Para a polícia, a maioria dos crimes tem ligação com o tráfico de drogas, e não há indícios de que tenha sido cometida por um único grupo. Somente em novembro foram seis homicídios. Quatro ocorreram em um intervalo de três dias. No mesmo mês, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência notificou o governo estadual, cobrando providências.
A Secretaria de Segu…

Total de visualizações de página